mar
12

Postado em 12-03-2009 21:46

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 12-03-2009 21:46

Nem tudo está perdido: O Supremo Tribunal Federal acaba a de rejeitar um pedido de liminar feito pela Confederação Nacional do Sistema Financeiro (Consif) para suspender o andamento dos processos que tramitam na Justiça, nos quais correntistas de contas de poupança cobram pagamento de prejuízos decorrentes de planos econômicos. A ação liminar foi julgada pelo ministro Ricardo Lewandowski.
Na ação, a Consif pede que sejam considerados válidos os planos econômicos Bresser, Verão, Collor I e Collor II, lançados no final da década de 80 e início dos anos 90. São ao todo mais de 500 mil ações movidas por correntistas que cobram supostos prejuízos decorrentes desses planos econômicos, segundo informa, em seu espaço de Ultimas Notícias, o site do IG ( http://www.ig.com.br ).
Nas estimativas da Consif, as instituições financeiras podem perder até R$ 100 bilhões se os correntistas vencerem a disputa judicial. “Estamos atravessando uma crise financeira internacional que pode atingir o nosso País”, ressaltaram os advogados na defesa da ação, o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, Arnoldo Wald e Sérgio Bermudes.

Mas ao rejeitar o pedido, o ministro Lewandowski afirmou em sua decisão que durante todo esse período os bancos renderam muito bem. “De acordo com informações disponíveis na página eletrônica da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) o patrimônio líquido do sistema bancário brasileiro, entre 1995 e 2006, ano em que a Consif afirma que se intensificaram os processos judiciais sob exame no STF, passou de R$ 58,837 bilhões para R$ 186,240 bilhões. Já entre 2006 e 2008, último balanço divulgado por aquela fonte, esse valor foi ampliado para R$ 283,796 bilhões”, afirmou o ministro. Enfim, uma luz no fim do túnel.

(Por: Vitor Hugo Soares )

mar
12

Postado em 12-03-2009 16:38

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 12-03-2009 16:38

Enquanto cai a venda dos jornais impressos nos EUA, jogando as empresas e os profissionais em um tsunami de incertezas, a visita aos sites de prestigiosas publicacoes sobe. Em 2007, a circulação diária do The New York Times, caiu 3.6%, enquanto subiu 6% o numero de visitações em seu site; o Los Angels Times, versão impressa, teve uma queda de circulação da ordem de 5.2%, mas, em compensão, os acessos a sua pagina na Web subiram 73%;The Wall Street, entre os grandes jornais, teve tambem uma subida mais expressiva, 34% , na versao on line, embora sem informação quanto a perda de circulação na versão paper, e The Washington Post, muito em função da obamania, viu seus acessos, através da Internet, crescerem 12%. As informações são da Revista Time.

Jornalista Rosane Santana, de Boston (EUA

mar
12

Postado em 12-03-2009 16:26

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 12-03-2009 16:26

Milton: capa da agenda do Carnegie

Da jornalista Rosane Santana:

“Acabo de receber a agenda do Carnegie Hall 2009/2010, casa de espetáculos de Nova Iorque da qual tornei-me sócia depois de assistir, ano passado, o show de João Gilberto, comemorativo dos 50 anos da Bossa Nova. Milton Nascimento, com show marcado para o dia 18 de novembro deste ano, é capa da publicação, que traz uma infinidade de shows, do pop ao clássico, com artistas de todo o mundo, a preços, ao contrário do que possa parecer, bastante acessíveis. Menos celebrado do que João, que junto com Jobim são os dois músicos brasileiros mais respeitados no mercado de jazz americano, Milton também tem espaço garantido junto ao público americano mais antenado, sobretudo quando canta Bossa Nova, música frequentemente executada em radios dos EUA. Um luxo”.

Rosane Santana, jornalista, mora em Boston (EUA)

mar
12

Postado em 12-03-2009 13:24

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 12-03-2009 13:24


Hoje a música para começar o dia é “Back ol Black”, na voz de Amy Winehouse, esta atualissima e polêmica cantora da Inglaterra – mais correto talvez fosse dizer do bairro londrino de Candem Town, um dos berços da contracultura -, sem parâmetros comparativos que não sejam os das grandes divas do jazz americano, tipo Billie Holliday, ou Ellis Regina, na MPB, para citar apenas duas das maiores de todas. Amy, atormentada em seus labirintos pessoais, anda meio desaparecida ultimamente. Esperamos que não demore a retornar aos palcos e às ruas de Londres ou, quem sabe, resolva dar uma passada pelas bandas de cá para nos encantar com suas interpretações e mexer com a pasmaceira geral.
(Por Vitor Hugo Soares)

mar
11

Postado em 11-03-2009 22:30

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 11-03-2009 22:30

Acaba de ser anunciada pelo Comitê de Política Monetária (COPOM) a redução em 1,5 ponto percentual a taxa básica de juros (Selic), que passa assim dos 12,75% pontos percentuais ao ano para 11,25%. É o maior corte desde 2004 e apesar de sinal de ousadia na política financeira do País, que aponta na direção da redução mais ousada nos juros defendida há anos pelo vice-presidente José Alencar, o Brasil segue como campeão mundial de juros. Em segundo lugar vem a Hungria com taxa anual bem menor: pouco mais de 6%,

Este corte mais drástico quando comparado com os padrões conservadores adotados pelas autoridades monetárias do governo Lula neste setor, já era esperado por analistas econômicos, empresários e representantes de centrais sindicais. Sobretudo depois da queda do PIB (soma de todas as riquezas produzidas no País) em 3,6 no terceiro trimestre do ano passado, anunciada ontem.

(Por Vitor Hugo Soares)

mar
11

Postado em 11-03-2009 15:11

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 11-03-2009 15:11

Pavor no colégio alemão. Iimagem EFE

É um jovem de apenas 17 anos, que acaba de ser abatido a tiros pela polícia, o autor da mais recente tragédia a deixar em estado de choque a Alemanha, a Europa e o mundo.Aconteceu por volta das 9h da manhã , na cidade de Winnedemm( 4 horas da madrugada no horário de Brasília), quando o acusado do crime, Tim Krestschmer, invadiu um colégio de ensino médio e começou a disparar com uma pistola automática contra estudantes, professores e funcionários

De acordo com as informações atualizadas pela CNN, pelo menos 19 pessoas morreram e várias estão feridas feridas, algumas delas gravemente. Segundo o jornal espanhol “El Mundo”, o suposto autor do crime vestia um uniforme paramilitar negro, quando entrou no prédio e se dirigiu às salas de aula do colégio, que tem uns 1.000 (mil) alunos matriculados, e começou a disparar indiscriminadamente. Em seguida fugiu para o centro da cidade.

Por volta da 12.30 horas, a policiais cercaram o acusado e o menor e o abateram a tiros em seguida. O enfrentamento se deu na localidade de Wendlingen, a 40 quilômetros do local do massacre em que morreram também dois policiais. Entre os mortos, segundo o jornal alemão “BILD”, há nove alunos, três professores e um jardineiro.Em sua edição digital, o Bild informa ainda que o jovem acusado do massacre é um ex-aluno expulso da escola há dois anos.

(Por Vitor Hugo Soares, com informações de sites, agências e jornais europeus)

mar
11

Postado em 11-03-2009 13:33

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 11-03-2009 13:33

Nesta quarta-feira, 11/03, a música para começar o dia, “Brisa do Coração”, não poderia ser mais bonita e tocante. Vem com sabor de Portugual, na voz inconfundível de Dulce Pontes, com tempero italiano do inigualável Enio Morricone, autor da composição e arranjo comoventes.Álém disso, é a música tema de “Páginas da Revolução” (Sostiene Pereira”), um filme cult extraordináro, baseado no romance de Antonio Tabucchi, sobre resistência e superação humana, no cenário de uma Lisboa nos extertores da ditadura salazarista. É o penultimo desempenho do ator Marcelo Mastroianni no cinema antes de sua morte, e ele está magnífico no papel do jornalista de meia idade, acomodado,cheio de vacilações e dúvidas, que de repente se vê envolvido por um jovem contratado para fazer o Obituário do jornal em um movimento contra-revolucionário, que o faz questionar sua vida e seus ideais. O filme pode ser encontrado em boas locadoras. Confiram.

Por: Vitor Hugo Soares

mar
11

Postado em 11-03-2009 04:04

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 11-03-2009 04:04

OPINIÃO

ESTOU DE MUDANÇA

Laura Tonhá

Esta em todos os noticiários desta semana o aniversário da Barbie, dia 09 de março, a boneca mais conhecida do mundo completou 50 anos. Uma exposição em São Paulo, no shopping Cidade Jardim, chamada “Museu Encantado da Barbie”, que acontece de 10/3 a 31/7 homenageia a data, a última Semana da Moda de Nova York, mês passado, também homenageou a boneca.

 Uma Barbie na versão noiva é vendida a US$ 159,99, a estilista Vera Wang desenhou o vestido de noiva, usado pela boneca, que custa US$ 15 mil em sua versão para mulheres de verdade. Achou pouco? Pois tem mais, a Barbie é considerada o brinquedo mais vendido no mundo, possui um fã-clube com 18 milhões de membros, se socializa no Facebook e no MySpace, ja serviu de inspiração para mais de 70 estilistas do primeiro escalão e uma editora está publicando uma obra chamada “Barbie”, que será vendida a 500 dólares e mostrará a boneca vestida de Prada, Karl Lagerfed e Alexander McQueen.

 Muito confete para um brinquedo que já foi acusado de deformar a imagem da mulher entre as meninas e favorecer a anorexia, alguma coisa mais me incomoda no fato da boneca loira estar fazendo 50 anos. Não sabia que a Barbie já era uma cinquentona e, não teria como saber, afinal ela permanece com as formas e os traços de uma garota de vinte e poucos anos, ainda que seu estilo mude bastante para acompanhar as tendências mais modernas.

 Imagino o quanto a Barbie com a sua eterna perfeição publicitária – corpo perfeito, Ken, o namorado perfeito, a casa perfeita, a cozinha perfeita, o carro perfeito, as roupas perfeitas – é também responsável pela busca insana pela perfeição que anda por aí. Sim, porque se você vive neste planeta provavelmente está pensando no melhor carro, no melhor emprego, no melhor salário, no melhor celular, na melhor dieta, na melhor operadora de celular, na melhor aposentadoria, no melhor tênis, no melhor vinho, no melhor curso, no melhor homem, na melhor mulher. O bom não basta. Reféns da constante insatisfação e desassossego.

 Nasci nos anos 80, cresci entre Barbies e Xuxas, e não me safei, porém estou atenta, já vivi um bocadinho para perceber que meus melhores momentos nada tinham de “perfeitos”.

 A *Leila Ferreiro diz assim:

 “Tenho pensado no quanto essa busca permanente do melhor tem nos deixado ansiosos e nos impedido de desfrutar o “bom” que já temos. A casa que é pequena, mas nos acolhe. O emprego que não paga tão bem, mas nos enche de alegria. A TV que está velha, mas nunca deu defeito. O homem que tem defeitos (como nós), mas nos faz mais felizes do que os homens “perfeitos”. As férias que não vão ser na Europa, porque o dinheiro não deu, mas vão me dar a chance de estar perto de quem amo. O rosto que já não é jovem, mas carrega as marcas das histórias que me constituem.O corpo que já não é mais jovem, mas está vivo e sente prazer. Será que a gente precisa mesmo de mais do que isso? Ou será que isso já é o melhor e, na busca do “melhor”, a gente nem percebeu?”

 As palavras da Leila me fazem entender porque não consigo achar graça na Barbie completar 50 anos, ela é o comercial de margarina, é a fantasia, esta no inconsciente insatisfeito.

 Moro num pequeno flat alugado, moderno, tudo no lugar certo, alguns amigos apelidaram o local de “Casa da Barbie”, a primeira vista é interessante mas ele não me acolhe como um lar, estou de mudança, a “vida” da Barbie não me interessa.

* ( Leila Ferreira é autora do livro “Mulheres: Por que Será que Elas…?”)

Laura Tonhá é publicitária , mora atualmente em Brasília

mar
11

Postado em 11-03-2009 02:55

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 11-03-2009 02:55

Riquelme e Maradona

O tempo encrespou esta noite em Buenos Aires e ameaça fortes tempestades sobre a seleção Argentina, terceira colocada do grupo sul-americano na fase classificatória para a Copa de Mundo de 2010, na África do Sul. “Para mim acabou a Seleção”, disse hoje o meio campista Riquelme, jogador do Boca Juniors e um dos maiores nomes do futebol argentino da atualidade, ao renunciar a jogar na seleção de seu País. O motivo são os desentendimento com o novo treinador, Diego Maradona, o que torna o ambiente insustentável para o craque.

“Não pensamos igual, não temos os mesmos códigos”, disse Riquelme sobre Maradona ao anunciar a sua renúncia da seleção celeste, segundo acaba de informar a edição on-line do diário portenho “Página 12”. “Fiquei sabendo pela televisão que o treinador me vê muito mal”, completou. No entanto, horas antes Maradona havia convocado Riquelme para as próximas partidas da Argentina nas eliminatórias, contra Venezuela e Bolícia. Ao saber da renúncia do jogador, Maradona foi direto, como sempre: “é ele que não quer estar, então não estará“

Por: Vitor Hugo Soares

mar
10

Postado em 10-03-2009 16:45

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 10-03-2009 16:45

Junto com um convite para a caminhada da lua cheia , que ela comanda há anos em Itapuã e que nesta terça-feira se realiza mais uma vez, das 18.45 às 22h, a nutricionista-naturalista Glauvânia M. Jansen, envia para seus amigos (entre os quais se inclui honrosamente, há décadas, este editor do Bahia em Pauta) um texto para reflexão geral sobre os atos e desatinos recentes do arcebispo de Olinda e Recife, Dom José Cardoso, o religioso que traz para o século XXI os atos medievais da excomunhão, aplicados agora contra familiares, médicos e auxiliares que autorizaram ou realizaram o aborto de uma menina de nove ano de idade, grávida de gêmeos e correndo risco de morte, depois de violentada durante anos pelo próprio padrasto.

Glauvânia, pernambucana das mais legítimas, com sotaque e tudo, vive há anos em Salvador e tem alma baiana de dar inveja a muita gente boa da terra. Vibra com igual paixão pelo frevo de Capiba e Nelson Ferreira, ou os poemas de Jomard Muniz de Brito, assim como pela música de Caetano Veloso e Gilberto Gil.Além do texto sobre o arcebispo, ela remeteu também um poema do cordelista nordestino Miguezin de Princesa, sobre o caso que chocou a opinião pública brasileira. Bahia em Pauta publica os dois a seguir:

(Por Vitor Hugo Soares)

————————————————————————————————
LILIPUTIANO CLÉRIGO

“Quem diria, o espírito do maior inquisidor da Igreja, Tomás de Torquemada que no século XV purificou pelo menos 30.000 almas arrancando a ferro e fogo o Demonio que as dominava, baixou no minusculo corpo do arcebispo de Olinda-Recife. O liliputiano clérigo ao excomungar os médicos e parentes da garota que aos NOVE anos foi estuprada e engravidada de gêmeos, teve por recomendação MÉDICA e LEGAL que interromper a gravidez pois seu pequeno corpo ainda incompleto, corria risco de morrer se a gestação fosse levada adiante. Curiosamente, o estuprador não incorreu na excomunhão, sendo poupado pelo nano-arcebispo… Teria sido um caso de corporativismo??? Seja como for, o poeta popular Miguezim de Princesa não poupou a ação tinhosa do pequeno-polegar da igreja pernambucana”…

———————————————————————————————–

A EXCOMUNHÃO DA VÍTIMA

Miguezim de Princesa

I
Peço à musa do improviso
Que me dê inspiração,
Ciência e sabedoria,
Inteligência e razão,
Peço que Deus que me proteja
Para falar de uma igreja
Que comete aberração.

II
Pelas fogueiras que arderam
No tempo da Inquisição,
Pelas mulheres queimadas
Sem apelo ou compaixão,
Pensava que o Vaticano
Tinha mudado de plano,
Abolido a excomunhão.

III
Mas o bispo Dom José,
Um homem conservador,
Tratou com impiedade
A vítima de um estuprador,
Massacrada e abusada,
Sofrida e violentada,
Sem futuro e sem amor.

IV
Depois que houve o estupro,
A menina engravidou.
Ela só tem nove anos,
A Justiça autorizou
Que a criança abortasse
Antes que a vida brotasse
Um fruto do desamor.

V
O aborto, já previsto
Na nossa legislação,
Teve o apoio declarado
Do ministro Temporão,
Que é médico bom e zeloso,
E mostrou ser corajoso
Ao enfrentar a questão.

VI
Além de excomungar
O ministro Temporão,
Dom José excomungou
Da menina, sem razão,
A mãe, a vó e a tia
E se brincar puniria
Até a quarta geração.

VII
É esquisito que a igreja,
Que tanto prega o perdão,
Resolva excomungar médicos
Que cumpriram sua missão
E num beco sem saída
Livraram uma pobre vida
Do fel da desilusão.

VIII
Mas o mundo está virado
E cheio de desatinos:
Missa virou presepada,
Tem dança até do pepino,
Padre que usa bermuda,
Deixando mulher buchuda
E bolindo com os meninos.

IX
Milhões morrendo de Aids:
É grande a devastação,
Mas a igreja acha bom
Furunfar sem proteção
E o padre prega na missa
Que camisinha na lingüiça
É uma coisa do Cão.

X
E esta quem me contou
Foi Lima do Camarão:
Dom José excomungou
A equipe de plantão,
A família da menina
E o ministro Temporão,
Mas para o estuprador,
Que por certo perdoou,
O arcebispo reservou
A vaga de sacristão.

  • Arquivos

  • junho 2018
    S T Q Q S S D
    « maio    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930