abr
06

Postado em 06-04-2009 13:47

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 06-04-2009 13:47

Vítimas aumentam em Áquila

É trágica e caótica a situação na região central da Italia, atingida na madrugada desta segunda-feira (06) por um terremoto de intensidade 5,8 na escala Richter. O balanço atual dá conta de pelo menos 150 pessoas mortas, 1. 500 feridos (alguns com extrema gravidade) e cerca de 100 mil desalojados de suas casas atingidas pelo sismo, de acordo com informações de fontes das equipes de socorro e agencias de notícias européias.

A pouco mais de 100 quilômetros de Roma, bela e histórica capital Italiana -onde fica também o Vaticano, sede da Igreja Católica – a vila de Arischia, entre as regiões de Lácio e Abruzzo, epicentro do terremoto desta madrugada, sofreu a derrocada de vários edifícios, o que provocou a maioria dos casos de morte na tragédia que já mobiliza o governo da Itália e de vários países do mundo na ajuda à população atingida. A previsão, infelizmente, é que os números do desastre natural tende a aumentar nas próximas horas à medida que os grupos de salvamento alcancem todas as áreas atingidas.

O ministro do Interior, Roberto Maroni,  disse temer que o sismo tenha causado a morte de 100 a 150 pessoas (último número já confirmado). A equipa de socorristas acredita que, quando for feito o balanço oficial, os números da tragédia vão aumentar. De acordo com as principais agencias de notícias européias, as vítimas mortais, assim como as pessoas que se encontram ainda desaparecidas, eram residentes em Aquila. Não se conhece até aqui a existência de brasileiros entre as vítimas.

A agência noticiosa italiana, ANSA, informou que a população tem ajudado aos grupos de socorro, na tentativa de resgatar pessoas que se encontram sob os escombros ou que estão sem poder deixar suas habitações. Alguns relatos locais indicam que a igreja, várias casas do centro histórico e uma residência universitária ruíram com o sismo. O primeiro-ministro, Silvio Berlusconi, já declarou estado de emergência em razão do terremoto que abalou a região montanhosa de Abruzzi. Segundo a agência francesa EFE , Berlusconi também cancelou a visita oficial a Moscou, que deveria iniciar nesta segunda-feira. O terremoto foi sentido também com intensidade na capital italiana, por volta da 03:30h da madrugada (horário local), o que levou à rua centenas de pessoas em pânico. Segundo os dados do National Earthquake Information Center norte-americano, especializado em sismos, o tremor de terra teve o seu epicentro a 95 quilômetros de Roma.

(Vitor Hugo Soares, com agências européias de notícias)

abr
06

Postado em 06-04-2009 11:50

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 06-04-2009 11:50


Para começar esta segunda-feira da Semana Santa, nada mais indicado que a famosa e provocativa canção dos anos 70, de Carly Symon, “You`re so vain” (Você é tão vaidoso”). Em 1972, quando foi gravada a música que deu o Disco de Ouro à cantora e compositora americana, a fofoca tomou conta do mundo artístico: todo mundo queria saber quem havia inspirado a canção. As más línguas diziam que era uma paulada na cabeça do inglês dos Rollings Stone, Mick Jagger (com quem a autora teria tido um caso), mas ele até chegou a cantar a música ao lado de Carly, sem dar nenhuma pinta de que se sentia ofendido. O fato é que o personagem nunca foi identificado. E a carapuça acaba caindo como luva na cabeça de muita gente, até hoje. Confira.
(Vitor Hugo Soares)

VOCÊ É TÃO VAIDOSO (YOU`RE SO VAIN)

Carly Simon

Você chegou na festa como se estivesse entrando num iate
Seu chapéu estrategicamente caído sob um olho
Seu lenço era meio alaranjado
Você tinha um olho no espelho
Enquanto você se observava dançando o *gavotte
E todas as garotas sonhavam que elas poderiam ser seu par
Elas seriam seu par e

Refrão:
Você é tão vaidoso
Você provavelmente pensa que essa música é sobre você
Você é tão vaidoso
Eu aposto que você pensa que essa música é sobre você
Não é, não e, não é?

Você me teve há vários anos atrás
Bem, eu era bem ingênua
Bem, você disse que fazíamos um belo casal
E que você nunca partiria
Mas você se livrou das coisas que amava
E uma delas era eu
Eu tinha alguns sonhos, eles eram nuvens em meu café
Nuvens em meu café e

Refrão

Bem, eu ouvi dizer que você esteve em Saratoga
E seu cavalo naturalmente venceu
Então você voou com seu jatinho para Nova Scotia
Pra ver o eclipse total do sol
Bem, você está onde deveria estar o tempo todo
E você não estava
Você estava com algum espião do submundo
ou com a esposa de algum amigo íntimo
Esposa de algum amigo íntimo

Refrão

abr
06

Postado em 06-04-2009 10:49

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 06-04-2009 10:49

Deu na VEJA, coluna Holofote desta semana, que está nas bancas:

“ACELERA, WAGNER! – O governador da Bahia, o petista Jaques Wagner, de 58 anos, encontrou um novo passatempo. Nas horas vagas ele se diverte apostando corridas em um autorama. O brinquedo foi um presente de sua amiga Mônica Millet, neta de Mãe Menininha do Gantois. A pista do governador, com seus dois carrinhos elétricos, está montada em um canto da sala de estar do Palácio de Ondina, a residência dos mandatários baianos”.

(A coluna Holofote, da Veja, é assinada por Fábio Portela)

abr
05

Postado em 05-04-2009 20:25

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 05-04-2009 20:25

Professor Almir/Reprodução

Está confirmado oficialmente pelo governo americano: o professor pernambucano Almir Olímpio Alves, de 43 anos, é uma das vítimas da chacina ocorrida sexta-feira (03-04), na cidadezinha de Binghamton, no estado de Nova York, costa leste dos Estados Unidos. O professor de matemática é uma das 13 pessoas assassinadas pelo vietnamita Jiverly Woong, 42 anos, que entrou armado no prédio da American Civic Association, uma espécie de centro de serviços para imigrantes, e começou a atirar nas pessoas, antes de se matar. Almir era aluno de uma das turmas de inglês da associação.

Segundo a edição on-line do jornal Diário de Pernambuco, o mais antigo do Estado, o professor trabalhava na Universidade de Pernambuco e estava nos Estados Unidos desde o dia 1º de setembro do ano passado, quando aceitou um convite de um amigo para participar de um curso de pós-doutorado em Matemática Pura na State University of New York Suny.

O diário acrescenta que a esposa da vítima e também professora de matemática, Márcia Pereira Lins Alves, de 36 anos, só conseguiu confirmar a informação da morte do marido no sábado (04). “Eu sabia que ele fazia um curso de inglês todos os dias, mas não sabia que era nesta associação de imigrantes. Fiquei muita apreensiva o dia inteiro. Somente à noite uma amiga dele brasileira ligou para mim confirmando a notícia”, contou.

Além da viúva Márcia, Almir deixou um filho de 16 anos. “Ele ficou muito revoltado.
Começou a derrubar as coisas dentro de casa. Ficou transtornado. Eles eram
muito apegados”, contou a mãe. família ainda não sabe quando o corpo chegará ao Recife. A Universidade de Pernambuco (UPE), onde Almir ensinava, e o consulado brasileiro nos Estados Unidos estão negociando o translado. A expectativa é que ele chegue a Recife, onde será sepultado, até o final desta semana.

abr
05

Postado em 05-04-2009 18:43

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 05-04-2009 18:43


“Pais e Filhos”, talvez o maior sucesso do “Legião Urbana”, é a cançao que o Bahia em Pauta oferta aos seus leitores e ouvintes para terminar este domingo, 05/03. Umas das letras mais belas, fortes e verdadeiras da nossa música (Dado Villa-Lobos, Renato Russo, Marcelo Bonfá), aliada a uma interpretação perfeita. Para completar as imagens impactantes de um vídeo sintonizado com a letra e com o tempo da canção. Um primor que produz momentos de pleno deleite, emociona e faz pensar.
(Vitor Hugo Soares)

abr
05

Postado em 05-04-2009 14:18

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 05-04-2009 14:18

Semana passada, em comentário ao vídeo da música “Tradição”, de Caetano Veloso, editado neste blog a propósito das comemorações dos 460 anos de fundação de Salvador, o jornalista Gilson Nogueira postou um comentário que emocionou não apenas a este editor do Bahia em Pauta, mas a muitas outras pessoas mais. Uma delas disse:”Que coisas bonitas ele fala sobre a cidade, relações humanas que não se perderam no tempo, afetos!”. Uma outra foi crítica com o editor: “Cadê o seu faro? Um texto como aquele não pode ficar restrito à caixa de mensagens do blog?”.
Isto me fez passar a semana remoendo coisas. Depois dei uma palmada de protesto na testa e pensei: “A leitora tem razão na crítica, mas é tarde, perdi o horário do bonde e agora não posso fazer mais nada”.
Neste domingo – dia que pede cachimbo e a gente tem sempre mais tranquilidade para refletir melhor – decidí publicar na cabeça do Blog como crônica, o comentário de Gilson , jornalista de texto refinado, colega de larga caminhada, amigo e vizinho de juventude no bairro sempre querido Nazaré-Saúde (é difícil separar um do outro), companheiro de profissão e de zelo pela cidade da Bahia, tão bela e tão maltratada
Passou uma semana mas ainda é tempo. Nunca é tarde para se corrigir um erro.
(Vitor Hugo Soares)

———————————————————————————-
Rua do Jenipapeiro

CRÔNICA E OPINIÃO

NAS TRILHAS DO COTIDIANO
Gilson Nogueira

“Tudo azul? Ouço nas trilhas altissonantes do cotidiano que o tempo não destruiu meu querido velho cumprimentando-o na Rua do Jenipapeiro, em Nazaré, onde morávamos. Você passava defronte ao portão da casa de número 80 e, quase sempre, parava para trocar idéias com Seo Nogueira. Mais que um vizinho, um amigo e grande admirador seu. Na hora do almoço e do jantar, o velho estava, ali, regando, carinhosamente, as plantas do nosso jardim, como parecia fazer, também, nos bate-papos com você, que havia acabado de diplomar-se em jornalismo integrando uma das primeiras turmas do curso, então, componente da estrutura da Faculdade de Filosofia da Ufba.

Era 1968, você e meu irmão mais velho (Elísio Nogueira Filho, nota do editor) saiam diplomados de lá e eu entrava, na mesma faculdade, para cursar o primeiro dos quatro anos do mesmo curso que, a partir de 1969, iria abrigar-se sob a cumeeira da Escola de Biblioteconomia e Comunicação da querida universidade, no Vale do Canela, embrião do embrião da atual Facom. Você, depois, voltaria a freqüentar a Ufba, como estudante de Direito. Eu, após a formatura, em jornalismo, em 1971, fiquei, no meio do caminho, diante de algumas escolhas profissionais a fazer. Ou o trabalho, com viagens constantes, ou a Escola de Direito. Deu a primeira, na cabeça. E não me arrependo. O jornalismo, assim como minha família, é minha vida.

Aqui, diante do computador, conferindo as últimas nos sites de Samuel Celestino, Jolivaldo Freitas, Tasso Franco, Alex Ferraz e do seu, dentre outros,de repente, fico a pensar:
Como tanta coisa mudou do tempo em que residíamos no bairro de Nazaré, para essa Salvador que acaba de completar 460 anos de fundada, irmão! Jamais imaginaria, por exemplo, naqueles anos, a possibilidade de vir a ter que opinar sobre a criação de um centro de manutenção das tradições baianas, em pleno solo soteropolitano, como forma de preservar a cultura da Boa Terra.

Nesta segunda-feira, entre os sustos provocados pelo alarmante número de assassinatos na capital do berimbau, a saudade dos bons tempos de Nazaré e a convivência com realidade do dia-a-dia, desejo-lhe, uma semana azul, repleta de boas notícias, como, por exemplo, a revogação da Lei de Imprensa, pelo Supremo Tribunal Federal ( STF ), e a manutenção, por aquela Corte, da exigência do diploma para o exercício da profissão de jornalista no Brasil. Um abraço. Azul.

Gilson Nogueira é jornalista.

abr
05

Postado em 05-04-2009 09:35

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 05-04-2009 09:35


Veja como é, atualmente, a aventura de um pouso no aeroporto de Ilhéus. O vídeo, produzido por um amador, está disponóvel no You Tube. É um dos preferidos dos praticantes de aventuras radicais no País. E não precisa explicar o motivo. Basta olhar. Confira.

( Vitor Hugo Soares)

abr
05

Postado em 05-04-2009 09:18

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 05-04-2009 09:18

Deu na edição da revista semanal ISTO É que está nas bancas:

“A Infraero deu sinal verde para a construção do novo aeroporto de Ilhéus. O presidente da estatal, brigadeiro Cleonilson Nicácio, reuniu-se com o governador Jaques Wagner e garantiu a entrega até o final deste mês do plano diretor para a construção”.

OK, está dada a notícia. Agora mãos à obra, antes que a localização atual do aeroporto de uma das regiões mais importantes e visitadas do sul baiano resulte no desatre anunciado, tão temido pela população, passageiros e empresas aéreas.

(Vitor Hugo Soares, responsável pelo comentário opinativo.)

abr
04

Postado em 04-04-2009 18:58

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 04-04-2009 18:58

Grazzi Brito escreve de Juazeiro(BA)

“Que delegado José Magalhães, que nada! Prestigio e respeito na comunidade onde atua quem tem mesmo é o delegado Charles Leão, da cidade de Juazeiro, nas margens do Rio São Francisco. Neste sábado (04), centenas de juazeirenses tomaram as ruas do centro em caminhada de iniciativa popular em defesa da permanência do delegado Charles Leão no comando da polícia civil no município.

A manifestação teve participação de muitos populares, autoridades, movimentos sociais como o MST e sindicatos a exemplo dos mototaxisistas. Nas ruas o povo pedia, com gritos e cartazes, que o delegado não seja transferido, como se anuncia há várias semanas.

O motivo da transferência do delegado é desconhecido pela população.O vereador José Carlos Medeiros, que participou da manifestação, diz que se o povo vai às ruas pedir pela permanência do delegado é porque ele deve ficar. E justifica: “O ìndice de criminalidade diminuiu, mesmo diante de todas as dificuldades que a polícia enfrenta. Conservar Charles Leão é uma conquista para a segurança pública na nossa cidade”, afirmou o vereador que acredita que existe interesse de algumas pessoas influentes pela saída do delegado e que isso tomou força depois de um incidente entre Leão e um Major da Polícia Militar, em Salvador.

-Não se sabe quem está por trás disso, mas essa iniciativa de tentar tirar o delegado de Juazeiro deve ser neutralizada”, completa.

O incidente ao qual o vereador se refere aconteceu no carnaval de Salvador, quando policiais civis, liderados por Leão e policias militares brigaram após o delegado ter, segundo testemunhas, agreedido o major Pedro Jorge Fonseca. Se depender da população, porém, a de Juazeiro dexou claro na manhã deste sábados: “O delegado deve ficar”.

Grazzi Brito, jornalista, mora em Juazeiro, no vale do Rio São Francisco.

abr
04

Postado em 04-04-2009 10:44

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 04-04-2009 10:44


Este sábado, 04 de abril, é um dia para não esquecer em New York. Os cantores Paul McCartner e Ringo Starr, nada menos, portanto, que metade dos Beatles,o grupo mais famoso do mundo, vão se apresentar juntos esta noite no Radio City Hall, a famosa casa de espetáculo da Broadway, O baterista Ringo Starr e o baixista Paul se juntam para um evento especial, cujo objetivo é arrecadar fundos para a “David Linch Foundation”, a instituição criada pelo premiado cineasta, que busca ensinar crianças a meditarem na escola. A última vez que os famosos músicos pisaram juntos em um palco foi em 2002, na cidade de Londres, durante um show em tributo ao colega de banda George Harrison, morto em 2001, vítima de câncer. Ringo e Paul são os únicos remanescentes do quarteto de Liverpool. John Lennon, o fundador do grupo, foi morto a tiros em 1980, em New York. A música para começar o dia é um delicoso aperitivo servido pelo Bahia em Pauta aos seus leitores.

(Vitor Hugo Soares)

  • Arquivos

  • junho 2018
    S T Q Q S S D
    « maio    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930