fev
11

Postado em 11-02-2010 22:39

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 11-02-2010 22:39

Clinton:segundo enfarte

==================================================

O ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, de 63 anos, foi submetido nesta quinta-feira a uma angioplastia para colocar dois “stents” numa artéria coronária. Clinton, que retornou recentemente de visita humanitária ao Haiti, foi hospitalizado de urgência em Nova Iorque a na tarde de hoje,depois de ter acusado fortes dores no peito.

Bill Clinton já havia sofrido um ataque cardíaco em 2004, na sequência do qual fez cirurgia para colocação de quatro pontes de safena. De acordo com os seus médicos, Clinton tem feito tratamento para reduzir o colesterol, mas antes deste episódio, não havia nada no seu quadro clínico que suscitasse preocupação.

“O presidente foi internado depois de sentir um desconforto no peito. Na sequência de uma consulta com o seu cardiologista, foi submetido a uma angioplastia. Está a recuperar, muito bem disposto”, informou o seu assessor Douglas Band, num comunicado.

As circunstâncias em que o antigo presidente se tsentiu mal não são ainda conhecidas. Clinton estaria trabalhando normalmente em seu escritório de Nova Iorque, e acabara de chegar de mais uma viagem ao Haiti, onde já esteve várias vezes.

Bill Clinton, que tinha sido nomeado Alto-Representante para o Haiti pelas Nações Unidas, lidera os esforços de assistência da sociedade civil americana àquele país devastado por um violento terramoto no mês passado.

A secretária de Estado Hillary Clinton abandonou uma reunião na Sala Oval para se juntar ao marido em Nova Iorque. Mas o Departamento de Estado adianta que a viagem de Hillary ao Qatar e Arábia Saudita, marcada para sexta-feira, não foi desmarcada.

(Com informações do jornal Público, de Portugal, e agências internacionais de notícias)

fev
11

Postado em 11-02-2010 18:48

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 11-02-2010 18:48

====================================================

DEU NO PORTAL MSN

O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (ex-DEM), se entregou na tarde desta quinta-feira na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. Segundo informação da PF, ele será recolhido à carceragem da Superintendência, onde ficará à disposição da Justiça.

Nesta tarde, os ministros da Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) referendaram a decisão do ministro Fernando Gonçalves de mandar prender preventivamente o governador por tentativa de coação de testemunhas e obstrução da Justiça. A ordem inclui outros quatro assessores de Arruda.

Segundo a Procuradoria-Geral da República, o procurador-geral Roberto Gurgel vai ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedir intervenção federal no Distrito Federal.

fev
11

Postado em 11-02-2010 18:37

Arquivado em ( Artigos, Ivan) por vitor em 11-02-2010 18:37

Lula e Armadinejad: conveniências?


=================================================

Na Tribuna da Bahia, em seu artigo desta quinta-feira, o jornalista político Ivan de Carvalho assinala que o governo brasileiro, um dos primeiros em todo o mundo a reconhecer a duvidosa vitória eleitoral de Ahmadinejad e um dos poucos a receber a visita oficial do suposto presidente reeleito, divulga sua posição contrária a novas sanções contra o Irã pelo anúncio do governo iraniano de que vai enriquecer urânio a 20%, um passo importante na direção da construção de armas nucleares. Para Ivan, o que Brasília quer é entusiasmar a “esquerda” no ano eleitoral, mesmo à custa de ajudar no avanço do programa atômico militar do Irã. Bahia em pauta reproduz o texto.(VHS)

======================================================

OPINIÃO POLÍTICA

UMA POSIÇÃO IRRESPONSÁVEL

IVAN DE CARVALHO

O governo do Irã avisou aos jornalistas que trabalham para os meios de comunicação estrangeiros que eles não poderão cobrir, hoje, os desfiles – que serão sete – pelo 31º aniversário da Revolução Islâmica, que derrubou o regime do xá Reza Palevi e colocou no poder o clero islâmico xiita chefiado pelo ayatollah Ruhollah Khomeini, sucedido até aqui pelo ayatollah Ali Khamenei. Nos últimos meses, esses jornalistas foram proibidos de cobrir manifestações oposicionistas, mas é a primeira vez que são excluídos de comemorações do aniversário da Revolução Islâmica de 1979.

É que há uma grande expectativa de que a oposição – considerada pelos chefes dominantes do clero xiita “inimiga de Allah” – realize manifestações de protesto contra a reeleição (considerada fraudulenta pela oposição) do presidente Mahmoud Ahmadinejad.

Os jornalistas ou meios de comunicação estrangeiros estão autorizados a cobrir apenas o discurso que o presidente Ahmadinejad (aquele que nega, declarando ser mito e mentira, a matança de seis milhões de judeus pelo nazismo durante a Segunda Guerra Mundial) fará na manhã de hoje na praça de Azadi. Azadi significa liberdade e a escolha do local para o discurso parece mais uma ironia do que qualquer outra coisa.

O governo prevê a presença de centenas de milhares de pessoas nos sete desfiles. Ocorre que a oposição convocou o povo para protestar, nesses desfiles oficiais, contra o regime e a eleição por ela não aceita de Ahmadinejad. Explicando: a oposição está proibida de fazer manifestações de rua. Nas últimas que fez, no dia 27 de dezembro, nas grandes cidades do Irã, em comemoração à luta religiosa de Ashura, foram reprimidas pelas forças de segurança. Houve oito mortos, centenas de feridos e mais de mil presos. Daí que agora a oposição resolveu usar as manifestações oficiais para misturar-se a elas e protestar, na esperança de embaraçar a repressão e se fazer ouvir.

Enquanto isso, o governo brasileiro, um dos primeiros em todo o mundo a reconhecer a duvidosa vitória eleitoral de Ahmadinejad e um dos poucos a receber a visita oficial do suposto presidente reeleito, divulga sua posição contrária a novas sanções contra o Irã pelo anúncio do governo iraniano de que vai enriquecer urânio a 20%, um passo importante na direção da construção de armas nucleares.

O governo brasileiro sugere que a proposta de novas sanções não seria aprovada pelo Conselho de Segurança da ONU e, sendo, seria ineficaz, pois não conduz ao diálogo. Ora, as sanções visam a forçar o Irã ao diálogo, evitando a perigosa alternativa, de desdobramentos imprevisíveis – um ataque militar “preventivo” ocidental ou israelense às instalações nucleares iranianas. A galera da “esquerda” do PT e outras galeras “esquerdistas” adjacentes devem estar exultantes. Como o governo Lula quer.

Aparentemente, apenas. Porque que ele quer é entusiasmar a “esquerda” no ano eleitoral, mesmo à custa de ajudar no avanço do programa atômico militar do Irã.

fev
11

Postado em 11-02-2010 16:15

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 11-02-2010 16:15

Arruda diz que vai se entregar

================================================

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), reunido na tarde desta quinta-feira, acaba de decidir favoravelmente ( 12 a 2 ) sobre a pediido de prisão preventiva do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM). O motivo é a tentativa de suborno ao jornalista Edmilson Edson dos Santos, conhecido como Sombra. A reunião da corte especial do STJ começou por volta de 15h40. A prisão só é decretada depois de ser referendada pelos ministros integrantes da corte.

Mais cedo, o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Fernando Gonçalves, havia concordado com o pedido do Ministério Publico para a decretação da prisão do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, acusado de tentar corromper testemunhas e obstruir a Justiça no processo que investiga esquema de corrupção desmantelado pela operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal. Gonçalves convocou nesta quinta-feira, 11, a Corte Especial do STJ para referendar o decreto da prisão do governador. A Polícia Federal já está mobilizada para cumprir o decreto assim que for demandado, segundo informa o Estadão em sua edição Online..

A decisão foi expedida pelo ministro Fernando Gonçalves, que é relator do inquérito da Operação Caixa de Pandora, a pedido da subprocuradora Geral da República Raque Dodge. Arruda é acusado de tentar obstruir a investigação do caso. Na última quinta-feira, 4, o servidor do Governo do Distrito Federal Antonio Bento foi preso ao tentar entregar R$ 200 mil ao jornalista Edmilson Edson dos Santos, o Sombra, que possuiria cópias dos vídeos em que políticos do DF e o próprio Arruda aparecem recebendo dinheiro vivo.

Notícias de Brasilia dão conta que o governador está em sua residência e já adiantou que vai se entregar à polícia..

Leia mais no Estadão Online:( http://www.estadao.com.br/noticias )

( Postado por Vitor Hugo Soares, com informações do Estadão Online, blog Gama Livre, de Brasília)

fev
11

Postado em 11-02-2010 11:38

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 11-02-2010 11:38

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, confirmou a participação no Carnaval de Salvador – além de São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, é claro – . Em Salvador ela já tem compromisso agendado: concederá uma entrevista coletiva no domingo (14), às 11h, no salão Porto Seguro do Hotel Tropical da Bahia, no Campo Grande, ao lado do governador Jaques Wagner. A pré-candidata petista à Presidência da República desembarca na Base Aérea no sábado (13), em horário ainda não confirmado, e deixa a cidade na noite do domingo. Já na quarta-feira de Cinzas (18), os secretários da Cultura, Márcio Meirelles, do Turismo, Domingos Leonelli, e da Segurança Pública, César Nunes, além da alta cúpula da polícia, fazem o balanço das ações promovidas pelo Estado na folia de Momo.

(Maria Olivia, jornalista)

fev
11

Postado em 11-02-2010 11:21

Arquivado em ( Multimídia) por vitor em 11-02-2010 11:21


==================================================
A música para começar a quinta-feira no Bahia em Pauta é “Sonho de Carnaval”, na interpretação personalissima do autor. Sugerida no título do texto que o músico baiano Paquito escreveu para Terra Magazine, e BB orgulhosamente reproduz, é preciosidade da MBP em qualquer tempo ou quaquer dia, de carnaval ou não.

“Sonho de um Carnaval” saiu em 1965, no primeiro disco compacto de Chico, na outra face de ‘Pedro Pedreiro’. 45 anos depois, o leitor ouvinte pode comprovar aqui, segue marcante como sempre em sua poesia e melodia. Confira.

(Vitor Hugo Soares )

fev
11

Postado em 11-02-2010 10:19

Arquivado em ( Artigos, Eventuais) por vitor em 11-02-2010 10:19

DEU EM TERRA MAGAZINE

De sua janela aberta para a Baia de Todos os Santos o músico Paquito observa as múltiplas faces de Salvador, e escreve com a argúcia e competência de sempre sobre delícias e mazelas da cidade da Bahia, para a revista digital Terra Magazine ( http://terramagazine.terra.com.br ).

Nesta quinta-feira, ele que não morre de amores pelo carnaval soteropolitano, fala de belezas da festa que surpreendem mesmo que não gosta dela.Mas critica em TM o lado mais feio da folia: a miséria de “cordeiros” dos blocos no Carnaval.

O músico condena, principalmente, a posição do produtor Nelson Motta sobre a função de cordeiros no Carnaval de Salvador. “Se há grande concorrência para a função de cordeiro, a causa deve ser mesmo a miséria e exclusão social” . Um texto de leitura essencial para quem vai cair na folia baiana.Ou não.

Até mesmo para a ministra Dilma Rousseff (PT) e o governador José Serra (PSDB), que devem desembarcar na cidade -, concorrentes na disputa na sucessão de Lula – a partir de sábado, em campanha nos camarotes e blocos da cidade (fala-se até no Ilê).

Confira.

(Vitor Hugo Soares)

=====================================================
Retrofolia:cada ano melhor, diz Paquito

=================================================

ARTIGO

CARNAVAL, DESENGANOS…

Paquito

De Salvador (BA

Não sou fã do carnaval de Salvador e disso não faço segredo. Já escrevi nesta coluna sobre a angústia que antecede a festa para os moradores do circuito – eu, incluído – que não curtem a folia, o estupor, e tem de simplesmente se mudar de suas casas durante o período. No entanto, reconheço a legitimidade do evento, mesmo sabendo o quanto houve de demagogia no decreto do então governador Antonio Carlos Magalhães que esticou, de três para cinco dias, a chamada maior festa de rua do mundo, que dura agora uma semana.

No entanto, frequentei eventos pré-carnavalescos, de leve, como o Ensaio do Cortejo Afro, sob o comando de Alberto Pita, que me convenceu a ir, e me fez ficar surpreso diante de coisas que parecem só acontecer na Bahia. Quem imaginaria que, numa segunda-feira, que é quando acontecem os ensaios, apareceria, em pleno palco, Clifton Davis, autor de Never can say goodbye, gravada por Michael Jackson, para uma palhinha junto a J. Velloso, cantando a própria canção acompanhado pelos tambores do cortejo? Nem sei se é um elogio, vindo de um anti-carnavalesco, mas o fato é que gostei de estar lá, muito bem recebido por Pita.

O segundo evento de que participei – e cada ano sai melhor – foi a Retrofolia dos Retrofoguetes, que também já comentei nesta coluna, e não fui apenas espectador, mas cantei clássicos da lambada. E lamentei muito não ter acordado a tempo pra ver Gerônimo domingo de manhã no TCA, gravando seu DVD. Cheguei atrasado, bamba de sono, e não pude entrar.

Toda essa conversa é, na verdade, um preâmbulo, para tratar de outra conversa, não de mesa de bar, mas de livraria de shopping, onde encontrei Osvaldo Braminha – com quem travo conversas divertidas e discordâncias cordiais – que me disse coisas que eu não sabia sobre o carnaval soteropolitano. Por exemplo, o número de pessoas que brinca não é de um nem dois milhões, mas cerca de 500 mil, segundo pesquisa da Secretaria de Cultura do Estado, o que não deixa de ser expressivo, de todo modo. O mais espantoso, no entanto, é que parece que o governo do Estado mais perde dinheiro do que ganha durante a semana de Momo.

Bem, alguém deve estar ganhando alguma coisa, senão não se poria tantos blocos e aquele um sem-número de trios elétricos engarrafando a cidade. Não é só pelos belos olhos da vetusta Soteropólis, nobre e opulenta cidade, madrasta dos naturais e dos estrangeiros madre, diria o poeta.

Alguém deve estar ganhando e não são os cordeiros, no cerne da discussão por conta de um Estatuto do Carnaval, baixado pela prefeitura, que pretende dar a estes que, literalmente, seguram os blocos, melhores condições de trabalho. Quero adiantar que não fui eleitor do atual prefeito, e acho que a cidade caiu numa esparrela danada ao reelegê-lo.

Não posso, no entanto, deixar de comentar a reação de Nelson Motta ao estatuto, entrevistado na revista Muito, que vem encartada no jornal A Tarde : “Primeiro, ninguém está ali obrigado. Sou a favor que tenham as mínimas garantias de trabalho, porque é um trabalho como qualquer outro.” Diante do primeiro argumento, caem por terra todos os movimentos sociais e tentativas históricas de trabalhadores que tentaram melhores condições de realizar o seu ofício com dignidade. Sensibilidade social é isso aí… Quanto a ser um trabalho como qualquer outro, aconselho, se já não basta o que se vê nas ruas bem claramente, que se assista ao documentário Cordeiros, de Ana Rosa Marques e Amaranta César, de 2008.

Se há – e olha que pode haver mesmo – grande concorrência para a função de cordeiro, a causa deve ser mesmo a miséria e exclusão social que faz da Bahia um dos estados mais pobres do Brasil. Nada de novo, diz um samba de Paulinho da Viola, discreto, baixinho, mas eloqüente.

fev
11

Postado em 11-02-2010 00:03

Arquivado em ( Multimídia) por vitor em 11-02-2010 00:03


=================================================
“Chame Gente”, de Armandinho e Moraes Moreira, para varar a madrugada desta quinta-feira.É o que se pode chamar de segundo hino da Bahia, em ritmo de carnaval. Música que levanta a massa sempre que tocada no trio, no palco ou em qualquer lugar. Aqui vai em um clip raro, gravado na Concha Acústica do Teatro Castro Alves durante um espetáculo de comemoração de Aniversário IRDEB TVE- Bahia 29 Anos. Um encontro inesquecível de Gerônimo e Armandinho, dois mestres, que poderá se repetir neste carnaval nas ruas de Salvador. Quem sabe?

BOA NOITE!!!

(Vitor Hugo Soares)

fev
10

Postado em 10-02-2010 21:28

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 10-02-2010 21:28

Calor de matar/DN

====================================================

Trinta e dois idosos morreram devido às altas temperaturas que se registam desde o início da semana no Sul do Brasil. As vítimas são todas de Santos, perto de São Paulo.A notícia saiu com destaque na edição online do Diário de Notícias, um dos jornais de maior circulação de portugal.

A notícia do DN assinala que a cidade de Santos emitiu alertas para que as pessoas idosas se protegessem das altas temperaturas, tal como as crianças. No Sul do Brasil, os termómetros têm registado temperaturas acima dos 40 graus. Os meteorologistas prevêem que estas venham a subir ainda mais no final da semana.

O Rio de Janeiro, 350 quilómetros a Norte de Santos, também sofre com a onda de calor. Este é o mês de Fevereiro mais quente dos últimos 50 anos, mas no Rio ainda não se registaram mortes ligadas às altas temperaturas, afirma DN

fev
10

Postado em 10-02-2010 19:12

Arquivado em ( Artigos, Claudio) por vitor em 10-02-2010 19:12

Carroças na mudança:fim da tradição

====================================================
DEU NA REVISTA DIGITAL TERRA MAGAZINEtERRA

Claudio Leal

Em reunião no Ministério Público da Bahia, nesta quarta-feira, os organizadores do tradicional desfile carnavalesco Mudança do Garcia, que vai às ruas de Salvador há mais de 80 anos, se comprometeram a não usar mais carroças puxadas por animais.

O bloco de protesto, nascido no bairro popular do Garcia, se tornou um patrimônio do Carnaval baiano e, com essa medida, pode iniciar sua decadência, já que o uso de jegues, cavalos, burros, que carregam cartazes com críticas a políticos, ficará proibido a partir de 2011. A partir deste ano, haverá restrições.

Veja também:
» Bahia: Antropólogo critica ecologistas e quer encontro de jegues
» Blog das Ruas: Em bloco de carnaval, “Jegue de Cueca” casa com “Jega de Calçola”
» Siga Bob Fernandes no twitter

Por pressão das entidades ambientalistas Terra Verde Viva e Célula Mãe e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção Bahia, o promotor de justiça da 2ª Vara do Meio Ambiente, Heron de Santana Gordilho, promoveu uma reunião com os organizadores do único desfile de protesto da folia de Salvador.

Barrados pelo MP, burros não irão à Mudança do Garcia (Foto: Vagner Magalhães/Terra)

– Este ano não vai ter figura de destaque, isopor, nada. Nem cavalo nem nada. Não foi só o Ministério Público, não! Estava um monte de gente lá… OAB, ambientalistas… Batemos na tecla da tradição, mas eles alegaram que a tradição não pode prejudicar os animais – diz Lorito, um dos organizadores da Mudança.

Questionado se a festa não se tornará careta, por radicalismos de ambientalistas, Lorito lamenta a proibição, mas diz que lei é lei.

– Eles alegam que só os animais estarem no meio de tanta gente, o som, o batuque, isso estressa. E o calor… Não pude falar nada. Foi constatado pelo veterinário: o animal ouve 20 vezes mais do que a gente. Vou dizer que não tem? Já vi os caras das Muquiranas (bloco de travestidos) pegarem nos testículos do cavalo. E uma mulher deu “uma tapa” no animal… Essas coisas acontecem.

Para o organizador, a Mudança se “descaracteriza” com a interferência do MP.

– Não acho que a Mudança vai acabar, mas ela se descaracteriza. Fica bonita de carroça! A gente vai ter que colocar a Mudança à altura dela. Estamos contando com todo mundo pra solucionar esse problema – relata Lorito.

Em tempo: na histórico desfile da Independência na Bahia, o 2 de Julho, há também a presença de carroças, jegues, burros, cavalos… E demais classes. Ainda não foi baixado um novo mandamento.

  • Arquivos

  • Março 2019
    S T Q Q S S D
    « fev    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031