abr
14

Postado em 14-04-2009 12:57

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 14-04-2009 12:57


Para quem está longe e para quem está perto a música do Bahia em Pauta nesta terça-feira (14) é “Clube de Esquina 2”, uma das mais completas combinações de melodia e poesia da música popular brasileira. Composição de mineiros geniais que seguem da Bahia a Minas – e pelo resto do mundo -encantando a todos que gostam do que é bom, e eterno. Aqui na interpretação de Flávio Venturini. Confira, letra e música! (Vitor Hugo Soares)

Clube da Esquina N° 2Lô Borges

Composição: Lô Borges/Márcio Borges e Milton Nascimento

Por que se chamava moço
Também se chamava estrada
Viagem de ventania
Nem lembra se olhou prá trás
A primeiro passo asso asso …
Por que se chamavam homens
Também se chamavam sonhos
E sonhos não envelhecem
Em meio a tantos gases lacrimogênios

Ficam calmos calmos calmos…
E lá se vai
Mais um dia
ah ah…
E basta contar compasso
E basta contar consigo
Que a chama não tem pavio
De tudo se faz canção
E o coração na curva de um rio rio rio rio…
De tudo se faz canção
E o coração na curva de um rio …
E lá se vai…
mas um diaaa
E o rio de asfalto e gente
Entorna pelas ladeiras
Entope o meio fio
Esquina mais de um milhão
Quero ver então a gente gente gente…

abr
14

Postado em 14-04-2009 11:18

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 14-04-2009 11:18

Câmara:nada muda
Deu no jornal

Na edição desta terça-feira (14) a editoria de Política do jornal A TARDE publica explosiva reportagem, assinada pela repórter Patrícia França, revelando em todos os detatlhes o incidente de ontem na Câmara de Vereadores causado pela tentativa do presidente da Casa, Alan Sanches (PMDB) de intimidar a repórter Patrícia França . Patrícia, uma das mais experientes, destemidas e atuantes profissionais do jornalismo político na Bahia , foi acusada por Sanches de “distorcer” e “colocar suas versões dos fatos” na cobertura da Câmara. Sanches se mostra particulamente inconformado com a repercussão negativa junto à opinião pública da coberrtura sobre o Trem da Alegria que o novo presidente da mais antiga casa legislativa do País tenta colocar nos trilhos:

Veja no Bahia em Pauta trechos da matéria, que pode ser lida na íntegra na edição impressa de A TARDE:
————————————————————————————————————————————–

“Inconformado com a repercussão negativa na opinião pública, depois que a imprensa denunciou a decisão dos vereadores de Salvador de contratar mais 41 assessores parlamentares com salário de R$ 4.267,88, o presidente da Câmara Municipal, Alan Sanches (PMDB), acusou a repórter de a TARDE Patrícia França de “distorcer” e “colocar suas versões” nos fatos. A irritação de Sanches se deu ao término da sessão de ontem, presidida por ele, quando indagado sobre o número de cargos comissionados na mesa diretora, diretorias, gabinetes, presidência e valores pagos.

“Eu não vou lhe dar notícia mastigada para, no dia seguinte, você colocar suas impressões”, reagiu o presidente. “A você não vou dar mais informações. Só ao Ministério Público”, pontuou, referindo – se ao Ministério Público Estadual (MP-BA), que considerou “irregulares” as novas contratações – já revogadas – e conseguiu cancelar o reajuste de 47% no vale-refeição e aguarda estudo que justifique a alta de 45% no vale-combustível de vereadores.

Eleito por maioria com o discurso de transparência e moralidade, Sanches sugeriu à repórter que fosse pegar as informações no Diário Oficial do Legislativo de 1995, quando a estrutura dos cargos foi criada, e de 2000, ano em que, segundo o peemedebista, essa estrutura sofreu algumas alterações. “Não vou permitir que você vá distorcer os fatos na imprensa; para você, vereador, aqui, não presta”, acusou Alan, na presença de assessores parlamentares e repórteres setorizados no Legislativo municipal.

Ao cobrar a cobertura jornalística de uma “agenda positiva” da Câmara Municipal de Salvador, Alan Sanches sugeriu que fosse dado o mesmo espaço e destaque às mazelas do Judiciário.

“Por que você não vai lá e mostra que o Tribunal de Justiça mantém 300 cargos comissionados?”, indagou.

(Postado por: Vitor Hugo Soares)

abr
14

Postado em 14-04-2009 09:20

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 14-04-2009 09:20

Marilia:volta ao ensino
Deu no jornal:

Edição desta terça-feira de A TARDE traz como uma de suas principais matérias, a que informa sobre o pedido da secretária de Justiça, Marília Muricy, para deixar o governo Jaques Wagner. E sobre a possibilidade do deputado federal Nelson Pellegrino (PT), relator da CPI dos Grampos no Congresso, assumir o cargo.
————————–

“Depois de enfrentar, durante sua gestão, uma série de conturbações – e até ter sido acusada por funcionário de racismo institucional –, a secretária de Justiça e Direitos Humanos da Bahia, Marília Muricy, pediu ao governador Jaques Wagner o seu afastamento do cargo, por motivo de ordem pessoal.

Semana passada, a secretária conversou com o governador, para quem colocou seus planos de voltar à respeitada carreira acadêmica que possui, como doutora em Filosofia do Direito e professora da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

No lugar de Muricy, se as especulações de bastidores em Brasília estiverem corretas, a equipe do governo Jaques Wagner deve ser reforçada pelo vice-líder do PT na Câmara Federal, coordenador da bancada baiana e relator da CPI das escutas telefônicas ilegais, o deputado federal Nelson Pelegrino.

A saída de Muricy será a quarta mudança no secretariado do governo Wagner. A Agecom (Assessoria Geral de Comunicação Social do Governo do Estado) disse que a secretária deve deixar a pasta até o final do mês, pois ela deseja fechar alguns trabalhos nesse período e preparar o processo de transição”.

Leia mais em A TARDE

abr
14

Postado em 14-04-2009 08:52

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 14-04-2009 08:52

Deu no jornal

O jornal CORREIO DA BAHIA traz em sua edição desta terça-feira (14), matéria assinada pela repórter Amanda Luz, com imformações sobre o incidente no Aeroporto Internacional Charles de Gaulle, em Paris, envolvendo a professora Solange França, da Universidade de Santa Cruz (Uesc), em Ilheus:

“Uma professora do curso de Agronomia da Universidade de Santa Cruz, em Ilhéus (a 446 km de Salvador), foi barrada ao tentar entrar na França pelo Aeroporto Internacional Charles de Gaulle, na capital Paris, na última sexta-feira (10). De volta à Bahia, a também gerente de pesquisa da Uesc, Solange França, falou nesta segunda (13) sobre a frustração de ser retida sem explicações e sem a ajuda da Embaixada do Brasil na França.

A docente contou que, presa em uma sala reservada e sem ventilação, o pior era não ter o direito de defesa. ”Quando pedi esclarecimentos, os policiais utilizaram tom de voz ameaçador e agressivo. Foi quando percebi que estava sendo expulsa e que não poderia pedir qualquer esclarecimento. Era melhor ser deportada do que ficar presa em território francês”, disse.

A professora saiu de Salvador com destino a Paris no voo TAM 8068 e chegou na França às 14h de sexta (10), onde passaria as férias e visitaria laboratórios de pesquisa.

Segundo Solange, a embaixada e o consulado brasileiros na capital francesa chegaram a ser contactados, mas ela não obteve ajuda dos órgãos. ”A Embaixada estava fechada e o telefone do consulado caía em uma secretária eletrônica. Eu estava presa no aeroporto de outro país, desesperada, precisando de ajuda oficial e só conseguia falar com uma secretária eletrônica”, relatou.

A professora informou que outras 14 pessoas voltaram no mesmo vôo com direção ao Rio de Janeiro, entre elas um estudante de Salvador, que ia se apresentar em um evento de Capoeira na Europa.

Leia mais no CORREIO DA BAHIA

abr
14

Postado em 14-04-2009 08:33

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 14-04-2009 08:33

Deu no jornal:

O jornal Tribuna da Bahia traz como um dos destaques locais, da sua edição de hoje, a notícia sobre a reunião programada para a tarde desta terça-feira (14) para discutir o novo Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que passará por reformas importantes para atender às exigências do Vestibular Unificado nas universidades brasileiras.

“O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFBA (Consepe) se reúne nesta terça-feira (dia 14), às 16h, na Sala dos Conselhos da Reitoria, no Canela, para esclarecimentos e debates da proposta do Novo Enem.

A reunião terá a participação do coordenador técnico do Novo Enem, Héliton Ribeiro Tavares, diretor de Avaliação do Inep (órgão responsável pelas propostas do MEC sobre o Enem e Vestibular Unificado).

O Sistema de Seleção Unificada (informatizado, nos moldes do SISProUni, sistema eletrônico pelo qual são processadas as inscrições do Programa Universidade para Todos-Prouni, desde 2005), será colocado à disposição das instituições de ensino superior pelo Ministério da Educação (MEC), para o processamento da seleção ao ensino superior, com base no Novo Enem, exclusivamente pela internet.

O acesso das instituições a esse sistema será efetuado com a utilização de certificados digitais, emitidos no âmbito da Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil). Para concorrer pelo Sistema de Seleção Unificada, o estudante deverá realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Novo Enem), observando os procedimentos próprios de inscrição. A seleção dos candidatos no Sistema de Seleção Unificada de 2010 será realizada com base nas notas obtidas pelos estudantes na edição do Novo Enem.

Leia mais na TB

abr
13

Postado em 13-04-2009 19:27

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 13-04-2009 19:27

Viviana, 26.

Presidente Lugo, 58.

Depois de passar por um dos períodos de maior atribulação de sua vida pessoal, religiosa e política durante os dias da Semana Santa, o presidente do Paraguai, Fernando Lugo, 58 anos, reconheceu nesta segunda-feira (13) a paternidade de um filho prestes a completar dois anos de idade, fruto da relação com uma jovem de 26 anos, quando ele ainda era bispo da Igreja Católica. Antes do reconhecimento, os ruídos e sussurros que cresciam a cada dia, com potencial para transformar-se em um dos maiores escândalos da história recente do Paraguai,  “ameaçava danificar a imagem de Lugo e prejudicá-lo politicamente”, segundo assinala a agência Reuters.

A rápida e surpreendente revelação, aparentemente, deve colocar um ponto final nas especulações sobre uma demanda judicial que exigia a Lugo o reconhecimento do menor. Os rumores causaram agitação na imprensa, na igreja, na política e na sociedade paraguaia em plena Semana Santa. “É certo que houve uma relação com Viviana Carillo. Diante disso, assumo todas as responsabilidades que possam derivar de tal feito, reconhecendo a paternidade do menino, “disse Lugo em uma mensagem pela TV.

“A partir deste momento e atendendo ao interesse superior, a privacidade do menino, e as grandes responsabilidades que ao mesmo tempo o exercício da Presidência me impõem, não formularei mais declarações sobre o tema”, acrescentou. Segundo reportagem de Daniela Desantis, da Reuters, o anúncio coincidiu com o início do processo judicial por parte de uma juíza da cidade de Encarnação, após a apresentação, na quarta-feira da semana passada, da demanda por parte de dois advogados, que logo foram desautorizados pela mãe da criança.

LONGA RELAÇÃO

Segundo o documento, Lugo e a jovem mantiveram uma longa relação que se iniciou quando ele era bispo do Departamento de São Pedro. Lugo renunciou ao sacerdócio para entrar na política e, depois de ter sido eleito presidente no dia 20 de abril de 2008, recebeu uma inédita dispensa do papa Bento XVI para exercer o cargo. De acordo com o diário paraguaio Última Hora, o processo patrocinado pelos advogados Cláudio Konstinchok e Walter Acosta, apresentado ao Juizado da Infância e da Adolescência de Encarnación, cidade do sul do Paraguai, “de fato existe”.

Na denúncia, que tem oito páginas e inclui testemunho, cópia da cédula de identidade da denunciante, certidão de nascimento do bebê e fotos mostrando contatos públicos entre Lugo e Viviana, na primeira delas, com 16 anos, a assinatura é similar à constante no documento de identidade. No texto da denúncia, facilitado pelos advogados aos meios de comunicação, a jovem relata ter conhecido Lugo aos 16 anos, na casa de sua madrinha, Edith Lombardo de Vega, em Choré, localidade do interior do Departamento (estado) de San Pedro.

“Tudo se iniciou quando uma vez levei-lhe roupa de cama em seu quarto e, ao perguntar-lhe se precisava de algo mais, ele me disse que sim, que precisava de mim, sendo a partir deste momento constante seu assédio.  Até que, devido à minha curta idade e inexperiência, fui seduzida por sua forma de falar, por suas palavras bonitas, por suas expressões belas e pelas promessas que me fez de renunciar a seu cargo por mim. E que pretendia compartilhar uma vida comigo e que tivéssemos muitos filhos e formássemos um lar, tendo ele sido meu primeiro e único homem”, conta a jovem, no texto da denúncia dos advogados.

Apesar do reconhecimento de Lupo, quem conhece o Paraguai sabe: o assunto promete.

(Vitor Hugo Soares, com agência, jornais e site “Viva Paraguai).

abr
13

Postado em 13-04-2009 13:33

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 13-04-2009 13:33

E como poderia ter dito o imenso Vinícius de Moraes: De repente, não mais que de repente, a política baiana descobre o gosto refinado do ex-governador Paulo Souto (presidente regional do DEM ) pela poesia. Uma paixão estimulada, segundo o próprio Souto, por um antigo e bom mestre de português, Pedro Lima, do colégio onde ele estudava em Ilhéus, no sul do Estado.

Semana passada, em seu comentário das quintas-feiras, na Rádio Metrópole, Souto foi buscar na lírica parnasiana do alagoano de Palmares, Jorge de Lima – um dos pilares da poesia no Brasil em seu tempo – os fundamentos para responder às críticas feitas à sua gestão pelo seu sucessor no Palácio de Ondina, o petista Jaques Wagner, que disse ter assumido o governo com uma máquina administrativa trôpega e superada, na qual salvava-se apenas a SEFAZ.

Do ponto de vista do poema e da qualidade do autor, o ex-governador não poderia ter escolhido nada melhor: “O Acendedor de Lampiões”, de Jorge de Lima, que fala da “triste ironia atroz que o senso humano irrita”, declamada na íntegra por Souto, antes de numerar mais de uma dezena de virtudes de sua gestão, segundo ele, em comparação com a de Wagner até aqui, a começar pelo “cumprimento integral da Lei de Responsabilidade Fiscal “. Quanto à Secretaria da Fazenda, o ex-governador chamou atenção para o que acontece atualmente na pasta, “não por culpa de seus servidores, mas pela desorganização generalizada da máquina pública sob o comando de Wagner”.

Tem muita gente, do lado do PT, querendo tréplica de Jaques Wagner. Enquanto a turma da oposição está curiosa para saber que poema e que poeta Paulo Souto escolherá para declamar nesta quinta-feira (15) .

(Vitor Hugo Soares )
—————————————————————————————
POESIA ESSENCIAL

Jorge de Lima
<

0 ACENDEDOR DE LAMPIÕES

Lá vem o acendedor de lampiões da rua!

Este mesmo que vem infatigavelmente,

Parodiar o sol e associar-se à lua

Quando a sombra da noite enegrece o poente!

Um, dois, três lampiões, acende e continua

Outros mais a acender imperturbavelmente,

A medida que a noite aos poucos se acentua

E a palidez da lua apenas se pressente.

Triste ironia atroz que o senso humano irrita: –

Ele que doira a noite e ilumina a cidade,

Talvez não tenha luz na choupana em que habita,

Tanta gente também nos outros insinua

Crenças, religiões, amor, felicidade,

Como este acendedor de lampiões da rua!

abr
13

Postado em 13-04-2009 10:16

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 13-04-2009 10:16

Naomi(com Nizan) no Cururu/Jornal da Midia

A top model britânica, Naomi Campbell, segue dando o que falar ao redor do mundo. A ex-musa do Ylê-Ayê (lembram dela no Curuzu no carnaval de Salvador-2008?) é a capa da edição de abril da “Giant Magazine”, mas sem perder o faro afiado para a polêmica, onde quer que ela esteja. Na entrevista, ela informa que está assumindo hábitos de vida mais saudáveis e isto é que a leva a participar atualmente do “Programa”, para se livrar do vício em álcool e drogas.

“Algumas pessoas podem tomar um drinque ou cheirar uma carreira de cocaína, mas isso não funciona comigo. Para mim, é tudo ou nada – e tem que ser nada”, afirma Naomi, ao assumir que não consegue manter o controle diante de drogas. Mas a top garante que desta vez o propósito é para valer, definitivo, e tem uma justificativa forte para isso: reconheceu que o corpo já não suporta mais os excesso o que a leva a seguir com o máximo empenho o “programa” de reabilitação ( para alguns o AA- Alcoólicos Anônimos)

“Eu estou programa, e estou orgulhosa de mim mesma… Eles te ensinam a deixar de lado… Quem dera eu tivesse sabido disso mais cedo”, diz a top à Giant.

Algumas pessoas mais próximas à Naomi, porém – segundo jornais europeus principalmente – acham que a morte prematura do jovem e promissor ator Heath Ledger, tem muito a ver com a decisão da top.

(Por Vitor Hugo Soares)

abr
13

Postado em 13-04-2009 08:55

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 13-04-2009 08:55


Nesta segunda-feira, 13 de abril, a cidade de Fortaleza faz aniversário. A quinta maior cidade do País, capital do Ceará, festeja 274 anos de fundação. Cidade que impressiona por seu notável crescimento nas últimas décadas, aliado às suas históricas belezas naturais, como a praia de Mucuripe das velas famosas, respira turismo, mas convive com problemas e graves contrastes, comuns às grandes cidades brasileiras atualmente. O principal deles, na área social:com 2 milhões de habitantes , cerca de 26% deles vivem (ou sobrevivem) com renda abaixo da linha de pobreza.

Mas é dia de festa no Ceará. Para festejar Bahia em Pauta oferece “Mucuripe”, a maravilhosa composição de dois cearenses fundamentais – Fagner e Belchior-, aqui em interpretação de Roberto Carlos e Fagner , em show do Rei. Parabéns Fortaleza !
(Vitor Hugo Soares)

abr
12

Postado em 12-04-2009 23:17

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 12-04-2009 23:17

Viuva e filho no enterro do professor

Além do deputado federal e ex-governador Carlos Wilson (PT), Pernambuco teve mais um enterro neste domingo marcado por forte comoção. O corpo do professor Almir Olímpio Alves, de 43 anos, foi enterrado no fim da tarde , na cidade de Carpina, na Zona da Mata do Estado. Mais de 3 mil pessoas, segundo matéria do portal Terra, assinada pela repórter Ana Lima Freitas, passaram pela Igreja Batista de Carpina para prestar as últimas homenagens ao professor. Amigos, colegas de trabalho e ex-alunos, além dos parentes do professor Almir estavam presentes. Os quatro irmãos do professor estavam junto aos pais, “que estavam extremamente abalados e não quiseram falar à imprensa”, cconta a repórter.

Almir fazia pós-doutorado nos Estados Unidos e foi morto durante uma aula de inglês, na American Civic Association, em Nova York, quando o vietnamita Jiverly Wong, de 41 anos, invadiu o prédio e abriu fogo contra alunos e funcionários do centro, na tarde do último dia 3. Ao todo, 13 pessoas foram assassinadas.

– Agora estamos mais reconfortados, porque na nossa cultura só sossegamos quando podemos ter o corpo do nosso ente querido, enterrá-lo – disse a viúva de Almir, professora Marcia Alves, que ficou o tempo ao lado do caixão, junto com o filho de 16 anos do casal.

O corpo do professor deixou o Recife por volta das 10h, depois de ter recebido várias homenagens da comunidade acadêmica da Universidade de Pernambuco (UPE), entidade para o qual Almir Olimpio, ministrava aulas há 7 anos. Já em Carpina, depois de ser velado durante quase todo o dia, por volta das 17h, o corpo seguiu para o Cemitério de São Sebastião, onde o professor Almir Olimpio Alves foi enterrado no túmulo do avô.

  • Arquivos

  • junho 2018
    S T Q Q S S D
    « maio    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930