nov
27

Postado em 27-11-2009 13:11

Arquivado em ( Multimídia) por vitor em 27-11-2009 13:11


A música do dia nesta sexta-feira, 27 de novembro, é “Menestrel das Alagoas”, do mineiro Milton Nascimento, na interpretáção magistral ao vivo de Fafá de Belém. É a escolha do Bahia em Pauta para homenagear a memória do ex-senador Teotônio Vilela, um heroi da resistência no Brasil, na data de aniversário da sua morte em doação ao seu país.

Em tempos de “Expressos da Propina” que circulam à solta, de personagens macunaímicos que atuam na base do “cada um por si e Deus contra”, eis uma memória digna a não ser esquecida jamais. O mais está dito na apresentação de Fafá, nas palavras do próprio teotônio e na letra de milton nascimento. Confira.

(Vitor Hugo Soares)

nov
26

Postado em 26-11-2009 22:16

Arquivado em ( Artigos, Janio, Multimídia) por vitor em 26-11-2009 22:16

“EU NÃO PEÇO DESCULPAS”-Caetano e Mautner

Dona Lindu: mãe de Lula
Dlindu

====================================================

CRÕNICA/ MÃES

De dona Lindu para dona Canô

Janio Ferreira Soares

Minha cara Canô, daqui de onde estou andei acompanhando essa confusão toda que começou quando seu filho disse que o meu Luiz era analfabeto, e confesso que até agora não entendi o porquê de tamanha agitação. Afinal, o Brasil é ou não é uma democracia? E numa democracia, pelo que eu aprendi no curso que o mestre Paulo Freire mantém por aqui – e nas conversas com várias pessoas que ficaram minhas amigas quando souberam quem eu era -, todo mundo pode falar o que quiser. Bem diferente daquele tempo em que ninguém podia sequer pensar em falar mal de um presidente que era preso, torturado e até morto. Ou então se exilava em Londres, não é mesmo?

Mas o motivo principal dessa missiva (eu adorava quando o locutor da Rádio Clube de Pernambuco falava assim quando alguém mandava uma cartinha,) era para lhe pedir que parasse com a idéia de se desculpar pelo que o seu menino disse do meu. É que eu notei que ele não estava gostando muito dessa sua intenção, do mesmo modo que o meu também ficaria danado se na época da ditadura eu ligasse para o Golbery ou para um diretor da Ford pedindo desculpas pelas greves que ele comandava no ABC.

Mas agora Inês é morta (a propósito, nunca a encontrei por aqui), pois Wally Salomão acabou de me contar que o meu Luiz ligou lá de Roma para você depois que soube da sua vontade de lhe pedir essa espécie de mea-culpa materna. Aliás, nós demos boas risadas imaginando a cara de Caetano diante disso tudo e Wally ainda saiu cantando Eu Não Peço Desculpas, que ele gravou com Jorge Mautner.

Bem, agora eu tenho que me despedir, porque muita gente quer saber a minha opinião sobre o filme que diz que o meu Luiz agora também é filho do Brasil. Ainda não vi a cópia pirata que Glauber me emprestou, mas parece que andaram colocando algumas frases na minha boca, dessas que uma mulher sertaneja com um monte de filhos pra criar não tem tempo nem de pensar. Ah, adorei o seu livro de receitas, O Sal é um Dom. Se eu encontrar maturi por aqui vou fazer uma moqueca pra Jorge Amado e Gilberto Freire. Beijos em Mabel. Com respeito, Lindu.

Janio Ferreira Soares, cronista, é secretário de Cultura e Turismo da cidade baiana de Paulo Afonso, no Vale do São Francisco.

nov
26

Postado em 26-11-2009 21:42

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 26-11-2009 21:42

Hage: hoje em Salvador
Jhage
===================================================
O ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, que participou na manhã de hoje da reunião do grupo de infraestrutura do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, afirmou na oportunidade que é inaceitável a demonização dos órgãos de controle, doa gastos públicos, que estão sendo postos por alguns como “vilões da história”.

Hage estará nesta sexta-feira, 27, em Salvador, para proferir a palestra de encerramento do II Congresso Brasileiro de Controle Público e vai falar, também, deste assunto, que está no bojo do Projeto de Lei Orgânica para a Administração Pública. O tema da palestra do ministro-chefe da CGU, será “Modificações na Legislação necessárias ao aperfeiçoamento do Controle Interno” . O assunto, dos mais polêmicos, é um dos mais discutidos no memento, tanto no âmbito da administração pública como no setro privado.

Segundo o ministro, muitas queixas que chegam ao Presidente da República não têm correspondência com a realidade e, não raro, servem para justificar atrasos decorrentes da própria incompetência dos gestores.

Nesta quinta-feira, em brasilia, Hage citou como exemplo o caso de uma autoridade estadual que reclamou ao Presidente de uma suposta glosa feita pela CGU por conta do preço de um disjuntor de eletricidade: R$ 12,00 numa obra de R$ 60 milhões. Comprovou-se depois, informou o ministro, que o prejuízo apontado não era de R$ 12,00, mas sim de vários milhões, e que o apontamento sequer fora da CGU, mas do próprio ministério repassador dos recursos.

Eliminadas essas distorções do debate, Hage considera que as discussões com os representantes da sociedade são produtivas e devem continuar, desde que postas de forma correta e conseqüente.

O ministro-chefe da CGU fez também severas críticas ao capítulo sobre controle contido no Anteprojeto de Lei Orgânica da Administração Pública elaborado por uma comissão de juristas. Para ele, a parte relativa ao controle precisa ser completamente alterada, principalmente quando propõe praticamente a eliminação do controle preventivo, que ele considera a forma mais importante de controle.

( Postado por Vitor Hugo Soares, com informações do site da CGU)

nov
26

Postado em 26-11-2009 18:54

Arquivado em ( Multimídia) por vitor em 26-11-2009 18:54


Esta sugestão de música do dia para a Radio BP mandada por Gilson Nogueira, chegou acompanhada da seguinte mensagem: “Caro Vitor: se segure que lá vai a zorra”. A melodia é muito boa, mas a letra neste caso merece atenção especial. Confira.(VHS)

nov
26

Postado em 26-11-2009 18:28

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 26-11-2009 18:28

Minas de urânio em Caitité
uranio
====================================================
O Instituto de Gestâo de Águas da Bahia (INGA) confirmou, ontem,25, que a última análise de amostras de água coletadas no entorno da mineraçâo de urânio, em Caetité (BA), encontrou radioatividade acima do normal, “em alguns” dos 15 pontos examinados. A informaçâo foi dada por dirigentes do INGA em reuniâo da Procuradoria Geral do Estado que tratou do cumprimento da liminar concedida em janeiro deste ano, pelo Juiz de Direito de Caetité, à Açâo Civil Pública proposta pelo Ministério Público Estadual contra o Estado da Bahia, prefeituras de Caetité e Lagoa Real e Indústrias Nucleares do Brasil (INB).

O INGA, no entanto, nâo divulgou o resultado desse monitoramento, como era esperado pela população de Caitite e grupos de proteção ambiental, mas principamente quem vive do entorno da unidade de extraçâo e beneficiamento de urânio, operada pela INB no distrito de Maniaçu, onde. Em luga de um informe dos operadores, há mais de 15 dias o que circula é a notícia de contaminaçâo em sete pontos analisados, gerando insegurança e medo entre os potencialmente atingidos pela situaçâo.

Na reuniâo com representantes das Secretarias de Sáude, Meio Ambiente e Agricultura, convocada pela Procuradoria Geral do Estado, a dra. Fabiana Araújo chamou a atençâo para a necessidade de se cumprir as determinaçôes da Justiça. Segundo ela, a multa diária arbitrada pelo Dr. Eduardo Brito, é pesada (R$5.000,00), e enquanto nâo for resolvida a questâo da competência da Justiça Estadual arrolar o Estado da Bahia, como réu na açâo, a liminar deve ser cumprida para evitar o pagamento da multa, mas também para o Estado ir respondendo às demandas da comunidade naquilo que é da sua responsabilidade.

As populaçôes da regiâo cobram o cumprimento das determinaçôes da Justiça, desde julho passado. Aguardam agora, após esta açâo da Procuradoria Geral, que o Estado defina uma estratégia que garanta o cumprimento de fato da liminar e o atendimento das reivindicaçôes apresentadas na reuniâo por representantes da sociedade civil, em carta aberta ao Governo do Estado e Prefeituras de Caetité e Lagoa Real.

nov
26

Postado em 26-11-2009 11:06

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 26-11-2009 11:06

Milhem Cortaz: Seu Aristides no cinema
filmelula

====================================================
Deu na coluna do jornalista político Ancelmo Gois, do jornal O Globo, edição de 22/11:

Lula, o filho de Aristides

Quem já viu “Lula, o filho do Brasil” saiu impressionado com a forma que o filme retrata o pai do presidente. Seu Aristides da Silva, que morreu em 1978 como indigente, é um homem mau no longa. Impacta a cena da chegada de surpresa de Lula com a mãe a São Paulo. O pai, irado, antes mesmo de perguntar da viagem, cobra por que a mulher tinha deixado em Pernambuco o cachorro Lobo.

No livro “Lula, o filho do Brasil”, de Denise Paraná, que inspirou o filme, o retrato do pai é também, no mínimo, de um truculento. Em seu depoimento, Jaime Inácio da Silva, irmão de Lula, conta que convidou o pai para seu casamento, e ele respondeu: “Para você, eu tenho um tiro na cara.”

Lula não chega a ser tão radical. Embora considere o velho Aristides um tirano que cuidava mais dos cachorros do que dos filhos, reconhece no pai um trabalhador que sempre procurou “garantir o feijão e o arroz para a família”. Aliás, numa entrevista à revista “Época”, em 2002, Lula disse que perdoava o pai: “Valeu o espermatozóide que me gerou.”

Em tempo: com a partida de dona Lindu e dos filhos, o cachorro Lobo, que tinha ficado com um tio de Lula, em Pernambuco, não parou de chorar, deixou de comer e morreu dias depois. Mas aí é outra história.

nov
26

Postado em 26-11-2009 10:09

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 26-11-2009 10:09

Wagner e Geddel: imagens do passado
Waggeddel
=================================================
Deu no Laser

Mais apimentada que nunca a sempre antenada coluna política Raio Laser, da Tribuna da Bahia em sua edição desta quinta-feira, 26.Bahia em Pauta selecionou sete notas sobre a “Operação Expresso”, da Polícia Civil da Bahia, também chamada de “Expresso da Propina”, que prendeu o ex-diretor da Agerba, Lomanto Netto e mais sete, e desencadeou uma guerra entre PT e PMDB ( Jaques Wagner x Geddel Vieira Lima ) difícil de prever onde irá parar.Confira e leia íntegra do Laser na TB.
(Vitor Hugo Soares )

=======================================================
RAIO LASER (26-11-2009)

Reação
O PMDB encaminhou nota pública afirmando com todas as letras ter havido perseguição política, no que diz respeito à ação denominada “Operação Expresso”, promovida pela Polícia Civil. Operação esta, segundo os peemedebistas, “sob a orientação do Governador Jaques Wagner e do secretário de segurança pública Cesar Nunes, que teve intuito meramente político e tentou atingir o PMDB. Tentou, mas não conseguiu. Não vai conseguir, nem tampouco vai intimidar um partido que norteia as suas ações pautado na ética e na coragem”.

Ponderação
Já os governistas juram de pé juntos que não houve qualquer tentativa de retaliação política na realização da Operação Expresso que resultou na prisão de dirigentes da Agerba ligados ao PMDB e empresários de transporte intermunicipal.

Fonte Nova
Há quem veja co-relação entre a deflagração da Operação Expresso e declarações recentes do ministro Geddel Vieira Lima (Integração Nacional) atribuindo a culpa pelo acidente da Fonte Nova ao governador Jaques Wagner. O assunto foi abordado pelo ministro em programa de rádio.

Guerra I
A “Operação Expresso”, que prendeu na terça-feira o ex-diretor da Agerba, Lomanto Netto, indicado pelo PMDB, abriu uma guerra feroz entre o partido e o governador Jaques Wagner (PT) cujos resultados são imprevisíveis, avaliou ontem um parlamentar peemedebista para a Raio Laser.

Guerra II
Segundo a mesma fonte, depois do episódio envolvendo Lomanto Netto, dificilmente o PMDB vai querer recompor-se com o governador, o que significa que peemedebistas e petistas vão travar uma luta de morte pelo comando do governo baiano nas eleições do próximo ano.

Preferência
A Operação Expresso foi usada ontem por deputados oposicionistas na Assembleia Legislativa para fazer coro ao ditado recente segundo o qual o governador Jaques Wagner, na hipótese de uma derrota, prefere passar o comando do Estado para o democrata Paulo Souto a entregá-lo a Geddel Vieira Lima.

Inimizade

Na avaliação dos intérpretes do mesmo ditado, o clima entre o governador Jaques Wagner e o ministro Geddel Vieira Lima (Integração Nacional), que há muito tempo anda péssimo, chegou às raias da inimizade pessoal, depois da Operação Expresso

nov
25

Postado em 25-11-2009 23:28

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 25-11-2009 23:28

Obama: presença confirmada na Dinamarca
Obambiente
===============================================
A organização ambientalista não-governamental Greenpeace considerou, nesta quarta-feira,25, que o presidente americano Barack Obama vai à cúpula de Copenhaga apenas para «sair na fotografia». A informação é do portal europeu TSE Rádio Notícias, em matéria assinada pelo repórter português José Milheiro, sobre a conferencia da ONU na Dinamarca semana que vem.

Segundo TSE, Greenpeace acredita que os EUA vão continuar a esquivar-se às suas responsabilidades e que Barack Obama apenas marcará presença em Dezembro, na conferência da ONU sobre meio ambiente em Copenhague.

O comunicado deste movimento surge no dia em que a Casa Branca confirmou a viagem do presidente para participar no arranque dos trabalhos da cúpula.

Obama já anunciou o compromisso que pretende concretizar. Os EUA vão esforçar-se por reduzir em 17 por cento os gases de efeito de estufa até 2020.

A uma semana e meia da conferência que vai discutir o sucessor do protocolo de Kyoto, a ONU garante que não tem um “plano B” em caso de fracasso nas negociações.

O secretário-geral da organização, Ban Ki-Moon, pede a presença em Copenhague do maior número possível de chefes de Estado e de Governo, sendo que a confirmação da presença de Obama aumenta as expectativas.

(Postado por Vitor Hugo Soares, com informações do portal TSE Radio Notícias)

nov
25

Postado em 25-11-2009 21:53

Arquivado em ( Multimídia, Newsletter) por vitor em 25-11-2009 21:53

baiacarajé
===================================================

=======================================================
25 de Novembro, Dia da Baiana no calendário soteropolitano.E a música para terminar o dia e entraer pela madrugada é “A Preta do Acarajé”, de Dorival Caimmy, em interpretação de Gal Costa gravada em Montreux, na Suiça. Vai dedicada a todas as baianas comemoraram sua data nesta quarta-feira. Primeiro com uma missa na Igreja do Carmo, no Centro Histórico. Gente do povo da cidasde da Bahia e turistas participam juntos da cerimônia com a marca local da fé e do sincretismo.

para a presidente da Associação de Baianas, Rita Santos, o dia é de comemoração, mas também de protesto. Segundo ela, o número de “baianas patrimônio”, que cumprem todos os rituais, está diminuindo, enquanto aumenta o número de pessoas que apenas vendem o acarajé. Rita se queixou também da falta de estrutura dos pontos de venda do bolinho. Quem gosta e conhece acarajé, se queixa também da qualidade, a exemplo do jornalista Gilson Nogueira, que ao retornar recentemente do Rio de Janeiro, teve amarga experiencia ao provar um bolinho “bonito mais ordinário”, vendido em uma barraca no aeroporto de Salvador.
Agora, Gal para todos no Dia das Baiana.
(Vitor Hugo Soares)

nov
25

Postado em 25-11-2009 21:01

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 25-11-2009 21:01

Lucio (com Geddel): citações no inquérito
lugeddel
====================================================
Deu na Agência Estado (AE)

Matéria produzida na Bahia pela Agencia Estado, do grupo Estado de S. Paulo (Estadão), revela que o inquérito da Polícia Civil baiana sobre a investigação de um suposto esquema de corrupção cita entre os envolvidos Lúcio Vieira Lima, presidente do PMDB na Bahia e irmão do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima. A reportagem é assinada pelo repórter Tiago Décimo.

Na terça-feia, 24 – memoriz a matériza a matéria da AE – a polícia prendeu sete pessas suspeitas de evolvimento com a cobrança de propinas para a concessão de linhas de transporte rodoviário intermunicipal pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba). Entre os presos estava o ex-diretor-executivo da Agerba, Antônio Lomanto Netto, indicado por Geddel ao cargo.

De acordo com o relatório, elaborado a partir de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça, Lúcio seria citado nas conversas gravadas por pseudônimos como “gordo”, “gordinho” e “gordo jovem”, assinala a matéria da AE.

Ouvido pela reportagem da AE, Lúcio considera “uma injustiça” ser apontado como participante no esquema, por não ter sido flagrado em nenhuma conversa. Ele voltou a apontar viés político na investigação, como fizeram colegas de partido. “Não sou o único gordo da Bahia”, ironizou.

Revela ainda a reportagem que o nome de Lúcio vem à tona um dia após a prisão, na terça-feira do ex-diretor-executivo da Agerba, Antônio Lomanto Netto, que foi indicado por Geddel ao cargo. Ele e mais sete pessoas foram alvo da mesma investigação que citou o nome de Lúcio. Segundo a polícia, Lomanto Netto seria o comandante do esquema de cobrança de propinas para a concessão de linhas intermunicipais sem licitação.

O episódio de terça elevou a tensão e acirrou a ruptura, no cenário político baiano, entre o PMDB de Geddel o PT do governador Jaques Wagner. Ambos eram aliados políticos até agosto, quando o ministro decidiu deixar a aliança para lançar sua pré-candidatura ao governo da Bahia. Lomanto Netto deixou a direção do órgão, junto com outros quadros do PMDB, depois que PMDB e PT romperam relações no Estado.

Todos os detidos foram liberados na noite de terça-feira, por liminar expedida pela juíza da 1ª Vara Criminal de Salvador, Leonildes Bispo dos Santos Silva, que revogou os mandados de prisão temporária dos suspeitos, encerra a reportagem da Agência Estado.

  • Arquivos

  • dezembro 2018
    S T Q Q S S D
    « nov    
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31