fev
14

Postado em 14-02-2010 21:38

Arquivado em ( Artigos, Ivan, Multimídia) por vitor em 14-02-2010 21:38

=====================================================

AS VÍTIMAS DO CAIPORA

Ivan de Carvalho

Estava próxima a eclosão do movimento político-militar que depôs o presidente João Goulart quando Carlos Lacerda, governador do Estado da Guanabara e candidato da UDN à sucessão de Jango, a quem fazia cerrada oposição, veio a Salvador para uma reunião de governadores promovida pelo seu colega baiano Lomanto Júnior. As eleições seriam em 1965, mas ele já estava em plena campanha antecipada, pois na época não existiam para isso as limitações temporais da atual legislação eleitoral.

Para a “esquerda”, Lacerda era o “monstro da lagoa”, o líder “devastadoramente capaz”, como o qualificara a CIA em um dos seus relatórios para o governo americano, classificação que só recentemente chegou ao conhecimento público. A “esquerda” estudantil, principalmente a universitária, eriçou-se toda com a presença dele em Salvador e resolveu caçá-lo para vaiá-lo. Buscou-o no hotel, no palácio, em todos os lugares em que os cérebros de seus líderes puderam imaginar que ele estaria. Nada.

À noite, Lacerda estava dando uma entrevista – com formato de quase monólogo – na TV Itapoan, a única então existente na Bahia. E aproveitou para ironizar os que o perseguiam pela cidade e contra-atacar, como diria a CIA, devastadoramente. Era recente o assassinato do presidente americano John Kennedy, que comovera o mundo. “Filhos do fanatismo, filhos de Lee Oswald, filhos do assassino do presidente Kennedy”, repetiu ele bem mais que uma dezena de vezes ao longo da entrevista-pronunciamento. E então completou o esculacho: “Procuraram-me em todos os lugares, só não foram onde eu estava – no Mercado Modelo”.

Há poucas semanas, um grupo de destacados militantes petistas foi flagrado pelo jornalista Levy Vasconcelos (Tempo Presente) planejando uma vaia para o cantor e compositor Caetano Veloso, nos “circuitos nobres” do carnaval. Dentro de um certo contexto em que dizia que votará em Marina Silva porque “não é analfabeta”, Caetano (des)qualificara o presidente Lula: ele “é cafona falando, grosseiro” e, implicitamente, analfabeto. Lula replicou: “Nada mais burro do que isso”. É verdade que, ante a notícia sobre o planejamento das vaias, o presidente estadual do PT, Jonas Paulo, enviou correspondência ao jornalista, afirmando que o PT não procederia da forma noticiada. Mas é também verdade que depois disso a história da vaia persistiu e chegou a ser estimulada publicamente, ainda que não pela direção do PT.

Bem, Caetano – de quem se chegou a falar que, ao contrário do que faz todos os anos, não viria a este carnaval para evitar eventuais vaias petistas – assistiu na madrugada de sábado, como assinalou o Bahia em Pauta, o desfile da banda Psirico, recebeu homenagem de Moraes Moreira, outro ícone do carnaval baiano, e muitos aplausos. Vaia, nem umazinha por honra da militância petista. Mas como, se ele não pediu desculpas e nem pediu perdão?…

Perguntar não ofende: a “militância petista” sacou que a vaia seria contraproducente ou repetiu-se o que aconteceu com Carlos Lacerda, ao caçarem o artista em todos os lugares, exceto no lugar mais lógico para encontrá-lo – o camarote de Gil? Será que a “militância” petista foi também, como a “esquerda” dos anos 60, vítima do caipora?

(Ivan de Carvalho é jornalista.Texto especial para Bahia em Pauta)

fev
14

Ivete e Lobo Mau: “vai ser sucesso”/IG

==============================================
Tatau e Lobo Mau: “Todas, menos essa!”/IG

===============================================

Cantada por Ivete Sangalo. a música “Lobo Mau”, inspirada na famosa fábula de Chapeuzinho Vermelho, tem causado polêmica neste carnaval em Salvador. Com letra de duplo sentido, a canção do grupo baiano O Báck foi recusada no repertório do cantor Tatau, ex-vocalista do Araketu, em sua apresentação à frente do bloco Alô Inter, na madrugada de sexta-feira, no circuito Barra-Ondina.Também Carla Perez, apesar dos apelos, recusou-se a cantar “Lobo Mau”, ao desfilar com um bloco infantil na capital baiana.

Neste domingo já corre entre a multidão pelas ruas da cidade e nas redações de jornais radios e TVs locais, a principal polêmica até aqui do Carnava 2010 de Salvador:Afinal, “Lobo Mau” é apenas um inocente, embora picante, sucesso carnavalesco,como defende Ivete, ou um “hino à pedofilia”, como alguns foliões do bloco dos “politicamente corretos” consideram?

“Estou em uma campanha do Ministério Público contra a pedofilia. Me perdoem, mas não vou cantar essa música pois ela estimula a pedofilia. Essa música é uma vergonha. Sei que foi minha amiga Ivete Sangalo que começou a divulgar isso, ficou engraçada na voz dela, mas eu não vou cantar. Canto todas, menos essa”, disse Tatau, ex-Arahetu e um dos artista solos de maior sucesso na folia baiana..

A música, que repete por várias vezes o refrão “vou te comer, vou te comer”, é sucesso em Salvador desde o Réveillon, quando Ivete Sangalo começou a cantar o hit em seus shows. “A música é massa. No carnaval, Lobo Mau vai bombar. Os caras [do grupo O Báck] estão fazendo show, estão com a agenda lotada. Eles são ótimos”, afirmou Ivete durante entrevista coletiva pré-carnaval.

O grupo O Báck integra o rol de bandas do chamado pagode baiano e é formado pelo vocalista Keno, Piskuila, Bombado, Edney Britto, Neko, Diego, Mau Mau, Açucarado, Luã, Bysc, Parma, Felipe, Nem e Xocó, além de uma dançarina que interpreta Chapeuzinho nos shows.

=====================================================

=================================================

=================================================


Confira a interpretação de Ivete, a letra, e avalie::

Lobo Mau
O Báck

Eu sou o lobo mau, hau, hau
Eu sou o lobo mau, hau, hau
Eu sou o lobo mau, hau, hau
Eu sou o lobo mau, hau, hau
E o que você vai fazer, haaaaaaa

vou te comer, vou te comer, vou te comer,
vou te comer, vou te comer, vou te comer,
vou te comer, vou te comer, vou te comer,
vou te comer, vou te comer, vou te comer.

Chapeuzinho pra onde você vai, diz aí menina que eu vou atrás
Chapeuzinho pra onde você vai, diz aí menina que eu vou atrás
Chapeuzinho pra onde você vai, diz aí menina que eu vou atrás
Chapeuzinho pra onde você vai, diz aí menina que eu vou atrás
Pra que você quer saber?

Eu sou o lobo mau, hau, hau
Eu sou o lobo mau, hau, hau
Eu sou o lobo mau, hau, hau
Eu sou o lobo mau
E o que você vai fazer?
Vou te comer, vou te comer, vou te comer,
vou te comer, vou te comer, vou te comer,
vou te comer, vou te comer, vou te comer,
vou te comer, vou te comer, vou te comer,

Merenda boa, bem gostosinha
quem preparou foi a vovozinha.
Êta danada, êta!
Merenda boa, bem gostosinha
quem preparou foi a danadinha
êta danada, êta!

Vou te comer, vou te comer, vou te comer,
vou te comer, vou te comer, vou te comer,
vou te comer, vou te comer, vou te comer,
vou te comer, vou te comer, vou te comer.

(Postada por Vitor Hugo Soares, com informações do Portal IG )

fev
14

Postado em 14-02-2010 19:04

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 14-02-2010 19:04

Caetano (com o filho Tom):  aplaudido

===================================================
Deu no portal da UOL

Luis Francisco

Na Bahia mais uma vez para acompanhar de perto o carnaval de Salvador, Caetano Veloso foi visto ao lado do filho Tom, 13 anos, em um camarote do circuito Barra-Ondina, na madrugada deste sábado (13).

Caetano Veloso acompanha o show no camarote ao lado do filho mais novo, Tom. O cantor assistiu ao show da banda Psirico, um dos fenômenos regionais baianos que está na briga para ser a estrela do carnaval 2010. Vestido de branco, o grupo animou o público que lotava a avenida Oceânica.

Em sua primeira aparição pública no Carnaval de Salvador este ano, o cantor e compositor Caetano Veloso ficou no camarote do amigo Gilberto Gil para acompanhar o desfile do Psirico. Ao lado de familiares (filhos e irmãos), Caetano Veloso apareceu na varanda do camarote e foi muito aplaudido pelos foliões.

Os cantores Márcio Victor (Psirico) e Moraes Moreira, que saiu em um trio independente (não cobra pelo abadá dos foliões), lembraram a importância de Caetano para a música brasileira e para o Carnaval da Bahia.

(Com informações dos portais web IG e UOL)

fev
14

Postado em 14-02-2010 14:15

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 14-02-2010 14:15

O portal português TSF Rádio Notícias , divulga neste domingo,14, que autoridades de defesa da concorrência do Brasil suspeitam do envolvimento da administração da Cimpor em manobras de concertação para impedir a entrada de concorrentes no mercado de cimento do país.

A responsável pela Secretaria de Direito Económico do Ministério da Justiça brasileiro, Mariana Tavares de Araujo, segundo TSF, adianou à agencia de notícias Lusa:«desconfiamos que pode haver uma investida conjunta por parte do Conselho de Administração da Cimpor e cimenteiras no Brasil – pelo menos Camargo Corrêa e Votorantim – para evitar a entrada de um agente não alinhado ao suposto cartel».

A alegada estratégia de acordo visa impedir a entrada do grupo brasileiro Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) no mercado de cimentos do Brasil, disse Mariana Tavares de Araujo à Lusa.

«É uma estratégia que já se mostrou verdadeira nesse mercado em outros momentos», acrescentou a Secretária de Direito Económico, órgão que na passada semana anunciou a abertura de uma investigação aos grupos Camargo Corrêa e Votorantim por suspeitas de cartelização na operação de aquisição da Cimpor.

A notícia em TSF embra que a Votorantim anunciou no início de fevereiro a compra dos 17,3 por cento da cimenteira francesa Lafarge no capital da Cimpor, em troca de activos no Brasil. Na quarta feira, a Camargo Corrêa anunciou a entrada na Cimpor, através da compra dos 22,17 por cento que a construtora Teixeira Duarte tinha no grupo português, tendo depois anunciado a compra de mais 6,46 por cento, pertencente ado grupo espanhol Bipadosa.

Em concorrência à Camargo e Votorantim, a CSN lançou uma Oferta Pública de Aquisição sobre a Cimpor, que decorre até 17 de Fevereiro e que arrancou com uma proposta de 5,75 euros por ação, já rejeitada pela administração da cimenteira portuguesa.A CSN aumentou, na sexta-feira, a oferta inicial para 6,18 euros por título, proposta a que a administração da Cimpor deverá dar resposta esta segunda-feira.

No Brasil, a Votorantim controla cerca de 40 por cento do mercado brasileiro, enquanto a Cimpor e a Camargo Corrêa detém uma cota de nove por cento cada uma.

fev
14

===================================================

Apresentação histórica de Daniela Mercury no Festival de Verão 2008, comemorando os 15 anos do Canto da Cidade. Ontem à noite, no circuito Barra-Ondina, toda emoção e todo encanto se repetiram na apresentação da rainha do axé acompanhada da orquestra erudita Neogibá.
EVOÉ!!!

(VHS)

fev
14

Postado em 14-02-2010 12:22

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 14-02-2010 12:22

Daniela Mercury:”o canto desta cidade é meu”

=================================================

Os foliões no carnaval 2010 de Salvador, entre eles o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), líder das mais recentes pesquisas eleitorais para a sucessão de Lula na presidência da República, viram e participaram na noite deste sábado (13) do que de mais bonito, emocionante e inovador o carnaval de Salvador apresentou até este domingo: o desfile da cantora Daniela Mercury em cima de um trio eletrico com a orquestra erudita Neojibá, no circuito Barra-Ondina..

“Deslumbrante”, “alegre”, “inovador” . Foram estas as expressões mais utilizadas, inclusive pelo candidato tucano, que completou: “Já havia participado outras vezes do canarval de Salvador, mas fazia alguns anos que não vinha aqui. Vejo agora que ficou ainda melhor e mais bonito”, disse um sorridente Serra no camarote da “rainha do Axé”. Apesar do discurso de candidato, com a ressalva de que ainda não está “focado” em campanha, ele não falou mais que a pura verdade em relação à noite de ontem no mais elegante circuito do carnaval soteropolitano

A surpresa que empolgou igualmente a quem simplesmente assitia e aos foliões que brincavam no asfalto da avenida, aconteceu logo aos primeiros acordes da apresentação de Daniela, acompanhada de quase 40 músicos em cima do trio. “Só o meu trio cabe tanta gente em cima”, disse orgulhosa a cantora fantasiada de bailarina de caixa de música.

O desfile na avenida Oceânica, começou com uma belissima versão instrumental d do clássico chorinho Tico-Tico no Fubá, arranjado em mescla perfeita de instrumentos de cordas e metais com cuícas e pandeiros. A apresentação foi inspirada em elementos da natureza, Terra, Água e Ar. A cantora subiu no trio trajando um figurino desenhado pelo estilista Valdemar Iódice, pai de Alexandre Iódice e sogro de Adriane Galisteu.

CANTO DA CIDADE
Em seguida Daniela soltou a voz em Eu sou o Sol e foliões vibrara.. Mexeu ainda mais fortemente logo a seguir:. “Vocês já arrumaram um prisioneiro? Então arruma agora. Agarra quem está do lado” e cantou “Andarilho Encantado”.Delírio!

Antes da próxima música, a orquestra Neojibá – conduzida pelos maestros Ricardo Castro e Yuri Azevedo – executou parte de Assim falou Zaratustra, do compositor alemão Richard Strauss, tema conhecido por fazer parte da trilha sonora do filme 2001, Uma Odisseia no Espaço. A melodia emendou em batuque, e os músicos passaram a tocar axé.

Na execução das músicas instrumentais, Daniela Mercury dançava acompanhada de bailarinas, promovendo alguns malabarismos com o microfone. A cantora cantou o sucesso Nossa Gente (Avisa Lá)., em homenagem ao Olodum e tributo ao seu amigo pessoal Neguinho do Samba, compositor e arranjador do famoso bloco baiano, recentemente falecido em Salvador.

Mas a emoção explodiu mesmo na frente do camarote da estrela, quando Daniela Mercury cantou com orquestra erudita “A Banda”, de Chico Buarque de Holanda, e, em seguida, a música que a levou ao sucesso na Bahia, no País e no mundo: “O dono dessa cidade sou eu/ O canto dessa cidade é meu”.

Valeu, Daniela! E pode apostar que o grande momento deste carnaval tambéu é seu. Disparado!!!

(Vitor Hugo Soares, editor do Bahia em Pauta, com informações do portal Terra)

fev
14

Postado em 14-02-2010 10:40

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 14-02-2010 10:40

Ciro de camarote em Recife (com Dilma)

=================================================

DEU NA REVISTA

Na coluna Holofote, assinada por Felipe Paturi:

O cerco a Ciro

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sitiou o socialista Ciro Gomes para forçá-lo a desistir da disputa pelo Planalto. O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, deu início ao ataque, tentando isolar Ciro de seus velhos aliados. Padilha cobrou do presidente do PCdoB, Renato Rabelo, uma declaração de apoio à candidata petista, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Lula também orientou o PT paulista a fazer um apelo para que Ciro troque sua candidatura a presidente pela de governador de São Paulo. Uma dezena de partidos foi arregimentada para entrar em ação, entre eles o próprio PSB de Ciro. O cearense adiou a reunião para depois do Carnaval.
———————————————————————-

Na coluna RADAR, de Lauro Jardim:

A campanha de Dilma Rousseff espera que em abril as pesquisas mostrem um empate dela com José Serra. Esse seria, segundo alguns integrantes da cúpula, o mote para um movimento calculado que será feito por Lula: com o bom desempenho de Dilma debaixo do braço, o presidente vai redefinir as condições da aliança com o PDMB. Lula dirá que o partido é fundamental para a vitória de Dilma, fará juras de amor eterno, mas imporá algumas condições nas alianças estaduais – em benefício dos petistas, claro.

fev
13

Postado em 13-02-2010 23:43

Arquivado em ( Multimídia) por vitor em 13-02-2010 23:43


==================================================
Salve o Ilê, mas como diz a canção de Daniela:”por favor não me engane, menino!.Não me venha com papo furado, porque não dá pé!”

(VHS)

fev
13

Postado em 13-02-2010 23:20

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 13-02-2010 23:20

Depois de Naomi, Ilê recebe Dilma
 
===================================================

Nem foliões mais calejados, com dezenas de carnavais nos currículos, conseguem demonstrar o fôlego dos estreantes na folia, José Serra (PSDB), governador de São Paulo, e Dilma Rousseff (PT), ministra-chefe da Casa Civil, os dois nomes mais votados nas pesquisas de preferiodos para a sucessão de Lula.

Depois de enfrentar um sol de rachar durante o dia, onde assistiram o desfile do lendário bloco “Galo da Madrugada”, entre um afago e outro de eleitores potenciais e de políticos aliados, os dois já estão em Salvador, onde o carnaval não dorme, nem político em campanha.

Fagueiros – e sem (por enquanto) a presença do socialista Ciro Gomes, que também passou o dia no frevo da capital pernambucana e reafirmou que não retira sua candidatura ao Palácio do Planalto, os dois estão agora em pontos opostos da capital baiana. Dilma no bairro popular do Curuzu, onde, nas proximidades do terreiro de candomblé de Mãe Hilda, recentemente falecida, assiste ao lado do governador Jaques Wagner, a saída do bloco Ilê Ayê, um dos mais belos e emocionantes eventos do Carnaval da Bahia.

Enquanto isso, no circuíto Barra-Ondina (com cheiro de perfume francês, como dizem os soteropolitanos), o governador José Serra, acompanhado por toda a cúpula de seu partido e do DEM, no camarote da cantora Daniela Mercury (o que recebe maior numero de celebridades por metro quadrado)  vai acompanhar o desfile dos trios elétricos e das principais estrelas do carnaval baiano.

Ciro Gomes(PSB) e Marina Silva (Verde) não sabem o que estão perdendo!

(Vitor Hugo Soares)

fev
13

Postado em 13-02-2010 17:35

Arquivado em ( Multimídia, Newsletter) por vitor em 13-02-2010 17:35


=================================================

Reporter pergunta:” Se fosse um teste de popularidade, que nota a senhora daria?”

A ministra Dilma, em campanha no Recife, responde:

-Ha,Ha,Ha.Viva o carnaval !

O qiue será que a candidata preferida do prsidente Lula dirá hoje e no domingo, na folia baiana de Salvador ?

(Vitor Hugo Soares)

  • Arquivos

  • dezembro 2018
    S T Q Q S S D
    « nov    
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31