nov
21

Postado em 21-11-2009 11:19

Arquivado em ( Multimídia) por vitor em 21-11-2009 11:19


================================================
Este vídeo com a música e a interpretação primorosa de Zeca é uma sugestão que vem de longe, lá da costa oeste dos Estados Unidos, em Belmont, na áres da baia de San Francico (California), onde mora há décadas Regina Soares, atenta colaboradora da Radio BP (como diz Gilson Nogueira). A letra toca de perto a muita gente , de lá e de cá,
e cada um deve tirar dela a lição que desejar. Confira.

(Vitor Hugo Soares)

(Vitor Hugo Soares)

nov
21

Postado em 21-11-2009 10:28

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 21-11-2009 10:28

Pita
==================================================
No final da noite de ontem, 20, morreu no Hospital Sírio Libanês, aos 63 anos, o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta. O ex-prefeito lutava desde janeiro deste ano contra um câncer. O velório de Pita, figora cercada de acusações e escãndalos administrativos, econômicos, políticos e conjugais, está sendo realizado no prédio da Assembleia Legislativa de São Paulo.O sepultamento está marcado para asd 17h.

Segundo os médicos que cuidavam dele, o estado de saúde de Pitta se agravou muito nos últimos dias e o quadro se tornou irreversível. No dia 24 de janeiro, o ex-prefeito passou por uma cirurgia no mesmo hospital para retirada de um tumor no intestino. A atual esposa de Pitta, Rony Golabeck, passou a madrugada no hospital ao lado do marido.

Celso Pitta foi prefeito de São Paulo de janeiro de 1997 e dezembro de 2000. O mandato foi marcado por suspeitas de corrupção, com denúncias surgindo em março de 2000, principalmente por parte de sua ex-esposa Nicéia Camargo. As denúncias envolviam vereadores, subsecretários e secretários – entre as denúncias, está o escândalo dos precatórios.Na Operação Satiagraha, da Polícia Federal, que prendeu o banqueiro Daniel Dantas, Pita também foi detido e algemado em casa ainda de pijamas.

(Postado por Vitor Hugo Soares)

nov
21

Postado em 21-11-2009 00:21

Arquivado em ( Artigos, Vitor) por vitor em 21-11-2009 00:21

Mario conversa com…
Mario
===========================================
…Lygia (e seu gato): que domingo!
Lygia

<================================================

ARTIGO DA SEMANA

FUTUCANDO A MEMÓRIA

Vitor Hugo Soares

Ligo o rádio na manhã de domingo, dia que sempre pediu cachimbo. Ultimamente esta idéia tornou-se subversiva e perigosa para além dos riscos à saúde. São dias de implacável perseguição administrativa, econômica e policial aos fumantes. Não há trégua nem territórios inteiramente livres para uma tragada sem protestos e discursos “politicamente corretos”, embora os cariocas sigam resistindo aos radicalismos das proibições – por bravura para uns, ou pura insanidade para outros.

Em São Paulo do governador e ex-ministro da Saúde José Serra, anti-tabagista inflexível da primeira hora, ou em Salvador do evangélico prefeito João Henrique Carneiro, dá no mesmo, ou quase – porque na capital baiana a cultura do larga-isso-pra-lá segue imbatível e sempre é possível um jeitinho. “Até em Paris!”, reclama uma querida amiga baiana, fumante e combatente, assustada com os rigores das proibições em um dos templos mundiais do respeito às liberdades individuais e do livre arbítrio.

“Para mim a França perdeu o encanto, não volto mais lá”, reclama a amiga enquanto levanta irritada da mesa do bar da Pituba, para pitar na rua, sob um sol de mais de 30 graus. Se estivesse no apartamento, com o chato do filho do vizinho de cima reclamando da fumaça, colocaria para tocar a pleno volume o manifesto musical anarquista de Caetano Veloso, “É Proibido Proibir”.

Mesmo sem nunca ter fumado um cigarro na vida – nem no colégio, nem na universidade, nem nas redações de jornais e revista por onde passei – esta nova querela do Brasil mexe comigo. Até a atenção voar para a conversa surpreendente que vem do rádio ligado, de onde não esperava muita coisa no domingo de solitárias meditações caseiras.

Ficaria contente com uma música de Aznavour, ou com uma notícia amena que me afastasse um pouco do surrealismo das falas e debates sobre o apagão; dos longos e previsíveis arrazoados jurídicos e (principalmente) políticos do ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal, sobre o refugiado italiano; da cara manhosa e suspeita de Sarney no Senado; dos labirintos afetivos de FHC; da lengalenga em torno do filme “Lula, o filho do Brasil”.

Bom mesmo seria ouvir algo que lembrasse Londres, Lisboa, Madri, Praga, Olinda. Ou mesmo Maceió da farinha boa de Djavan e das deliciosas crônicas do escritor Carlito Lima, o velho Capita, Duque de Jaraguá . Ele acaba de lançar seu mais novo livro, “As Mariposas Também Amam”, e recebeu esta semana na Assembleia Legislativa de Alagoas a comenda Ledo Ivo, com a presença do próprio poeta e escritor, imortal da Academia Brasileira de Letras, que empresta seu nome à honraria destinada aos homens e mulheres de letras, cultura e valor das Alagoas.

Surpresa! Do aparelho sintonizado na Radio Metrópole FM-Salvador, chegam as vozes do diálogo entre o apresentador Mario Kertész , que conversa por telefone da Bahia com a escritora Lygia Fagundes Teles, em São Paulo, ela também, como Ledo Ivo, imortal da ABL. É uma reprise do programa “Na Linha”, que Mario apresenta. Dá gosto ver o jogo do hábil entrevistador no diálogo inteligente com sua tímida, mas sábia entrevistada.

O radialista sabe que encontrou um veio de diamante, mas tem a plena noção de que precisa garimpar com cuidado e delicadeza para não haver rupturas, desabamentos que podem pôr toda mineração a perder..

“Escrever é futucar a memória”, diz a autora de “As Meninas” para explicar suas reticências ao falar. Principalmente quando a conversa se aproxima de revelações mais dolorosas sobre a vida e os despenhadeiros da alma, que ela como poucos retrata em seus livros. Mário dá um empurrãozinho discreto e respeitoso. O suficiente para Lygia seguir “futucando as lembranças”.

Ela fala da morte prematura do primeiro marido e destacado jurista Gofredo Telles, e mais prematura e dolorosa ainda morte do filho, Gofredo da Silva Telles Neto, o brilhante e promissor documentarista paulista. O jovem com profundas ligações com a Bahia, que amava Salvador com a devoção dos iniciados no axé, nos terreiros de candomblé, da gente que vive no casario do bairro de Santo Antonio, do Além do Carmo e do Pelourinho. Espaços que o filho resgatou “em um dos mais bonitos e comoventes filmes que realizou antes de partir”, recorda a mãe comovida.

A escritora lembra também do segundo marido, o saudoso Paulo Emílio Salles Gomes, professor da USP, estudioso e mestre insuperável das coisas ligadas à história e à cultura do cinema brasileiro. Pioneiro das Jornadas de Cinema da Bahia nos anos 60/70, evento hoje internacional, criado e mantido sempre por Guido Araújo.

Perdas e danos que fizeram a autora de “Ciranda de Pedras” e “Antes do Baile” ficar “sozinha, reclusa, solitária”. Lygia conta que foi salva das profundezas da depressão pelos livros e personagens de sua obra com os quais segue convivendo, “inclusive o gato”, um de seus personagens recorrentes. Salva também, confessa, pela entrada na ABL, onde se sente à vontade na hora do chá e das conversas com os seus iguais.

Ligia confessa no ar, ao final da conversa com Mário, que só fica preocupada quando eventualmente dá um espirro na Academia e sempre aparece alguém cheio de expectativas com a pergunta:

“É pneumonia?”

Se fumasse teria enfrentado a turma politicamente correta e pedido um legítimo charuto cubano para completar o prazer do domingo em casa. O que se pode pedir mais depois de saborear uma entrevista tão densa e tão rica, mesmo em reprise, com Lygia Fagundes Teles?

Vitor Hugo Soares é jornalista. E-mail: vitor_soares1@terra.com.br

nov
20

Postado em 20-11-2009 23:37

Arquivado em ( Multimídia) por vitor em 20-11-2009 23:37


================================================
La Lune de Gorée
Gilberto Gil
Composição: Capinan/Gilberto Gil

La lune qui se lève
Sur l’île de gorée
C’est la même lune qui
Sur tout le monde se lève

Mais la lune de gorée
A une couleur profonde
Qui n’existe pas du tout
Dans d’autres parts du monde
C’est la lune des esclaves
La lune de la douleur

Mais la peau qui se trouve
Sur les corps de gorée
C’est la même peau qui couvre
Tous les hommes du monde

Mais la peau des esclaves
A une douleur profonde
Qui n’existe pas du tout
Chez d’autres hommes du monde
C’est la peau des esclaves
Un drapeau de liberté

nov
20

Postado em 20-11-2009 18:15

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 20-11-2009 18:15

INB em Caitité: acidente não informado
nuclear
=================================================
Oito dias depois de ter sido noticiado outro transbordamento de liquído radioativo na mineraçâo de urânio na Bahia, no municipio de Caitité -denunciada, na mesma data, aos órgâos federais e estaduais de meio ambiente – uma equipe de técnicos do IBAMA fez uma vistoria de dois dias no único complexo de exploraçâo e beneficiamento de urânio em atividade no Brasil, e multou a Indústrias Nucleares do Brasil (INB), em R$1 milhâo (um milhâo de reais).

A punição, segundo o IBAMA, foi por nâo ter a INB comunicado o acidente ao órgâo fiscalizador, como determina a legislaçâo em vigor.

A multa foi lavrada ontem, 20, e segundo o superintendente do IBAMA na Bahia, Célio Costa Pinto, nâo envolveu a falta de informaçâo sobre o desmonoramento ocorrido na cava da mina, sábado passado, porque os técnicos consideraram que foi um evento de pequena monta, nâo gerando consequências significantes. Ainda ontem, a INB foi também notificada pelo IBAMA a apresentar, no prazo de 10 dias, informaçôes sobre o grau de contaminaçâo do transbordamento ocorrido em outubro.

nov
20

Postado em 20-11-2009 16:22

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 20-11-2009 16:22

Inglaterra:cheia diluviana
Diluvio
===============================================
Deu no Diário de Notícias (Portugal)

Choveu em 24 horas o que era previsto em todo o mês de Novembro causando cheias de grande dimensão no norte de Inglaterra. Um agente da polícia morreu após a queda de uma ponte. Centenas de pessoas foram evacuadas durante a noite por barcos e helicópteros.

As autoridades britânicas já assumiram que se tratou de uma precipitação de chuvas sem precedentes, que ocorre uma vez em mil anos. O primeiro-ministro, Gordon Brown, manifestou-se solidário com todos os atingidos.

“Foi a pior tempestade desde que há registos em Inglaterra e as últimas 36 horas foram particularmente difíceis para os habitantes de Cockermouth e outras pessoas na região de Cumbria”, referiu Gordon Brown.

Os serviços meteorológicos adiantaram que a chuva prevista para todo o mês de Novembro caiu em 24 horas. Na cidade de Workington, uma das mais afectadas, relatos dão conta de que cheias com “dimensões bíblicas”, de acordo com a SkyNews.

A linha britânica de defesa civil recebeu mais de 12 mil chamadas de auxílio. “A situação é muito séria”, declarou Hilary Benn, secretária de estado do ambiente, à televisão BBC.

As zonas mais afetadas são Cockermouth, Kendal, Keswick e Workington, onde um agente da polícia desapareceu na sequência da queda de uma ponte devido à subida do nível das águas. Nas buscas foi encontrado o corpo de um homem, com farda policial, suspeitando-se tratar-se do agente Bill Barker, de 44 anos e 25 de serviço.
===============================================
Cockermouth: invadida pela cheia do Denver
Inglaterra
======================================================
“Estava ajudando os motoristas a saírem da ponte, a salvar vidas, quando ocorreu o trágico acidente” , lamentou o agente Jerry Graham.

Os serviços de emergência estão preocupados com dez propriedades isoladas na região. Meios de comunicação locais adiantam que, para escapar à corrente das cheias, alguns habitantes tiveram de partir os telhados para conseguirem ficar mais alto.

Em Cockermouth, mais de 200 pessoas foram resgatadas por equipas de emergência e 50 por helicópteros da força aérea britânica (RAF) e botes. Militares do exército também foram mobilizados para auxiliar as operações de resgate. No centro da cidade, os níveis da água subiram mais de 2,5 metros.

“Em muito pouco tempo as pessoas tinham água pelo joelho e depois pela cintura. E subiu tão rápido que foi assustador”, contou uma testemunha em Cockermouth à rádio BBC.

As previsões meteorológicas apontam para uma melhoria do tempo hoje, sexta-feira, mas amanhã, sábado, há nova previsão de chuva forte. Há quarto alertas máximos de cheia no norte de Inglaterra e seis no sul da Escócia, ou seja, há perigo extremo para vidas e bens.

nov
20

Postado em 20-11-2009 15:39

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 20-11-2009 15:39

Parte um pioneiro
HRichers
==================================================
Morreu no Rio de Janeiro o produtor de cinema Herbert Richers, Vencido nesta sexta-feira, 20, por uma doença nos rins contra a qual lutou por mais de um ano. Richers tinha 87 anos, pioneiro da dublagem no Brasil, marcou sua presença na memória dos brasileiros com a frase “versão brasileira Herbert Richers”, característica das produções da sua empresa de dublagem.

O produtor abriu a companhia nos anos 50 e, no começou, dedicou-se a produção de filmes nacionais, no período áureo das chanchadas que gozavam de muito prestígio pepular. Richers entrou no ramo da dublagem apenas posteriormente e seu estúdio se tornou um dos maiores do Brasil e da América Latina.

Herbert Richards era amigo de Walt Disney e foi através dele que conheceu o sistema de dublagem americano, trazendo-o para o Brasil e substituindo as legendas, praticamente ilegíveis nas telas em função da baixa tecnologia da época.

O corpo do pioneiro Herbert Richers está sendo velado na tarde desta sexta-feira, no Memorial do Carmo. Será cremado no sábado, no cemitério do Caju, no Rio de Janeiro.

nov
20

Postado em 20-11-2009 13:22

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 20-11-2009 13:22

Abbas e Lula: sincretismo em Ondina/Agecom
Luabbas
==================================================
O presidente Lula divide nesta sexta-feira, 20, os espaços da agenda de sua visita a Salvador, dividindo suas atenções entre o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, e a participação dos atos que celebram o Dia da Consciência Negra.

Depois do desembarque na capital baiana , na quinta-feira, Lula participou à noite de um jantar oferecido pelos governador petista , Jaques Wagner (de origem judaica), no Palácio de Ondina, com a presença de Abbas. Durante o encontro, os tres discutiram o processo de paz no Oriente Médio.

Na manhã de hoje, Abbas e Lula realizam uma reunião de trabalho, para a assinatura de acordos de cooperação técnica e para discutir sobre a criação de parcerias em áreas como agricultura e esportes.

Esta tarde, a partir das 17h, na Praça Castro Alves, Lula assinará decretos de regulamentação referentes a trinta comunidades quilombolas espalhadas pelo país, como parte das comemorações do Dia da Consciência. À noite haverá um espetáculo de tributo ao lider negro Zumbi, na área do Pelourinho, com a participação, entre outros, da cantora Margareth Meneses.

Lula e Mahmoud discutem sobre processos de paz no Oriente Médio

nov
20

Postado em 20-11-2009 12:22

Arquivado em ( Multimídia, Newsletter) por vitor em 20-11-2009 12:22

“Mão de Deus” decide outra vez

=================================================
A FIFA, órgão máximo do futebol mundial, confirmou oficialmente, nesta sexta-feira, 20, que não vai anular o jogo entre a França e a República da Irlanda, decidido em lance no qual o atacante Thierry Henri preparou com a mão a jogada que resultou no gol que desclassificou a Irlanda e garantiu a presença da seleção francesa na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

“Como está claramente referido nas regras do futebol, são os árbitros que tomam decisões durante o jogo, e essas decisões são definitivas”, informa o organismo que rege o futebol.

Esta decisão foi tomada em consequência de um pedido da Federação irlandesa para a repetição do jogo. Aparentemente, segundo os analistas esportivos, fica assim encerrada a polémica em torno do toque de mão de Thierry Henry no gol ditou o empate em 1 a 1 entre a França e a República da Irlanda, no decisivo jogo do “play-off” de classificação para o Mundial 2010.

As discussões sobre o assunto, no entanto, tendem a render uma polêmica ética e política que não se resolve com esta decisão da Fifa.O proprio governo da França parece dividido, depois da euforia da clsassificação no jogo contra a Irlanda, em Paris,com a maneira afrontosamente irregular como os “le bleus” chegaram à classificação. A França, que em geral se orgulha de sua atuação moral nos debates sobre ética no mundo, se vê agora metida em uma saia justissima nessa polêmica esportiva.

O debate que toma corpo também na Irlanda e em outras partes do mundo promete render.

A conferir

(Postado por Vitor Hugo Soares)

nov
19

Postado em 19-11-2009 20:32

Arquivado em ( Multimídia) por vitor em 19-11-2009 20:32

  • Arquivos

  • setembro 2018
    S T Q Q S S D
    « ago    
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930