out
02

Postado em 02-10-2009 15:10

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 02-10-2009 15:10

Rio de Janeiro: pura alegria/IG
virio
==================================================

Deu no jornal Publico (de Lisboa)

O Rio de Janeiro vai organizar os Jogos Olímpicos de 2016, decidiram hoje em Copenhaga os membros do Comité Olímpico Internacional. A cidade brasileira foi mais votada do que Madrid na última ronda, depois de Chicago ter sido eliminada na primeira ronda e Tóquio na segunda.

Pela primeira vez, os Jogos Olímpicos vão realizar-se na América do Sul e num país de língua portuguesa.

O Brasil vai assim tornar-se o centro de todas as atenções desportivas nos próximos anos, já que organizará o Mundial de futebol em 2014 e os Jogos Olímpicos dois anos depois, entre 5 e 21 de Agosto.

Madrid, que tal como o Rio tinha sido derrotada na corrida aos Jogos de 2012 por Londres, volta a perder a oportunidade de organizar o maior evento desportivo do mundo.

O projecto do Rio de Janeiro assenta na beleza natural e numa forte renovação da cidade. O orçamento provisório para os Jogos é de 1,93 mil milhões de euros, mas sobe para 9,86 mil milhões de euros se forem contabilizados todos os investimentos, incluindo 3,76 mil milhões de euros em infra-estruturas e transportes.

A vila olímpica vai ficar situada na Barra, tal como os desportos de pavilhão e o centro de imprensa. No pólo do Maracanã, cujo estádio receberá o futebol, ficará também o atletismo, no estádio João Havelange.

Em Deodoro, ficarão sediados os desportos de água, como a canoagem e o remo, o tiro, o BMX e a equitação. No quarto e último pólo, a praia de Copacabana, realizam-se as competições de voleibol de praia e de triatlo.

out
02

Postado em 02-10-2009 10:26

Arquivado em ( Multimídia) por vitor em 02-10-2009 10:26

Sourio

out
02

Postado em 02-10-2009 10:18

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 02-10-2009 10:18

provaenemf

DEU NO COMUNIQUE-SE
============================================
O portal na web do Comunique-se, especializado em notícias de bastidores da imprensa brasileira, postou texto assinado pela reporter Izabela Vasconcelos, de São Paulo, com explicações do diretor do Estadão, Ricardo Gandour, sobre o “furo” que levou o MEC a suspender a prova do Exame do ENEM que seria aplicada sábado e domingo para mais de 4 milhões de estudantes do ensíno médio em todo país. O fato rendeua manchete de jornais diários de norte a sul do Brasil. Bahia em Pauta reproduz o texto para seus leitores:
(Postado por Vitor Hugo Soares)
====================================================
Diretor do Estadão explica furo que fez MEC adiar o Enem

Izabela Vasconcelos, de São Paulo

O diretor de conteúdo do jornal O Estado de S.Paulo, Ricardo Gandour, explica como foi feita a denúncia que adiou a aplicação da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O jornal foi procurado por um homem na tarde de ontem (30/09) que, ao telefone, disse ter as duas provas que seriam aplicadas no sábado e no domingo. Reunindo dados do exame, o Estadão procurou o Ministério da Educação que comprovou o vazamento da prova ao analisar elementos do exame.

Jornal se negou a comprar material
“A reportagem trouxe o assunto para a direção. Sempre fazemos isso nesses casos. Pensamos conjuntamente nos passos que íamos tomar, porque vimos que estávamos diante de um fato grave. Nos documentamos e fomos em busca do ministério”, contou Gandour.

O homem que procurou o jornal pretendia vender as provas para a redação em troca de R$ 500 mil. O Estadão se negou a comprar o exame, mas decidiu ir ao encontro do homem para fazer uma breve consulta no material. “Jamais compraríamos o material, desde o primeiro momento esclarecemos”, diz o diretor.

Duas pessoas compareceram ao encontro com as provas em mãos que disseram ter recebido na segunda-feira (28/09), de um funcionário do Inep, órgão do MEC responsável pelo Enem. Os dois afirmaram que o esquema de fraude tinha cinco pessoas.

A repórter do jornal, Renata Cafardo, que fez a matéria ao lado de Sérgio Pompeu, escreveu em seu blog no Estadão. “Eu pedi para ver a prova e eles a colocaram, sem cerimônias, na mesa do café. Estavam lá os logotipos do governo federal, das empresas contratas para organizar a prova, do Inep. Ao folhear a prova, não acreditava no que via. (…) Tratei de decorar o máximo de questões possíveis”.

Renata disse que a intenção dos homens era apenas o dinheiro. “Queriam dinheiro e deixavam claro isso. Pediram R$ 500 mil e tinham a convicção de que fariam o negócio com algum veículo de imprensa. Deixamos claro que o Estado repudiava esse tipo de comportamento, que aceitaríamos denunciar o vazamento desde que não pagássemos por isso”, escreveu.

A repórter também informou em sua página que pouco antes da ligação do homem que pretendia vender as provas, recebeu um recado de uma outra pessoa interessada em vender o gabarito do exame.

Apuração e provas

Consultando alguns trechos do material, o jornal decidiu procurar o ministro da Educação, Fernando Haddad, e repassar alguns elementos do conteúdo do exame. Com a ajuda de técnicos do Inep, o ministro confirmou o vazamento da prova.

Com o adiamento do exame, a nova prova será aplicada em 45 dias, com um prejuízo que pode chegar a R$ 34 milhões para o ministério. O caso será investigado pela Polícia Federal, que abrirá inquérito por ordem do ministro da Justiça, Tarso Genro.

Furo e censura

O caso repercutiu em toda a imprensa brasileira. Para Gandour, o furo é ainda mais importante nesse momento em que o veículo passa por uma censura, pela qual o jornal é proibido de publicar informações sobre a operação Boi Barrica, que envolve o nome do filho de José Sarney, presidente do Senado.

“Nessa hora o sentido mais importante é ressaltar o valor da imprensa para a sociedade, porque a imprensa não busca o poder, mas a verdade. Num momento em que nós estamos censurados, um episódio como esse resgata a imprensa como um canal e patrimônio da sociedade”, declarou.

out
01

Postado em 01-10-2009 23:29

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 01-10-2009 23:29

Lula e o rei de Espanha no lobby do Mariot
rei

Deu no El Mundo (jornal de Madri)

Assinado pelo repórter Fernando Mas, o jornal espanhol publicou o seguinte texto, de seu enviado especial, que Bahia em Pauta traduziu e oferece para avaliação de seus leitores sobre as manobras olímpicas sob o céu da Dinamarca.

================================================

“O Hotel Marriot, nas margens de um dos principais canais de Copenhague, se converteu nestes tres últimos dias no centro das conspirações olímpicas. A busca e a conquista do voto definitivo é a missão de todas as delegações que buscam converter-se , na tarde desta sexta-feira, 2, na sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

Os reis da Espanha, o presidente Zapatero, o ministro de Exteriores e o resto das autoridades que respaldam a candidatura de Madri se reuniram com mais de meia centena de membros do Comité Olímpico Internacional (COI) dos 106 que têm direito de decidir.

O rei Juan Carlos em uma suite. A rainha Sofia em outra. Zapatero em uma terceira. Todos no sétimo andar do Marriot. O sexto andar está reservado aos negociadores brasileiros, com Lula da Silva à frente. Os delegados que visitavam as suites do sétimo andar eram reclamados em seguida num piso mais abaixo. O tres, onde atua Michelle Obama, desenvolta primeira dama dos Estados Unidos.

No bar do hotel, no hall principal, em todo lugar se abordavam os membros do COI. Aos que se sabe que aderiram a outras candidaturas também. Assim o fez Miguel Ángel Moratinos, ministro de Exteriores da Espanha, com o israelita Gilady, voto seguro para Chicago. Mas, se cai a cidade dos Estados Unidos? Talvez opte por Madri e não se pode depreciar esta opção.

A prefeita de Madri, Esperanza Aguirre, gastou mais de uma hora com o delegado austríaco, um homem apaixonado pela Espanha.
A luta é feroz para seduzir a um membro do COI, para comprar vontades. E se faz isso de cara aberta. Exceto os que recebem, com serviço de apartamento privado, nas suites hablitadas para o mercado de votos.

Em pouco mais de 10 horas, Zapatero recebeu 10 delegados. O mesmo fizeram o rei e a rainha. E, somando, mais de 50. Disse o presidente Zapatero: «Fazer mais é impossível». Mas seguiram na Ópera de Copenhague pela noite. E seguirão até esta sexta à tarde. Até que chegue a hora de votar e as cartas sejam postas sobre a mesa”.

(Tradução: Vitor Hugo Soares)

out
01

Postado em 01-10-2009 22:08

Arquivado em ( Multimídia) por vitor em 01-10-2009 22:08


A sugestão, mais que apropriada, vem do jornalista Gilson Nogueira, acompanhada de um comentário com tudo a ver: “Olimpíadas no Rio, em 2016. Vai ser o ouro!”
(VHS)

out
01

Postado em 01-10-2009 18:50

Arquivado em ( Multimídia, Newsletter) por vitor em 01-10-2009 18:50


===================================================
A cantora argentina Mercedes Sosa, que recebeu três indicações para o Grammy Latino 2009, pelo álbum duplo que lançou recentemente, foi internada em estado que os médicos e familiares da artista consideram “muito delicado” . La Negra, como Mercedes é carinhosamente chamada pelos fãs em seu país, está no Hospital da Trinidad, no bairro de Palermo, em Buenos Aires, e respira com ajuda de aparelhos.

Segundo noticia o portal IG, na web, a cantora, de 74 anos, sofre de “uma disfunção renal progressiva”. Mas pessoas próximas à artista afirmaram que ela foi internada há doze dias por um problema hepático. Há uns três meses, no começo do inverno, Mercedes foi internada “com graves problemas pulmonares”, segundo seus médicos.

A Telan, agencia de notícias da Argentina, informou que nas últimas horas subiu a temperatura da cantora e ela passou a usar um respirador artificial. “A voz da América Latina”, como Mercedes é também conhecida, atravessa um bom momento na carreira, após seu mais recente álbum, Cantora 1, alcançar recorde de vendas e receber três indicações ao Grammy Latino. O prêmio será entregue em 5 de novembro, em Las Vegas.

No disco duplo, Mercedes interpreta canções clássicas do folclore latino-americano, acompanhada por artistas como Shakira, Fito Páez, Gustavo Cerati, Julieta Venegas, Joan Manuel Serrat, Joaquín Sabina, Lila Downs e o grupo Calle 13.

(Postado por Vitor Hugo Soares, com informações do portal IG e edições online de diários argentinos)

out
01

Postado em 01-10-2009 11:00

Arquivado em ( Artigos, Ivan) por vitor em 01-10-2009 11:00

Deu na coluna

Em sua coluna diária na Tribuna da Bahia o jornalista publica na edição desta quinta-feira, 1 de outubro, uma análise política que dá sequência ao tema do artigo de ontem:o aborto e o debate político nacional. Hoje, Ivan focaliza o tema sob a perspectivas dos debates na campanha presidencial de 2010. Confira no Bahia em Pauta, que republica o texto, com autorização do autor. (VHS)
==================================================
OPINIÃO / ABORTO

Embrião no ventre da mãe…
embrião

…e o feto na 16ª semana de gravidez
feto

===============================================
Aborto e sucessão presidencial

Ivan de Carvalho

O presidente da “Frente Parlamentar em Defesa da Vida – contra o aborto”, Luiz Bassuma, que se desligou formalmente esta semana do PT, partido que o suspendeu por um ano devido a sua luta contra a descriminalização do aborto, fez a este repórter, na terça-feira, uma afirmação que merece ser examinada por toda a sociedade e especialmente por todos os eleitores brasileiros.
Esta afirmação do deputado baiano (que já não iria disputar as eleições de 2010, mesmo se não houvesse sido suspenso pelo diretório nacional do PT) já foi incluída no artigo publicado ontem neste espaço, mas merece e precisa ter abordagem mais ampla e profunda. Entendo, aliás, que a mídia não somente baiana, mas toda a mídia brasileira tem com seus leitores, ouvintes, telespectadores e internautas o compromisso de informar clara e intensamente sobre o assunto, pois ele pode ser para muitos um fator de grande relevância na avaliação do voto que cada eleitor vai dar para presidente da República nas eleições do ano que vem.
O que disse, então, o presidente da “Frente Parlamentar em Defesa da Vida – contra o aborto” e que aqui foi divulgado ontem? Disse que entre as razões pelas quais optou em ingressar no PV e pelas quais sua mulher, Rose Santana, que também deixou o PT, optou pelo PV para concorrer a uma cadeira de deputada federal foi que este partido é o único, até agora, a ter como aspirante à presidência da República uma pessoa contrária à liberação do aborto, a senadora Marina Silva, que, como Bassuma e Rose, também abandonou o PT para ser “mantenedora de sonhos”.
Não conheço partido brasileiro relevante (entre os irrelevantes, e são tantos, se há algum, não sei, mas não importa, pela irrelevância política) que seja oficialmente a favor da descriminalização do aborto, a não ser o PT. É o único. E puniu Bassuma porque este é contra. PMDB, PSDB, DEM, PSB, PR, PP, PTB, PDT, pelo menos que eu saiba, não têm posição formal pela liberação do aborto. Mas, e os candidatos a presidente? Aí é que está o nó.
Conforme o presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Vida – contra o aborto”, dos quatro candidatos a presidente mais importantes, José Serra (PSDB), Dilma Roussef (PT), Ciro Gomes (PSB) e Marina Silva (PV), somente esta é contra a liberação do aborto. Luiz Bassuma afirmou saber que, “pessoalmente”, Dilma Rousseff, José Serra e Ciro Gomes são favoráveis à descriminalização.
Bem, isto poderia ser “pessoalmente” apenas se estivéssemos tratando de simples indivíduos, uma florista, um motorista de ônibus, um gari. Mas são três pré-candidatos importantes a presidente da República em plena pré-campanha para conquistar a mente do eleitor. A mídia não deve permitir, sob pena de traição a seu público, que continuem sem dar um piu a respeito do assunto, na mais costurada e colada boca de siri.
Isto é enganar o eleitor. Rousseff, Serra e Ciro Gomes – assim como Marina declara numa boa – devem ser intensamente cobrados a declarar publicamente, sem tergiversações, sua posição “pessoal” sobre o aborto, já que a posição pessoal de um eventual presidente da República, ainda que ele se omita, que nada declare ao público ou fale nos bastidores e ainda se abstenha de toda ação (comportamento extremamente improvável), pode ter influência relevante numa decisão, por exemplo, do Congresso Nacional a respeito. Pelo simples fato de saberem, os que vão decidir, que o presidente é “pessoalmente” a favor da liberação do aborto.
Vou adiante. O candidato a presidente pode, por esperteza, não revelar publicamente sua posição favorável, escondê-la para não se indispor com parcelas do eleitorado, para não ter a candidatura abortadamas após eleito e no poder, sair da sombra para trabalhar pela liberação do aborto, mais ou menos intensamente. Terá, assim, enganado o eleitorado. E a mídia será cúmplice, se não puser esses candidatos contra a parede para que digam a verdade.

out
01

Postado em 01-10-2009 10:12

Arquivado em ( Newsletter) por vitor em 01-10-2009 10:12

Ministro Haddad: insone / Agência Brasil
haddad
===============================================
O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse na manhã desta quinta-feira ao ser entrevistado na Radio Band News pelo jornalista Ricardo Boechat, que deseja a imediata entrada da Polícia Federal na investigação de responsabilidade pelo vazamento da prova do Enem, que seria aplicada no próximo sábado em todo país.Haddad conversou com o ministro da Justiça, Tarso Genro,durante a madrugada de hoje, sobre a sua intenção, ao tempo em que disse suspeitar de que a fraude tenha sido praticada durante o processo de impressão da prova na gráfica.

O vazamento da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), denunciado pelo jornal Estado de S. Paulo, levou o Ministério da Educação a cancelar nesta madrugada a prova, que seria aplicada no fim de semana para 4,1 milhões de candidatos em 1,8 mil cidades do País. A decisão foi tomada pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, após ter sido alertado pela reportagem do Estado sobre a quebra do sigilo do exame.

“Há fortes indícios de que houve vazamento, 99% de chance”, afirmou o presidente do Inep, Reynaldo Fernandes, por volta da 1 hora, por telefone, ao Estadão.

Na tarde de ontem o jornal foi procurado por um homem que disse, ao telefone, ter as duas provas que seriam aplicadas no sábado e no domingo. Propôs entregá-las à reportagem em troca de R$ 500 mil. “Isto aqui é muito sério, derruba o ministério”, afirmou o homem.

O Estado consultou rapidamente o material, para checar sua veracidade, sem se comprometer com a compra. Haddad, que diz nunca ter tido acesso ao conteúdo da prova, confirmou o vazamento ao consultar técnicos do Inep, órgão do ministério responsável pelo Enem. A comprovação da fraude se baseou em elementos repassados ao ministro pela reportagem, via telefone e e-mail. As questões originais estavam guardadas em um cofre, que foi aberto ontem à noite para confirmar a informação.

Matéria divulgada na edição online do jornal paulista revela que o encontro no qual o Estado viu trechos da prova aconteceu ontem à noite, na zona oeste de São Paulo. O homem que telefonou para a redação estava acompanhado de outra pessoa. Eles disseram ter recebido o material na segunda-feira, de um funcionário do Inep. Afirmaram que o esquema de fraude tinha cinco pessoas.

“Ninguém aqui é bandido, ninguém tem ficha na polícia, nós dois temos emprego”, disse o homem. Ele afirmou que recebeu o material “de Brasília, de gente do Inep, do MEC (Ministério da Educação)”. Disse que viu na situação a oportunidade de ganhar dinheiro. “Não tenho motivação política.” Ele afirmou que procurou um advogado para orientá-lo. “Registramos em cartório cópias das provas.”

Segundo o Estadão, Seu companheiro, mais incisivo, cobrou o tempo todo da reportagem uma posição sobre o pagamento dos R$ 500 mil. “Isto aqui é muito grande, eu não quero correr o risco de morrer por nada.” Diante da negativa da reportagem, ele se impacientou. “A gente vende isto aqui até por mais dinheiro”, disse, revelando a intenção de procurar emissoras de TV.

Novo exame

O MEC tem uma outra versão da prova do Enem pronta para substituir a que foi cancelada. A expectativa do ministério é realizar o exame em 45 dias. Como a metodologia do Enem exige que as questões sejam pré-testadas, o Inep tem um banco com cerca de 1,8 mil delas. O exame mudou este ano para funcionar como vestibular unificado nacional: 24 universidades federais tinham abolido seus processos seletivos em favor do novo Enem.

Empresa baiana

Pelas movimentações e declarações de técnicos e autoridades do MEC é praticamente certo que, com a entrada da Polícia Federal no caso (se o pedido do ministro Haddad for atendido, boa parte das investigações recairá sobre uma empresa baiana.Pela primeira vez desde a sua criação, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está sendo organizado em 2009 por um consórcio sob a liderança da Consultoria em Projetos Educacionais e Concursos (Consultec).

Integrado também pelo Instituto Cetros, de São Paulo, e pela FUNRio, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o Consórcio Nacional de Avaliação e Seleção (CONNASEL) foi escolhido através de licitação pública para cuidar de toda a parte operacional de aplicação da prova do Enem.

Todas as etapas da seleção estão sob responsabilidade do consórcio, com exceção das inscrições e da elaboração das questões das provas, ambas realizadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão vinculado ao Ministério da Educação.

O caso promete. A Conferir.

(Postado por Vitor Hugo Soares)

out
01

Postado em 01-10-2009 01:22

Arquivado em ( Artigos, Laura, Multimídia) por Laura em 01-10-2009 01:22

O aguardado álbum “Break up”, da atriz Scarlett Johansson, lançado neste setembro último, já esta com seus vídeos circulando pelo You Tube. A atriz mais uma vez se sai bem na sua faceta de cantora, desta vez com canções originais compostas pelo músico Pete Yorn, cantor e compositor norte-americano.

Peter concebeu o álbum e convidou a atriz para os duetos. O CD foi gravado em 2006, e eles imitam um casal conversando sobre sua relação – Yorn já declarou que a temática é baseada em sentimentos e experiências pessoais.

Scarlett e Yorn somam seus vocais em composições de acento country e folk, caso de “Relator” que o Bahia em Pauta oferece neste primeiro dia de outubro. Com refrão que diz assim: “Você não pensa que a vida é algo para nós conversarmos?”

Penso que sim.

Laura Tonhá

set
30

Postado em 30-09-2009 23:53

Arquivado em ( Artigos, Multimídia, Vitor) por vitor em 30-09-2009 23:53


==================================================
Deborah Kerr
No dia 30 de setembro de 1921, na cidade escocesa de Helensburg, nascia aquela que será lembrada para sembre como uma das atrizes mais elegantes do cinema em todos os tempos: Deborah Jane Kerr-Trimmer , a diva Deborah Kerr, que estaria festejando hoje 88 anos.

Ela começou como bailarina, mas sempre de olho também no teatro, apresentando-se ainda na cidade sua Escocia natal em adaptações de Shakespeare. Mas seu destino, para deleite de milhões de admiradores espalhados no mundo inteiro, seria mesmo o cinema, onde fez sua estréia em 1940, no filme “Nas Sombras da Noite”, dirigido pelo mestre Michael Powell. Depois atuou numa série de produções inglesas e teve ainda a oportunidade de ser dirigida novamente por Michael Powell e Emeric Pressburger em “Narciso Negro” (1947) e “Coronel Blimp” (1943). Em 1947, a atriz faz seu primeiro filme americano, “Mercador de Ilusäes”, ao lado de Clark Gable.

Daí em diante, a bela e notável atriz participou de produções marcantes e em papéis inesquecíveis, a exemplo do musical, “O Rei e Eu”. No cultuado, “Tarde Demais Para Esquecer” (1957), de Leo McCarey, contracenando com outro s¡mbolo de elegância, Cary Grant. Em um dos melhores filmes de terror já realizados, “Os Inocentes” (1961), de Jack Clayton, inédito ainda em v¡deo no Brasil e ainda, “A Noite do Iguana” (1964), de John Huston, outro inédito. Quem não guarda na memória uma lembrança cinematográfica de Kerr?

Como tributo no aniversário da diva sempre lembrada, Bahia em Pauta escolheu uma um vídeo  com diferentes desempenhos de  Deborah durante  sua trajetória na fabulosa sétima arte, em qualquer tempo, com a música tema do filme  Tarde Demais para Esquecer, em primorosa execução com piano e orquestra. Um presente para o quem gosta de cinema e de Deborah Kerr. Confira.

(Postado por Vitor Hugo Soares )

  • Arquivos

  • julho 2018
    S T Q Q S S D
    « jun    
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031