mar
06

Postado em 06-03-2009 22:00

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 06-03-2009 22:00

O site da Navii, do jornalista Arthur Andrade, divulga valor de aferição publicitária por veiculação espontânea em TV, dos principais blocos no carnaval de Salvador. Confira.

“O Cheiro de Amor teve o tempo geral mais valorizado nas emissoras de TV durante o Carnaval de Salvador, com movimento estimado de R$ 4.144.340,69 ( Quatro milhões, cento e quarenta e quatro mil, trezentos e quarenta reais e sessenta e nove centavos). Ivete Sangalo teve o segundo melhor desempenho na veiculação publicitária espontânea com valor estimado de R$ 3.309.600,14 (Três milhões, trezentos e nove mil e seiscentos reais e quatorze centavos).

O Cheiro teve alta cotação por ter sido bem veiculado em tempo mais valorizado na Record News. Caso a emissora ficasse fora do ranking, o Cheiro de Amor passaria para 10ª posição com R$1.278.645,03.

Os dados foram levantados pela Navii – Informação Inteligente, empresa de clipping especializado, gestão de conteúdo web e relatórios de análise de mídias de Salvador.

O relatório de aferição publicitária busca quantificar em valores (de breaks) a exposição do artista nas emissoras de TV durante o Carnaval. O ranking é baseado nas tabelas de veiculação publicitária fornecidas pelas emissoras. O levantamento possibilita a patrocinadores e artistas avaliar o virtual retorno financeiro a partir da veiculação espontânea nessas emissoras. Proporciona, ainda, melhor visão da contrapartida dos investimentos feitos na maior festa de rua do mundo.

Leia informações completa no site da Navii ( www.navii.com.br)

mar
06

Postado em 06-03-2009 21:20

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 06-03-2009 21:20

Por Claudio Leal, de São Paulo

O romancista Milton Hatoum, vencedor dos prêmios Portugal Telecom de Literatura Brasileira e Jabuti, fará neste mês uma visita à Cidade da Bahia que promete marcar sua relação afetiva e literária com a negra Bahia.

No dia 18 de março, Hatoum realiza a aula inaugural do Programa de Pós-Graduação em Letras e Lingüística da Ufba, às 10h, no Labimagem do Instituto de Letras. Aberta ao público, a palestra terá como tema “Literatura e Experiência”.

Em agosto, o jornal Le Monde o escolheu para representar a literatura brasileira numa série com 15 escritores. Descendente de libaneses, Hatoum nasceu em Manaus, em 1952, e escreveu Relato de um certo Oriente, Dois Irmãos e Cinzas do Norte.

“Minha cabeça já está em Salvador”, diz o escritor, que lançará no dia 19 seu primeiro livro de contos, “A cidade ilhada”, na livraria Tom do Saber, às 19h.

A visita a Salvador celebra ainda, silenciosamente, o respeito de Hatoum pela obra de Jorge Amado, a quem conheceu em Paris. Guarda uma saborosa história.

No início da década de 90, em Paris, o escritor amazonense se lamentou a Jorge:

– É difícil viver de literatura e formar leitores no Brasil.

Hatoum lançara, em 1989, “Relato”. Alma generosa, ainda mais numa mesa parisiense regada a vinho, Jorge ensinou o caminho das pedras:

– Ah, é fácil. Basta escrever 30 livros. Lança um livro, cata uns leitores, no segundo mais outros, e vai juntando todos eles. Depois de 30 livros, você vende bem.

Milton fez as contas:

– Então só faltam 29 livros!

Jorge piscou o olho:

– Mas é!

O romancista amazonense não chegou a concretizar o desejo de visitar o autor de “A Morte e a Morte de Quincas Berro d’Água”, na casa do Rio Vermelho. Mas os rápidos encontros revolvem nessas águas de março: “Vou fazer meu primeiro lançamento na terra de Jorge”, celebra Hatoum. Amado segue a ser a medida afetiva da Bahia de quase todos os pecados.

Claudio Leal, jornalista, trabalha na revista eletrônica Terra Magazine

mar
06

Postado em 06-03-2009 19:13

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 06-03-2009 19:13

Não deve ter sido das mais agradáveis as primeiras sensações da ministra-chefe da Casa Civil do governo federal, Dilma Rousseff, ao desembarcar hoje no aeroporto de Salvador, para cumprir uma agenda esticada para todo lado, mas que prioriza atividades relacionadas com o PAC e uma palestra relacionada com as comemorações antecipadas do Dia Internacional da Mulher.

Não tanto pelas disputas de atenção da preferida do presidente Lula, para a sua sucessão em 2010, por aliados locais divididos, mas pelo próprio desconforto causado pelo ar poluído e cheiro carregado de amônia, que se respira hoje em Salvador, desde as primeiras horas da manhã, em razão da quebra dos filtros da fábrica da empresa Bahia Pulp Celulose. Os gazes se espalharam largamente a alcançaram a capital, adensando a nuvem de névoa responsável pela preocupante e desagradável sensação de sufoco em muitas pessoas .

O primeiro a dar o grito de alerta para a situação, no noticiário da Rádio Metrópole, foi o apresentador Mario Kertesz, que mobilizou a sua equipe para descobrir e informar sobre o que efetivamente acontecia. Antes, as primeiras informações, com base na opinião de técnicos em meteorologia, era a de que a névoa não passava de um fenômeno relacionado com “inversão térmica”. Que inversão que nada. Logo a diretora do CRA, Beth Wagner, ligava para a Metrópole e, em conversa com Kertesz, confirmou o acidente durante a madrugada de quinta-feira na fábrica de Camaçari, mas que permanecia em sigilo. Beth falou irritada sobre a despreocupação da empresa com a população. “Se os filtros quebraram, pára a fábrica”, disse, em crítica á empresa que seguiu operando normalmente.

Beth prometeu apuração completa do caso e que os resultados – e as punições devidas -serão comunicados à população. A conferir.

Por Vitor Hugo Soares

mar
06

Postado em 06-03-2009 16:05

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 06-03-2009 16:05

No rastro da crise econômica que atinge os EUA, expande-se a rede de supermercados Price Rite, que comercializa alimentos, material de higiene, limpeza e roupas a preços bastante reduzidos em relação a outras lojas do gênero. Frequentada até então pela classe media baixa, aposentados, afroamericanos e hispânicos, começa a mudar a paisagem. Já e possível identificar entre os habituais consumidores, sofisticadas senhoras fazendo compras. Mais um sinal de que as coisas por aqui estão mudando em velocidade impressionante.

Por: Rosane Santana, jornalista, de Boston (EUA)

mar
06

Postado em 06-03-2009 03:34

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 06-03-2009 03:34

Gentileza, delicadeza e charme, se você procurar, você acha.

Por Laura Tonhá

mar
06

Postado em 06-03-2009 01:50

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 06-03-2009 01:50

Deu no site da Navii, do jornalista Arthur Andrade

Filme de Pola Ribeiro, Jardim das Folhas Sagradas deve ser finalizado este mês. A estréia está prevista para o segundo semestre de 2009.  Jardim das Folhas Sagradas conta a história de Bonfim, negro baiano que tem sua vida virada pelo avesso com a revelação de que precisa abrir um terreiro de candomblé.  Com os espaços disponíveis cada vez mais raros, ele acaba procurando um lugar na periferia empobrecida e degradada. Afastado da tradição e questionando fundamentos como o sacrifício de animais, Bonfim cria um terreiro modernizado e descaracterizado, o que lhe trará graves conseqüências.  Como a vida imita a arte, Jardim das Folhas  que começou a ser rodado em 2006  teve virada pelo avesso parte da relação de trabalho da produção. Em 2006, como preparador do elenco, Marcio Meirelles era  subordinado a Pola. Hoje é  secretário de Cultura, chefe de Pola….

Pra ver como isso termina, vá em  www.navii.com.br/blog

mar
05

Postado em 05-03-2009 22:07

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 05-03-2009 22:07

Na sessão especial realizada ontem na Assembléia Legislativa em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, que é comemorado mundialmente no dia 8 de março, duas mulheres e um representante do sexo masculino receberam a maior atenção e a maioria dos aplausos: do lado feminino, a enfermeira Fátima Mendonça, primeira dama do Estado e a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho. Entre os homens, o destaque disparado ficou com o ex-governador e ex-ministro Waldir Pires.

 As nove integrantes da bancada feminina da Casa – entre elas a deputada Marizete Pereira (PMDB), que propôs a sessão – fizeram uma homenagem coletiva à secretária chefe da Casa Civil do governo Jaques Wagner, Eva Maria Dal Chiavo que acaba de passar por sérios problemas de saúde. Mas foi mesmo Fátima Mendonça a maior atração da festa que lotou a Assembléia nesta quinta-feira.

mar
05

Postado em 05-03-2009 21:30

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 05-03-2009 21:30

Rosane Santana

Manchete do The Boston Globe, um dos principais jornais americanos, desta quinta-feira: Cities Cutting Police Work (Cidades cortam trabalho da polícia). Profundos cortes no orçamento público, em função da crise econômica nos Estados Unidos, estão obrigando os departamentos de policia de Massachusetts a simplesmente eliminarem unidades de combate a gangs, detetives profissionais, rondas diarias e outros servicos prestados a comunidade.

Massachusetts é um dos principais estados do país, berco da Revolução de 1776, que tornou os EUA independente da Gra Bretanha. É considerado a Atenas do mundo contemporâneo, pois nele existem mais de uma centena de universidades, entre elas, as melhores do mundo. Boston, sua capital, é banker da intelectualidade americana e recebe anualmente milhares de estudantes e pesquisadores de todo o mundo.
Aqui, um dos aspectos que mais chamam a atencão é o policiamento ostensivo nas ruas e a rapidez com que a polícia aparece (em grande número sempre), quando acionada ou não, para resolver assuntos os mais triviais, como brigas de familia, abusos contra idosos, crianças e mulheres, orientacão sobre endereços, recolhimento de pedestres em temperaturas abaixo de zero, ordenamento do trânsito, segurança de escolas etc., sem falar no serviço mais pesado de combate a criminalidade.

Isso, naturalmente, dá tranquilidade ao cidadão comum, e faz do espaço público um ambiente quase tranquilo, salvo um incidente ou outro. Clima bem diferente, por exemplo, das ruas de qualquer grande cidade brasileira, onde ja não se caminha com tranquilidade nem mesmo um quarteirão. As noticias de corte nos serviços de policiamento são preocupantes, pois devem refletir em um aumento de violencia, risco que a própria crise, pelas dificuldades financeiras que impõe aos cidadãos, traz embutido, independentemente da Seguranca Publica.

Rosane Santana é jornalista e mora em Boston (EUA)

mar
05

Postado em 05-03-2009 20:28

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 05-03-2009 20:28

r

 

Do ponto de vista meteorológico a temperatura anda elevada na Bahia há vários dias. Mas, na política e no governo de Jaques Wagner, o tempo começou a esquentar mesmo nesta quinta-feira, véspera da chegada da ministra-chefe da Casa Civil para uma visita a Salvador, depois de largos meses de afastamento, desde a campanha municipal. Então ela teria prometido ao ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, que não passaria nem pelo espaço aéreo de Salvador, para não atrapalhar o esforço de seu colega no ministério de Lula, para reeleger João Henrique Carneiro para prefeito.

 

Dois fatos ajudaram nas últimas horas a botar fogo de vez no paiol baiano. O primeiro foi a prisão de três coronéis da Polícia Militar, entre eles o ex-comandante geral Jorge Ribeiro de Santana. Os oficiais de alto coturno da PM foram detido sob a acusação de  atividades irregulares na licitação para a compra de 210 novas viaturas para a corporação. A prisão foi feita quando os militares deveriam ter um encontro com empresários de fora do estado.

 

Além disso, o que não é pouco, o governador Jaques Wagner, sob pressão do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, com a rápida expansão da dengue no Estado, decretou situação de epidemia em sete municípios, e de alerta em dezenas de outros, incluindo a capital. O tiroteio de todo lado anda intenso nas ruas e gabinetes, e tem muita gente precisando se cuidar para não ser atingido por alguma “bala perdida”.

 

Por: Vitor Hugo Soares

mar
05

Postado em 05-03-2009 19:24

Arquivado em ( Artigos) por bahiaempauta em 05-03-2009 19:24

 

Enquanto anuncia a demissão em massa de quatro mil e duzentos trabalhadores (4 mil e 200) de sua fábrica de aviões em São José dos Campos (SP) – e joga a culpa na crise econômica mundial – a Embraer está sendo embalada por fados bem mais promissores na cidade de Évora, no sul de Portugal. O governo português, através do ministro da Economia, Manuel Pinho, confirmou esta semana que o investimento da empresa brasileira em terras lusitanas está “absolutamente seguro”.

 

Nada mal, pois esses investimentos estão avaliados em 170 milhões de euros, o equivalente a R$ 426,1 milhões, e projeta a criação de 570 postos de trabalhos. “Ainda esta semana o presidente da Embraer esteve em Portugal e confirmou a arrancada do projeto em Évora, onde serão instaladas duas fábricas”. Hoje pela manhã, o correspondente da Radio Band News na Europa, Milton Blyn, em conversa por telefone com o jornalista Ricardo Boechat, deu mais detalhes sobre o otimismo em Portugal com o anuncio da Embraer de que o projeto está garantido.

 

O projeto da Embraer para Évora é o ponto de partida para a criação de um “cluster” aeronáutico na cidade. No jargão industrial, “cluster” é um aglomerado de empresas que atuam no mesmo setor. Em geral, são altamente competitivas e fabricam produtos com tecnologia agregada. Para o ministro da Economia de Portugal, o projeto não é contraditório com as demissões e redução na fabricação de aviões em outros países, como o Brasil, “porque a produção em Portugal vai ser muito específica”. 

 

Por Vitor Hugo Soares

  • Arquivos

  • Janeiro 2018
    S T Q Q S S D
    « dez    
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031