Eu aconselho vocês a lerem as peças [do processo] para me defenderem, como o [jornalista e colunista da Folha] Reinaldo Azevedo está fazendo. Ele todo dia fala “Eu li. Eu li o processo”. Eu não peço para dizerem que eu sou inocente, não. Peço que vocês leiam. E se acharem uma vírgula de culpa, por favor, me telefonem. É só isso”.

Luis Inácio Lula da Silva, ex-presidente da República, fundador do PT, condenado a 9 anos e seis meses de prisão em processo da Lava Jato, e postulante a candidato a presidente da República nas eleições de 2018. Dando conselhos aos jornalistas.

dez
02

Postado em 02-12-2020 00:25

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 02-12-2020 00:25


 

 Zé Dassilva , NO

 

dez
02

DO CORREIO BRAZILIENSE

Prefeito da cidade pediu para que a população não saísse de casa

Ronayre Nunes
 

 (crédito: Redes sociais)

(crédito: Redes sociais)

A cidade de Criciúma, no Norte de Santa Catarina, passou por uma madrugada de violência, nesta terça-feira (1º/12). Criminosos fortemente armados trocaram tiros com a força policial da cidade, arrombaram agências bancárias e caixas eletrônicos. Os bandidos também provocaram incêndios e fizeram reféns nas ruas do centro do município.

“Criciúma é alvo de um assalto de grandes proporções. Junto às autoridades militares e forças de segurança, seguimos monitorando e acompanhando o desenrolar dos fatos. Fiquem em casa. Muito cuidado!”, escreveu o prefeito.

Ao portal G1, a Polícia Militar do estado informou que o grupo incendiou acessos à cidade, além de atacar um batalhão da polícia. Pelas redes sociais vários vídeos do momento da ação mostram a violência dos criminosos. Reféns são vistos sentados no meio da rua e notas de dinheiro foram espalhadas nas ruas. Até a publicação desta matéria não havia informações oficiais sobre possíveis vítimas ou feridos, assim como a prisão de suspeitos.

dez
01

Postado em 01-12-2020 02:21

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 01-12-2020 02:21

A diversidade, a experiência e o foco no emprego caracterizam os escolhidos pelo presidente eleito dos EUA para pilotar a crise

Neera Tanden, escolhida para dirigir o Escritório de Administração e Orçamento dos EUA, em foto de 2016, na Filadélfia.
Neera Tanden, escolhida para dirigir o Escritório de Administração e Orçamento dos EUA, em foto de 2016, na Filadélfia.SAUL LOEB / AFP
Washington 

As contas do Governo Biden, assim como sua voz, serão femininas. O presidente eleito dos Estados Unidos completou nesta segunda-feira suas equipes econômica e de comunicação, e ambas terão presença majoritária de mulheres nos altos cargos. As nomeações incluem várias mulheres de diversas origens, em linha com a promessa do próximo presidente democrata de formar um Governo que reflita a sociedade norte-americana.

Na equipe à qual Biden vai entregar a tarefa da recuperação de uma economia abalada pela pandemia, além da prestigiada economista e ex-presidente do Federal Reserve Janet Yellen para secretária do Tesouro, cuja nomeação foi anunciada na semana passada, estará também Neera Tanden, filha de imigrantes indianos e presidente do progressista Center for American Progress. Ela será a primeira mulher não branca a chefiar o influente Escritório de Administração e Orçamento, órgão encarregado de auxiliar o presidente a atingir seus objetivos políticos, orçamentários, regulatórios e de gestão. Cecilia Rouse, reitora da Escola de Políticas Públicas de Princeton, será a primeira mulher afro-americana à frente do Conselho de Consultores Econômicos. Os outros dois membros do conselho, que desempenha papel fundamental no assessoramento do presidente em questões econômicas, serão os economistas Heather Boushey e  

Tanto Rouse como Tandem têm ampla experiência pública, tendo servido nas duas últimas Administrações democratas (Bill Clinton e Barack Obama). Este também é o caso de Brian Deese, eleito para chefiar o Conselho Econômico Nacional, e Wally Adeyemo, indicado por Biden para ser o adjunto de Yellen no Departamento do Tesouro (ele será o primeiro afro-americano no cargo). Deese foi assessor de Obama e Adeyemo também fez parte dessa Administração e, depois, chefiou a organização sem fins lucrativos do ex-presidente.

Outra característica compartilhada por vários dos nomeados para a equipe econômica, como Yellen, Rouse, Bourshey e Bernstein, é a especialização em políticas de emprego. Além da diversidade e da experiência, com essas escolhas o presidente eleito manda uma terceira mensagem: a política econômica de seu Governo terá como foco o emprego como motor do crescimento econômico.

Os anúncios nesse campo se somam aos deste domingo para a equipe de comunicação da Casa Branca, cujos sete principais postos serão ocupados por mulheres. Jennifer Psaki, uma veterana da Administração Obama, terá o papel mais visível como secretária de imprensa. Kate Bedingfield, assessora de longa data de Biden e também durante a campanha, é a escolhida para ser diretora de comunicações. Será a primeira vez que a cúpula da equipe encarregada de falar em nome do presidente e de dar forma a sua mensagem será formada inteiramente por mulheres.

“Dezembros”, Raimundo Fagner e Zeca Baleiro: inspirada composição da de dois notáveis músicos e letristas, e um dueto sob medida para receber no BP o mês da despedida do ano duro de roer. 

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

 

(

dez
01

Postado em 01-12-2020 01:48

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 01-12-2020 01:48

DO SITE O ANTAGONISTA
Reprodução/TV Câmara
Questionado ontem, 30,  em entrevista ao UOL, sobre os presidenciáveis de 2022, Rodrigo Maia falou nos nomes de Luciano Huck, João Doria e Ciro Gomes. Sobre Sergio Moro, ironizou:

“Agora o Moro é consultor de uma empresa que, pelo que vi no jornal hoje, presta serviço para a Odebrecht. Acho que ele já está encaminhado no setor privado”, afirmou.

Maia, como se sabe, recebia o codinome “Botafogo” nas planilhas da Odebrecht. 

Moro foi anunciado como sócio-diretor da consultoria internacional Alvarez & Marsal, onde atuará com políticas antifraude e medidas contra corrupção em empresas clientes.

dez
01

Postado em 01-12-2020 01:40

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 01-12-2020 01:40


 

Sponholz, no

 

dez
01

Postado em 01-12-2020 01:29

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 01-12-2020 01:29

 DO CORREIO BRAZILIENSE

Devido à queda no nível dos reservatórios, Aneel reativa sistema de bandeiras tarifárias. Dezembro começa com bandeira vermelha 2, com custo de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos

Rosana Hessel
 

 (crédito: Carlos Silva/CB/D.A Press - 26/8/14 )

(crédito: Carlos Silva/CB/D.A Press – 26/8/14 )

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu, em reunião extraordinária realizada nesta segunda-feira (30/11), reativar o sistema de bandeiras tarifárias a partir de dezembro devido à queda no nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas. Ficou estabelecida a bandeira vermelha patamar 2, com o custo de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

O sistema de bandeiras tarifárias funciona como uma sinalização para que o consumidor de energia elétrica conheça, mês a mês, as condições e os custos de geração no País. Quando a produção nas usinas hidrelétricas (energia mais barata) está favorável, aciona-se a bandeira verde, sem acréscimos na tarifa. Em condições ruins, podem ser acionadas as bandeiras amarela, vermelha 1 ou vermelha 2.

“Com o anúncio da bandeira vermelha patamar 2 é importante que os consumidores busquem evitar o desperdício de água e energia”, disse o diretor-geral da Aneel, André Pepitone, em nota divulgada pela agência.

Dados do ONS

O subsistema mais crítico é o Sudeste-Centro-Oeste, composto pelas bacias dos rios Grande, Paraíba do Sul, Paraná Paranaíba Paranapanema, São Francisco, Tietê e Tocantins, com média atual dos reservatórios em 18,11%. Na sequência, o Subsistema Sul, composto por reservatórios nas bacias dos rios Capivari, Iguaçu, Jacui, Paranapanema e Uruguai, com média de 18,63%.

Dicas da Aneel para economizar energia em casa:

Chuveiro elétrico

>> Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos

>> verificar as potências no seu chuveiro e calcular o seu consumo

Ar condicionado

>> Não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado

>> Diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar condicionado

>> Colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto

Geladeira

>> Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções

>> Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira

>>Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos

>>Descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente

Ferro de passar

>> Juntar roupas para passar de uma só vez

>> Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa

Aparelhos em stand-by

>> Retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências

>> Utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; pintar o ambiente com cores claras.

“A gente merece ser feliz”, Ivan Lins: “Meu peito diz, coração da gente é igual País, não deu certo uma mudança a gente muda de esperança”. Pode apostar! Grande Ivan Lins!

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

nov
30

Postado em 30-11-2020 00:26

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 30-11-2020 00:26

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Sebastião Melo (MDB) venceu Manuela D’Ávila (PCdoB) com uma margem considerável de votos neste segundo turno em Porto Alegre.

Como registramos há pouco, na pesquisa de véspera, o Ibope dava 51% dos votos válidos a Manuela e 49% a Melo. Na votação, Melo ficou nove pontos à frente (54,63% x 45,37%) –diferença, além de favorável ao emedebista, bem superior à margem de erro de três pontos.

O presidente estadual do MDB, deputado federal Alceu Moreira, escreveu no Twitter:
 “A quem serve o Ibope no Rio Grande do Sul? Para quem trabalha manipulando dados na véspera eleição após eleição?”

No primeiro turno, aliás, o Ibope da véspera dava Manuela liderando com 40% dos votos válidos — ela acabou com 28,99%, em segundo lugar, com 11 pontos a menos, portanto.

nov
30

Postado em 30-11-2020 00:24

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 30-11-2020 00:24

DO CORREIO BRAZILIENSE

Ex-ministro entra na iniciativa privada pouco mais de seis meses após deixar o governo Bolsonaro

Ronayre Nunes
 

 (crédito: Evaristo Sá/AFP - 19/6/19)

(crédito: Evaristo Sá/AFP – 19/6/19)

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro foi contratado pela empresa norte-americana Alvarez & Marsal (A&M). O ex-juiz atuará como diretor de um grupo de “disputas e investigações” na companhia. A A&M funciona como consultoria de gestão de empresas.

“Ele desenvolveu programas para reduzir crimes violentos e proteger as fronteiras brasileiras”, defendeu a empresa sobre a participação de Moro no Ministério da Justiça e Segurança Pública.

  • Arquivos

  • dezembro 2020
    S T Q Q S S D
    « nov    
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031