DA FOLHA DE S. PAULO

Arlene Ehrlich Greenwald foi alvo de ataques em redes sociais