Bahia Notícias / Notícia / ACM Neto diz não ver crítica de Wagner como antecipação da eleição de 2022 - 21/10/2019
 ARTIGO DA SEMANA

Nordeste 2022 : Jaques Wagner (PT) e ACM Neto (DEM) se batem

Vitor Hugo Soares

Merece atenção – além dos muxoxos de descrédito de alguns observadores e gladiadores da atual cena política baiana e nordestina – os murmúrios de desejos de petistas de raiz e de figuras históricas de esquerda, que começam a sugerir, sem pedir segredos, que o senador Jaques Wagner saia de sua zona de conforto, no Congresso (mandato de oito anos, conquistado em 2018), para mergulhar no olho do furacão, que deverá varrer o estado na disputa pelo Palácio de Ondina, na sucessão do governador Rui Costa, em 2022.

Não deu nem tempo de amenizar o calor da refrega eleitoral, pela prefeitura de Salvador, decidida no primeiro turno com a vitória de Bruno Reis, o vice e braço direito de ACM Neto (DEM), com 64% dos votos válidos. Mais que suficientes para o presidente nacional dos Democratas sentir-se com forças suficientes, a ponto de desafiar o ex-governador da Bahia – um reconhecido campeão de urnas em embates de passado recente – para o centro do ringue na sucessão estadual. 

Wagner e ACM Neto já se batem com vistas a 2022. Enquanto os olhos de analistas e holofotes da imprensa nacional se voltam para disputas com ingredientes e conteúdos para fazer história nas eleições, deste domingo, 29, a exemplo do confronto Marília (PT) x João Campos (PSB), primos e herdeiros da tradição política de Miguel Arraes, pelo comando de Recife, a lendária capital de Pernambuco. E tem ainda um tira teima inesperado e arrepiante entre Covas (PSDB) x Boulos (PSOL) pela crucial prefeitura da capital paulista, a mais rica e cobiçada do Brasil. 

Semana passada, contente e esbanjando autoconfiança, depois de confirmada a balaiada de votos, do candidato eleito do DEM em praticamente todas as urnas e zonas eleitorais, dos chamados bairros nobres ao centro, periferia e subúrbios, ACM Neto foi para a galera. Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o presidente do Democratas tratou de dar ressonância nacional ao seu feito político e ao estado de espírito. Falou sem meias palavras. Na parte mais polêmica da conversa, o prefeito da capital baiana brandiu farpas, de conteúdo político, contra adversários da chamada “esquerda baiana”, mas deixou escapulir algumas mágoas pessoais, de querelas do tempo em que o avô Antônio Carlos Magalhães imperava na Bahia, enquanto o ex-presidente Lula mandava no Nordeste e no país. Ao Valor, Neto disse que as  eleições municipais deste ano – ainda em curso com o segundo turno deste domingo – causaram “uma aceleração no processo de aposentadoria do Lula.”

O senador Jaques Wagner não gostou desta parte da entrevista e, ao ser entrevistado pela Tribuna da Bahia, considerou que o adversário passou da conta, foi “arrogante” e reagiu no mesmo tom do prefeito. Para Wagner, “a decisão do futuro do ex-presidente Lula cabe somente a ele”. E pisou mais forte no acelerador, na reação ao dirigente do DEM: “Só porque ganhou domingo (dia 15 de novembro) já está com arrogância de querer dizer o que vai acontecer. Já demonstra que não sabe conviver com eventuais vitórias, e eu espero que não faça o mesmo que fez há dois anos porque o que ele apoiou está aí matando o Brasil”, atacou o senador petista, sem citar nominalmente o atual ocupante do Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro. Nem precisava.
Tem mais, muito mais, mas não digo. A não ser que 2022 começou bem mais cedo na Bahia.

Vitor Hugo Soares é jornalista, editor do site blog Bahia em Pauta. E-mail: vitors.h@uol.com.br

“Dora”, Nana Caymmi: a voz e a força interpretativa de Nana, na gravação  de uma das composições mais bonitas e empolgantes de Sêu Dorival. Um maravilhoso canto à bela e guerreira capital pernambucana, na véspera  de fazer historia mais uma vez. 

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

nov
28
Posted on 28-11-2020
Filed Under (Artigos) by vitor on 28-11-2020

DO CORREIO BRAZILIENSE

Por conta da covid-19, o debate presencial que aconteceria hoje entre os candidatos à prefeitura de São Paulo foi cancelado. Pelas redes sociais, Boulos comentou o diagnóstico e disse ter pedido à Globo que o duelo com Covas seja mantido

Ingrid Soares
 

 (crédito: MAURO PIMENTEL/AFP)

(crédito: MAURO PIMENTEL/AFP)

O candidato à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), foi diagnosticado com covid-19 na tarde desta sexta-feira (27/11). Segundo a assessoria de imprensa, o psolista está assintomático. Ele esteve em campanha junto com a deputada Sâmia Bonfim (PSOL) que testou positivo para o novo coronavírus na última segunda-feira.

De acordo com a nota, ele cumprirá o protocolo de quarentena pelo período necessário e a campanha segue atuante até o final de semana, quando Boulos e Bruno Covas, atual prefeito, se enfrentarão nas urnas no segundo turno das eleições municipais.

 
 “Toda a equipe que trabalha na campanha e que tem contato próximo com o candidato será testada a partir de agora. O candidato reforça a preocupação que tem afirmado nos últimos dias sobre os indícios de uma segunda onda da pandemia, até aqui negligenciada pelos governos estadual e municipal, responsáveis pela aplicação das medidas. A campanha seguirá atuante nesta reta final para apresentar o projeto de mudança que São Paulo precisa e fazer a esperança que a gente vê nas ruas desaguar numa vitória no próximo domingo”.

“Cuidem-se”

Por conta da covid-19, o debate presencial que aconteceria hoje entre os candidatos à prefeitura de São Paulo, tido como essencial na virada de votos, foi cancelado.

nov
28
Posted on 28-11-2020
Filed Under (Artigos) by vitor on 28-11-2020


 

Kleber, NO 

 

 

Atração estreia em janeiro com Lucas Mendes, Caio Blinder, Diogo Mainardi, Ricardo Amorim e Pedro Andrade

Correio Braziliense
Após nove anos na Globo News, o programa Manhattan Connection migrará de emissora. A atração, que fala de política, economia e cultura, teve a última edição no canal da Globosat no domingo (22/11) e segue para a TV Cultura. A estreia está prevista para janeiro.
 

 (crédito: Twitter/Reprodução)

(crédito: Twitter/Reprodução)

O Manhattan Connection estreou na tevê fechada brasileira em 1993 no canal GNT. Diretamente de Nova York e sob comando de Lucas Mendes, a atração tinha na primeira formação Paulo Francis, Caio Blindes e Nelson Motta. Depois Lúcia Guimarães, que antes ficava por trás da câmeras, passou a ter um espaço dedicado à cultura. Em 2011, o programa migrou para a Globo News seguindo para um foco mais jornalístico e com uma nova bancada.

A vida sentimental e familiar do astro argentino foi conturbada. Conheceu a paixão com muitas mulheres, mas com todas elas acabou mal. Luta por seu legado tem tudo para ser complicada

Maradona com Claudia Villafañe e suas duas filhas, Dalma e Gianinna, nos tempos felizes do seu casamento.
Maradona com Claudia Villafañe e suas duas filhas, Dalma e Gianinna, nos tempos felizes do seu casamento.
 
Buenos Aires 
Não por desejo próprio, Diego Maradona ocupou muito espaço nos meios de comunicação por causa da sua conturbada vida pessoal. Um casamento, várias parceiras e muitas amantes compõem o panorama sentimental do astro argentino que morreu nesta quarta-feira, aos 60 anos. Com todas elas conheceu a paixão e com todas elas acabou mal, chegando inclusive aos tribunais. Algumas o acusaram de ser violento, ele de que elas só queriam seu dinheiro. Teve muitos filhos. Quantos? Essa é uma incógnita. Legalmente reconheceu cinco, mas tinha relacionamento com até nove, embora haja quem diga que na verdade são 11.

“Não quero Você Assim”, Paulinho da Viola: Belo. poético, melódico e delicioso aperitivo para a live de Paulinho neste sábado, 28. Vale repetir: Imperdível .

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

Em celebração à vida e à carreira, o Paulinho fará show neste sábado (28/11), às 22h, com transmissão pela plataforma de streaming da Globo. Uma festa imperdível da MPB.

Correio Braziliense
 

 (crédito: Jorge Cardoso/CB/D.A Press - 28/8/14 )

(crédito: Jorge Cardoso/CB/D.A Press – 28/8/14 )

Diretamente de um palco na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, Paulinho da Viola fará uma live neste sábado (28/11), que será transmitida pelo Globoplay. O show ao vivo, marcado para começar às 22h, contará somente com a presença dos músicos e da equipe técnica. O público assinante poderá acompanhar a performance por meio da plataforma de streaming da Globo. 

Projeto recente

Em entrevista ao Correio, no início do mês, Paulinho apresentou o primeiro álbum lançado diretamente nas plataformas digitais, Sempre se pode sonhar, gravado há 14 anos, ao vivo, no Teatro Fecap. O disco traz todas as 22 canções apresentadas no show, entre elas composições autorais, e homenagens a nomes como Cartola, Lupicínio Rodrigues, Sidney Miller, assim como a Pixinguinha e Jacob do Bandolim. Confira:

nov
27
Posted on 27-11-2020
Filed Under (Artigos) by vitor on 27-11-2020


 

Duke , no jornal 

 

nov
27
Posted on 27-11-2020
Filed Under (Artigos) by vitor on 27-11-2020
Covid-19: Pazuello nega segunda onda e fala em repique no Sudeste e no Sul
Foto: Adriano Machado/Crusoé
Após mais de duas semanas em silêncio sobre a alta nas internações por Covid-19, Eduardo Pazuello reconheceu nesta quinta-feira (26) que há um aumento de casos da doença no país, mas negou que ele configure uma “segunda onda”.

“Estamos falando de repique de contaminações e mortos em algumas regiões do país”, declarou o ministro da Saúde, conforme o relato da Folha.

No Sul e Sudeste o repique é mais claro, e no Norte e Nordeste é bem menos impactante, com algumas cidades fora da curva. E o Centro-Oeste é mais no meio do caminho”, acrescentou.
 Pazuello argumentou que o que está acontecendo na Europa neste momento é “um novo surto, que pode virar endemia e depois pandemia”. “O troço é grave, ele vai numa linha e nós temos de estar muito atentos.”

Pages: 1 2 3 4 5 6 7 ... 2528 2529

  • Arquivos

  • novembro 2020
    S T Q Q S S D
    « out    
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30