Rui Costa em foto de Luciano da Mata (A Tarde)

DO JORNAL A TARDE

Patrícia França

Ao comentar, nesta segunda-feira, 11, pela primeira vez, sobre o impacto que as revelações feitas pelo ex-ministro Antonio Pallocci teria sobre a candidatura à Presidência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2018, o governador Rui Costa (PT) disse não ver prejuízos. “Não me parece crível, não apresentou prova nenhuma”.

Em depoimento ao juiz Sérgio Moro, que está conduzindo na Justiça a Operação Lava Jato, Pallocci acusou Lua ter recebido propina e vantagens da Odebrecht. Para Rui, o ex-ministro não apresentou nada que comprove suas acusações. “O dia que for [provado algo], eu serei o primeiro a lamentar”, afirmou o petista, durante inauguração de mais quatro estações de metrô em Salvador.

Rui disse que falta consistência nas denunciais: “A delação é ‘o Lula me contou que teve uma reunião’. Aí perguntam: ‘Você participou dessa reunião?’. ‘Não’. ‘Como é que você soube?’. ‘No outro dia, o Lula me contou’. (…). Então, ele, na verdade, dá um depoimento como se ele fosse o grande confidente de Lula”, ironizou.

O governador defendeu, por outro lado, a continuidade das investigações e disse que a aprovação da reforma política é um passo importante no combate à corrupção.

“É preciso que o financiamento seja transparente e não através da ilegalidade ou do crime organizado, do tráfico de drogas, nem do jogo do bicho, nem de empréstimo de agiota ou de malas”, defendeu Rui, que é favorável ao financiamento público das campanhas.

Sobre os R$ 51 milhões apreendidos pela Polícia Federal e que seriam do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), o governador classificou como “inacreditável” as imagens veiculadas na TV.

“Se alguém dissesse isso há meses atrás, eu não acreditaria. Isso revolta demais a população e com razão. Espero que isso não aconteça mais”, afirmou.

Comentários

Daniel on 12 setembro, 2017 at 20:10 #

Mentiroso hipócrita!

Desde quando as denúncias contra Wagner, por exemplo, o fizeram se distanciar e criticá- lo. Ao contrário, agora é secretario estadual e dos mais prestigiados.

Petista é petista e ponto! Não há santinhos nem ingênuos mais nesse partido. Não sobrou!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments: