DEU NO BLOG O ANTAGONISTA

PALOCCI FALA QUE FOI PROCURADO POR BANQUEIRO

Antonio Palocci negou veementemente que tenha negociado “provisões” ou “reservas” para o PT. Ele fala que tratou apenas de contribuições de campanha.

Mas narrou um episódio em que foi procurado por um empresário e depois por um banqueiro, que disse atuar em nome de uma autoridade do primeiro escalão do governo.

“Quando o banqueiro me procurou. Disse: ‘estou aqui mandado por uma pessoa do primeiro escalão do governo e quero dizer que vou cuidar das coisas relativas a financiamento de campanha, a reservas, provisões. Então queria saber se você pode me ajudar.”

“Eu disse: a presidente Dilma sabe? A pessoa disse ‘não’. Era muito estranho, mas eu falei ‘tudo bem’, cuida dos recursos, se você tem essa autorização. Ele estranhou, achou que ia dar um monte de dados. E entrou no assunto ‘provisão da Odebrecht’. Disse que se eu falasse com a Odebrecht, a gente poderia capitalizar esse recurso e não sei o que. Eu falei: ‘acho que quem te informou te informou errado, nunca ouvi falar de provisão da Odebrecht. Esse assunto deu muita cria, inclusive a assuntos relacionados a Lava Jato. Eu me prontifico a lhe falar tudo, isso tem desdobramentos importantes, inclusive em relação à Odebrecht.”

Palocci disse a Moro que poderia lhe fornecer os nomes de todos os envolvidos depois da audiência. “Não quero causar mal-estar onde não é necessário, mas fico à disposição de vossa excelência, inclusive depois dessa audiência.”

Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments: