Dupla e especial dedicatória deste samba antológico de Ary Barroso, para dois amigos do peito e incentivadores da primeira hora do BP: a jornalista e escritora carioca, Maria Aparecida Torneros (Cida), e o paulista Luiz Fontana, o poeta de Marília. Ambos inabaláveis amantes da Bahia.Tim Tim!!!
(Vitor Hugo Soares)

Comentários

luiz alfredo motta fontana on 8 abril, 2017 at 21:48 #

Caro VHS

“Quando eu penso na Bahia”, o melhor de mim sorri!!!

Tim Tim!!!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments: