Fazemos qualquer negócio

Sabemos que alguma coisa carece de explicação quando é o deputado Félix Mendonça Júnior a defender o PDT, um legado de Brizola e, por extensão, de Jango e de Getúlio, da acusação de ter vendido o apoio à chapa Dilma-Temer.

A explicação é que Félix Jr. jamais foi trabalhista – muito pelo contrário – e o PDT, após a morte do seu criador, há 12 anos, tornou-se mais uma dessas legendas sem consistência da política brasileira.

Imprimir Imprimir Enviar por e-mail Enviar por e-mail

Comentários

Taciano Lemos de Carvalho on 9 março, 2017 at 11:25 #

Tornou-se, o PDT, uma sigla de aluguel. Uma sigla que nada mais tem do que fora quando sob o comando de Brizola.

Acho até que há ainda alguns trabalhistas ou socialistas no partido. Mas tenho certeza que não está na cúpula nacional do partido. Aí, só panelas


Taciano Lemos de Carvalho on 9 março, 2017 at 11:40 #

…não estão…


Taciano Lemos de Carvalho on 9 março, 2017 at 12:01 #

“Os brizolistas históricos vão contratar dois escritórios de advocacia para processar o rato Carlos Lupi. A Odebrecht, segundo o depoimento do seu diretor encarregado de distribuir a propina extorquida pelo ministro Guido Mantega, estava disposta a entregar até 7 milhões. O encarregado por Lupi da coleta do dinheiro, negociou receber 4 milhões! Nem negociar estes corruptos sabem… Antes tivessem colocado o Jecy Sarmento…”

http://www.tribunadainternet.com.br/brizolistas-historicos-vao-processar-carlos-lupi-por-vender-o-apoio-do-pdt-ao-pt/


luís augusto on 9 março, 2017 at 12:42 #

Caro Taciano, peguei o material para entrar na corrente. Abraços, Luís.


Taciano Lemos de Carvalho on 9 março, 2017 at 13:20 #

Grande abraço.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments: