set
25

Willie: carisma em Saratoga

=====================================================

CRÔNICA/ESPETÁCULO

Com Willie em Saratoga

Regina Soares

Direto de San Francisco (EUA)

O verão não começa sem a abertura dos concertos na Vinha da Montanha, “The Mountain Winery” (http://www.mountainwinery.com/).
No topo de uma elevada colina na cidade de Saratoga na California, o local é, por si só, um deslumbramento: Espetacular vista do Silicon Valley, ambiente acolhedor e refinado, ainda que ao ar livre, cada visita é um evento realmente inesquecível!
O calendário é largo e o preço alto, deixando a tarefa da escolha ainda mais difícil. Dentre os nossos escolhidos estava o show de Willie Nelson, legendário cantor e compositor da musica “country” nos Estados Unidos. Uma figura controversa, não só por seu visual com suas longas tranças grisalhas, bandanna vermelha acompanhando o famoso chapéu de vaqueiro que o tornou um icone da cultura popular americana e reconhecido universalmente, também por sua rebeldia em conformar com as regras sociais e a dureza das leis que não se adptam ao seu modo de viver. Willie travou uma longa batalha com o todo poderoso IRS (Internal Revenew Service) que seria o nosso famoso “Leão”, na década de 80 que o deixou com uma divida de alguns milhões de dólares em impostos atrasados, pagos com a venda do disco duplo “The IRS Tapes” e o apoio popular.
Mas, não vou contar sua historia nem trajetoria musical que, com mais de 200 álbuns desde o começo de sua carreira em 1950, grandes hits que o tornaram uma grande estrela do gênero “Country Americano” é conhecida e reconhecida mundialmente. Quero responder a pergunta que talvez alguns de vocês tenha: Por que Willie?
A resposta é simples: Autenticidade! Nos tempos que vivemos, coisa rara.
Não sendo, nem eu nem meu filho jovem que me acompanhava, fãs da chamada musica sertaneja (country), embora as características do nosso sertão sejam bem diferentes ao equivalente americano, também sofredor e embalado em “blues”, não temos nenhum tipo de restrição a qualquer tipo de musica desde que nos toque, que nos fale, que nos chegue aos sentidos e nos ganhe.
Willie Nelson foi sempre alguém que me interessou conhecer por tudo que já disse e seu carisma ficou evidente em tudo que nos presenteou naquela noite de lua cheia no céu de fim de verão!

Regina Soares é advogada, especializada em eleições americanas, mora na Califórnia há mais de 30 anos e esteve, com o filho Pablo, também amigo e colaborador do BP, no show de Willie Nelson em Saratoga.

jun
13

Chloe, a aniversariante…

22191″ />

=======================================
CRÔNICA/SENTIMENTOS

Chloe, na flor da idade

Regina Soares

Ser avó tem lá seu lado positivo. Não estou falando do que já é conhecido: a gente ama, mostra, faz todas as vontades, mas na hora do chega pra cá não é conosco. Estou me referindo àquela sensação gostosa de ver o desdobramento da célula mater se multiplicando e a gente se reconhecendo em cada uma. Sinto um amor todo especial por minha neta, diferente do que sinto por meus filhos.

Chloe Isabella está celebrando 15 anos de linda existência nesse nosso conturbado planeta. Se revelou uma benção para nós todos que temos o privilégio de tê-la na nossa familia. Meiga, carinhosa super inteligente, ativa, sociável, tem tudo para apostar na vida e ganhar.

Na nossa cultura, 15 anos é um marco que separa a infância da juventude. Abre as portas para um mundo novo onde o núcleo familiar diminue enquanto o grupo social aumenta com a entrada dos amigos. Chloe teve a benção de viver esses anos em um lugar paradisíaco, Fort Bragg, CA no condado de Mendocino, rodeada pela espetacular beleza natural da floresta de Redwoods do Norte da California e o Oceano Pacífico.

Quando chegou ao Brasil de visita, Chloe parecia que ali havia nascido, se sentiu em casa,completamente a vontade, e deixou seu pequeno coração no Porto da Barra, fazendo-me jurar que ali voltaria a passar mais tempo e conhecer melhor.

Senhor do Bomfim & Santo Antonio, nossos padroeiros, que me ajudem a cumprir a promessa e a desfrutar de muitos mais anos ao lado dessa preciosa criatura.

HAPPY BIRTHDAY CHLOE!!!!!!!!!!!

Para ela, “Menina moça”,de Miltinho, uma canção do tempo da sua vó, mas que ainda vale:

Regina Soares, advogada, mora em Belmont, na área da Baia de San Francisco, Califórnia.

mar
07
Posted on 07-03-2010
Filed Under (Artigos, Multimídia, Regina) by vitor on 07-03-2010

====================================================

CRÔNICA DO OSCAR

Um Coração Cansado e Louco

Regina Soares

Neste domingo,7, nos sentaremos em frente da TV, mais uma vez, para assistir a grande noite do cinema:a entrega do premio que reconhece a excelência profissional na indústria cinematrografica, “The Oscar”.

Esse é um ritual que se repete em minha vida, como tenho certeza de muitos de vocês, amantes da “sétima arte”. Apesar de no Brasil esse show ser apresentado na madrugada, meu pai não o perdia, nem eu.

O tapete vermelho e todos os arranjos finais estão prontos para a grande noite em Los Angeles, onde desfilarão diante de nos os grandes “Astros” que nos mantiveram intrigados, fascinados, preocupados, entretenidos e enfeitiçados durante o ano que passou.

Como sempre, tenho os meus preferidos, mas, este ano, estou torcendo e apostando na vitória de um deles, Jeff Bridges, nominado a melhor ator por sua interpretação de Bad Blake em Crazy Heart.

Bad Blake é um cantor de fim de carreira, sofrido, alcoólico, vida difícil de “country music”, que já passou por muitos casamentos, demasiados anos na estrada e muitos drinques a mais, por muito tempo. Ainda assim, Bad agarra-se, mais uma vez, na tábua da salvação com ajuda de Jean (interpretada por Maggie Gyllenhaal, nominada para o premio de suporte no mesmo filme), a jornalista que descobre o homem por traz do musico. Enquanto eles atravessam o difícil caminho da redenção, Bad aprende, da forma mais difícil, o quanto a vida pode ser dura para um coração cansado e louco .

Essa é a quinta nomeação para Jeff Bridges, que andava um pouco desaparecido e voltou para dar a performance da sua vida nesse extraordinário filme. O tipo de interpretação que chamamos corajosa, onde o ator esta disposto a colocar em jogo sua dignidade para chegar ate o fundo da condição humana.

Não percam! GO JEFF!!!!!!!!!!!!!

Regina Soares, advogada, mora em Belmont, na área da Baia de San Francisco, Califórnia (EUA). Bem pertinho do tapete vermelho desta noite em Los Angeles.

fev
12
Posted on 12-02-2010
Filed Under (Artigos, Regina) by vitor on 12-02-2010

Aninha Franco leva drama…

===================================================
…dos “cordeiros” ao palco

Postado originalmente como comentário ao artigo do músico Paquito sobre o carnaval de Salvador, o texto da advogada Regina Soares, colaboradora deste site-blog que mora há décadas na área da belissima Baia de San Francisco, na Californa, sem tirar os olhos de sua Baia de Todos os Santos, sobe agora para o espaço principal do Bahia em Pauta, por seu contaúdo e propriedade. Confira. (VHS)

=====================================================

REGINA SOARES

SAN FRANCISCO (CA-USA) – A escritora, advogada, dramaturga e administradora do Theatro XVIII http://www.theatroxviii.com.br , localizado no Pelourinho, Aninha Franco, uma legítima cidadã “pelourinhense”, que acompanhou com atenção todas as etapas pelas quais passou o local, sempre interferindo em seu destino, escreveu uma peca sobre os “cordeiros” em 2005, “Esse Glauber”, que representava um dialogo entre dois desses homens e mulheres que tem essa função no Carnaval da Bahia.

Na história, o carnaval acabou e o tema do ano na cidade foi “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, em homenagem ao cineasta Glauber Rocha. Todo Mundo (RitaAssemany) e Qualquer Um (Diogo Lopes Filho), aguardam o pagamento pelos dias trabalhados separando dois mundos: o do interior dos blocos e o da multidão excluída. O texto é de Aninha Franco, a direção de Marcio Meirelles (então amigos de outros carnavais) e a trilha sonora original de Jarbas Bittencourt.

Os depoimentos colhidos e que fazem parte do dialogo são impactantes. O que os faz segurar aquela corda por cerca de oito horas, expostos a todo tipo de violência e discriminação, com direito a apenas um pacote de biscoito recheado e duas garrafinhas de água por dia? Dinheiro, claro. O valor em questão assusta ainda mais. “Me prometeram uma diária de R$10, mas na hora só pagaram R$8. Acho um absurdo, mas vou reclamar com quem? Tenho três filhos pequenos pra criar, precisava do dinheiro”, diz a jovem cordeira, sem querer se identificar, revelando que já apanhou muito e já bateu também quando “o bicho pega na avenida”.

Regina Soares, advogada, foliã desde menina, mora em Belmont, área da Baia de San Francisco, Califórnia, há mais de 30 anos, com antena voltada para sua Baia de Todos os Santos, que ferve em mais um carnaval)


====================================================

======================================================

Neste 5 de janeiro, data do aniversário da jornalista Maria Olívia Soares, um dos sustentáculos deste site blog , uma música só não basta para começar o dia. Bahia em Pauta então traz duas canções com o perfil da querida aniversariante, a partir de observações e sentimentos de outros dois colaboradores que a enxergam sob prismas diversos e de observatórios diferentes. Os dois, porém, Claudio e Regina, falam com o mesmo afeto e admiração que Olívia desperta em todos que convivem com ela, ou simplesmente a conhecem.

Emoção à flor da pele, que se expõe às vezes em silêncio, outras aos gritos, ela cativa a todos. Velhos e novos.Irmãos, parentes, aderentes, amigos, colegas de trabalho, companheiros de vida , de muitas lutas, de horas de prazeres, de tempos de dificuldades. De tempos de dificuldades principalmente, pois ser solidária é uma de suas maiores qualidades.

Tem outras, e defeitos também, mas deixo a palavra com Regina, que de San Francisco, na Califórnia, manda a música “O Quereres”, de Caetano, e mensagem para a aniversariante, que passa no Rio de Janeiro, cidade de seus encantos e amores, o dia de seu aniversário. Beijos e longa vida para ela pelo bem e para a alegria de todos nós que a amamos e admiramos.

(Vitor Hugo Soares, editor, Margarida, revisora, e toda equipe de BP)
=======================================================
Regina com a palavra:

“Escolhi essa musica -O Quereres – para dedicar Maria Olivia no dia do seu aniversário, por ser bem representativa, na minha opinião, do seu ser. Olivia é sempre mais do que a gente quer ou espera, supera todas as expectativas. Guerreira, generosa, antenada, muito bem informada, sensibilidade a flor da pele, amiga leal, entrega-se de corpo e alma a suas causas numa dedicação total aos que foram, pela sorte, menos favorecidos.

Algumas pessoas agem com o coração, outras com a cabeça, Olivia, eu diria, age com as vísceras, todo seu ser se agita e contribui para seus atos. Sem alardear e nem mesmo aceitar credito, ela é capaz dos mais generosos gestos de carinho, que somente quem a conhece pode entender. Precisamos de muitas pessoas como essa extraordinária lutadora, mas, infelizmente, esse “artigo” esta em falta.

Muitos anos de vida, com saúde e muita força pra gozar seus prazeres, como o Rio, que entrou na sua vida pela veia do coração e a sua sempre amada Bahia. Muito amor e OBRIGADA por existir.

REGINA SOARES
====================================================

De Cláudio Leal, um amigo querido da aniversariante e do BP:

Acho que Olívia gostaria desse vídeo, no aniversário. É o reencontro de Cartola com o pai, depois de uma briga de décadas. O pai pede para ele cantar “O mundo é um moinho”. De revirar o coração. Cartola, disse-me Olívia, foi a única pessoa a quem ela já pediu autógrafo, no projeto Pixinguinha.

abraços,
Claudio.

dez
11
Posted on 11-12-2009
Filed Under (Artigos, Multimídia, Regina) by vitor on 11-12-2009

Jlennon

=======================================================
CRÕNICA/UM MODELO

A RESPEITO DE JOHN

Regina Soares

Dezembro 8, 1980 – Retornando para casa do estúdio onde voltara à gravar recentemente, John Lennon é assassinado enquanto se dirigia a entrada do edifício onde residia em NY.
O resto é história…
John foi o meu Beatle (The Beatles) preferido desde o começo. Depois que me entendi como gente abracei suas causas e vivi seus tormentos.
Eu já vivia nos Estados unidos quando ouvi na tv a noticia que não podia acreditar, tinha em meus braços um filhote de três meses e não desgrudei da tv por um minuto durante alguns dias. Para mim era como se eu estivesse vivendo um pesadelo sem fim. Como poderia alguém erguer a mão com uma arma em direção a John Lennon? Era totalmente inexplicável.
Dai em diante meu lema passou a ser: “tudo é possível, já nada me surpreende”. Mas, como sou fiel as minhas/dele crenças, sigo imaginando as possibilidades…

Regina Soares, advogada, mora em Belmont, na área da Baia de San Francisco, Califórnia (EUA)

=====================================================
Canção do novo mundo
Beto Guedes
Composição: Beto Guedes / Ronaldo Bastos

Quem sonhou
Só vale se já sonhou demais
Vertente de muitas gerações
Gravado em nosso corações
Um nome se escreve fundo
As canções em nossa memória
Vão ficar
Profundas raízes vão crescer
A luz das pessoas
Me faz crer
E eu sinto que vamos juntos

Oh! Nem o tempo amigo
Nem a força bruta
Pode um sonho apagar

Quem perdeu o trem da história por querer
Saiu do juízo sem saber
Foi mais um covarde a se esconder
Diante de um novo mundo

Quem souber dizer a exata explicação
Me diz como pode acontecer
Um simples canalha mata um rei
Em menos de um segundo
Oh! Minha estrela amiga
Porque você não fez a bala parar

Oh! Nem o tempo amigo
Nem a força bruta
Pode um sonho apagar

Quem perdeu o trem da história por querer
Saiu do juízo sem saber
Foi mais um covarde a se esconder
Diante de um novo mundo

nov
13
Posted on 13-11-2009
Filed Under (Artigos, Regina) by vitor on 13-11-2009

Malik: que é esse homem?
malihasan
==================================================
ARTIGO/ RETRATO

TERRORISTA OU ATERRORIZADO?

Regina Soares

O médico psiquiatra Maj. Nidal Malik Hasan, 39, acusado de disparar contra seus colegas em Fort Hood, Texas, foi oficialmente acusado no sistema legal militar dos Estados Unidos da América como responsável por 13 mortes premeditadas. Outras acusações podem ser acrescentadas, inclusive a 14ª vítima, o feto no ventre de uma oficial grávida.

Hasan é acusado de abrir fogo contra um grande grupo de soldados que estavam sendo avaliados fisicamente, sendo vacinados e processando documentações que os habilitavam a uma próxima partida para serviço militar nas guerras e bases militares fora do território americano. O acontecimento é considerado um dos piores e mais extraordinários assaltos a mão armada em uma base militar americana, principalmente se levarmos em consideração o local e os personagens da tragédia.

Consta dos seus registros que Hasan se mostrava agressivo, defensivo e argumentativo nas suas discussões sobre sua fé muçulmana e do fato de ser obrigado, por força das suas responsabilidades, como oficial da US ARMY, de ir servir na linha de combate no Afganistão, para onde deveria partir ainda nesse mês contra “seus irmãos”. Descendente de palestinos e devoto muçulmano, Hasan, repetidamente se referia à sua forte crença nas discussões com seus companheiros. Chegou a dizer que se considerava “Muslim first, than American”.

O serviço militar americano, embora voluntário, torna aqueles que se dispõem a servir seu país obrigados a cumprir certos compromissos, como é de se esperar. Em troca dos seus serviços, um dos benefícios recebidos é ter sua educação militar e profissional financiadas pelo governo. De acordo com registros oficiais, Hasan tinha quase 20 anos de serviço militar, inclusive 8 como soldado e concluiu rigorosos cursos de medicina. Apesar de seu conflito de consciência contra participar em combates onde poderia confrontar outros muçulmanos, era praticalmente impossível que fosse liberado de suas obrigações.

A familia informouáque ele desejava se afastar do Servico Militar e chegou a procurar advogado que o representasse na busca de uma maneira legal para evitar seu envio para o Afganistão.

A investigação será longa e profunda. O FBI já se manifestou dizendo que os contatos mantidos entre Hasan e o considerado radical clérigo muçulmano, Anwar al-Awlaki, que tem encorajado mulçumanos a matar soldados americanos no Iraque, não foram reportados aos seus superiores por não ter sido considerados de caráter terroristas.

Depois do falecimento dos seus pais, antes de concluir seus estudos de medicina, o solitário e gentil médico psiquiatra, atormentado entre Patria e Religião, chegou a um beco sem saida. Ou, pelo menos, ele não conseguia ver uma…

Regina Soares, advogada, mora em Belmont, na área da Baia de San Francisco, Califórnia (USA)


===================================================

COMENTÁRIO/THIS IS IT

MICHAEL VIVE

Regina Soares

Dia 28 de Outubro, somos os primeiros da fila do cinema da nossa cidade, esperando com ansiedade para tirar nossas dúvidas sobre o estado fisico, mental e musical de Michael Jackson, enquanto se preparava para o grande show da sua volta aos palcos durante um longo recesso.

Eu e meu filho, Pablo, somos fãs fieis e acompanhamos a carreira e vida de MJ por várias decadas. Esperavamos ver os ensaios do tão badalado show e conheciamos algumas estorias envolvendo personagens por traz das câmeras, estórias que vieram a tona com o trágico desaparecimento do personagem central. Mas não sabiamos ao certo o que conseguiram salvar ou se o que foi salvo deveria ser apresentado ao público.

Ficamos pasmos diante do que nos foi presenteado. Michael parecia estar em um dos seus melhores momentos. Vibrante, elétrico, no comando do espetáculo, como sempre, projetando uma figura física esbelta e firme, em plena consciência e soltando a sua voz com perfeição. Simplesmente deslumbrante!

O show que iria ser apresentado em Londres, seria um espetaculo que ficaria na história: muito bem produzido, com um grupo de dancarinos e musicos de primeira categoria, liderados pelo magnifico Rei do Pop, em sua melhor forma.

Gracas as filmagens durantes os ensaios, podemos sentir mais de perto a dedicação e o amor que MJ desejava transmitir aos seus fãs, familiares, principalmente seus filhos, para quem o filme é dedicado e ao mundo que lamentará para sempre a sua partido tão prematura.

Nao percam se aparecer a oportunidade de ver o que poderia ter sido.

Regina Soares é advogada, mora em Belmont, área da baia de San Francisco, Califórnia (EUA).

set
11
Posted on 11-09-2009
Filed Under (Artigos, Multimídia, Regina) by vitor on 11-09-2009

=======================================================
ARTIGO/AMÉRICA HOJE

SINAL DOS TEMPOS

Regina Soares

Numa extraordinária quebra do decoro parlamentar, um legislador Republicano, Joe Wilson, gritou “mentira”, interrompendo o discurso do Presidente Barack Obama na reunião conjunta na noite de ontem, quando este se empenhava em convencer a bancada legislativa e o povo americano da importância e necessidade de uma reforma no plano de saúde na Nação Americana.

O chamado de desculpas não se fez esperar e hoje de manha, Rahm Emanuel, chefe da casa civil (White House Chief of Staff), recebeu no lugar do Chefe da Nação, os pedidos de perdão. Enquanto isso, o site na Web do legislador Wilson e o seu Twitter sofreram um acesso brutal que os levaram a parar. “ Esta noite eu deixei minha emoção tomar conta de mim”, tratou de explicar a quebra de protocolo e boas maneiras durante a visita presidencial ao fórum de uma cessão conjunta do Congresso.

O protesto de Wilson paralisou Republicanos e Democratas, Vice Presidente Biden, a presidente da câmara Nancy Pelosi, a primeira dama Michelle Obama que cobriu a boca e abanou a cabeça em descrença, e milhões de surpresos telespectadores, e até o próprio presidente que precisou de alguns segundos para recuperar o fio da meada. A acusação de mentira veio como uma reação a afirmacão do presidente de que a intenção de cobrir todos os americanos sob o novo plano de saúde não incluiria imigrantes ilegais.

Enquanto o novo projeto que atende aos cuidados de saúde proíba servicos aos ilegais, não há uma provisão que autorize os provedores desses serviços examinar o status residencial, legalidade de visto, etc, sem o acesso a essas informação, não há como poder separar imigrantes legais dos ilegais e os criticos do novo plano acreditam que ilegais receberiam tratamento medico coberto pelo plano publico.

O comportamento do legislador republicano foi algo nunca visto numa reunião conjunta do congresso com a presença do presidente como convidado do Congresso e Senado, quando todos se reúnem para mostrar ao mundo sua “melhor cara” e seu grau de civilidade. Seriam sinal dos tempos que vivemos ou os gringos estão aprendendo com o mundo?

Regina Soares , advogada, mora em Belmont, na área da Baia de San Francisco, Califórnia (USA)

ago
14
Posted on 14-08-2009
Filed Under (Artigos, Regina) by vitor on 14-08-2009

Cena de Woodstock
PD*18225681
===================================================
ARTIGO / COMPORTAMENTO

WOODSTOCK: 40 ANOS DEPOIS

Regina Soares

Woodstock aconteceu numa época em que as diferenças entre a sociedade tradicional estruturada e a então conhecida como “contra cultura” eram as mais profundas, sobre assuntos como Vietnam, uso de drogas e a revolução dos valores.

O evento que agora, apesar de 40 anos passados, ainda é considerado como o que definiu a “Era de Aquarios”, na verdade, não aconteceu em Woodstock, pequena cidade no subúrbio de New York, conhecida pela não conformidade boêmia e residência de inúmeros músicos, entre eles Bob Dilan, e sim em uma fazenda dentro de outra pequena comunidade a 60 milhas de distancia, Bethel. Ironicamente os artistas que mais definiram o Festival de Woodstock, em verdade, não estavam la, Bob Dilan, Led Zeppelin, The Doors entre outros.

Quando foram anunciado os planos para o “Aquarian Exposition”, reunião de artes e musica, como tantas naquele verão de 1969, Woodstock fechou as portas e o nariz para o que se anunciava como uma invasão de milhares de jovens sujos e indisciplinados tomando as estradas e ruas de sua pequena comunidade.

Mais de 185.000 pessoas compraram entradas para Woodstock, mas, foi somente quando centenas de milhares mais se expremiam pelo parâmetro do festival, derrubando as cercas, que o evento foi considerado “free” (entrada livre) para os 500.000 que ali estavam. Se Woodstock começou somente como uma oportunidade comercial, se transformaria no maior já visto. O que determinaria que Woodstock ficasse na historia e alcançasse características míticas, foi o fato de ter sido filmado.

Foi o filme que tornou o Festival de Woosdstock o ponto mais alto da idade do “Amor e Paz”, a geração que ficou conhecida como “Woodstock Generation”, esses jovens felizes que levaram o idealismo a sua forma mais extrema. Eu não fui ao festival, mas vi o filme. Jovens dançando debaixo da chuva e na lama, desnudos dos adereços e cobertos de beijos enquanto Joe Cocker cantava With A Little Help From My Friends, tantas imagens que fizeram com que todos nos desejasse-mos ter estado la.

Regina Soares é advogada, mora na área da Baia de San Francisco, Califórnia, USA.