jun
10
Posted on 10-06-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 10-06-2022

DO CORREIO BRAZILIENSE

O suspeito de estar envolvido no desaparecimento de Dom Philips e Bruno Pereira foi preso na terça-feira (7); laudo indicará se a origem do sangue é animal ou humana

CB
Correio Braziliense
 

 (crédito: Ministério da Defesa)

(crédito: Ministério da Defesa)

A Polícia Federal identificou vestígios de sangue na lancha de um suspeito de estar envolvido no desaparecimento do jornalista britânico Dom Philips e do indigenista Bruno Pereira. O material encontrado nesta quinta-feira (9/6) será encaminhado para perícia e o laudo deve definir se o sangue é de origem é humana ou animal. 

O suspeito, de 41 anos, identificado como Amarildo da Costa de Oliveira — também conhecido como “Pelado” — está preso desde terça-feira (7) e a suspeita da polícia é que a lancha dele foi usada para perseguir a embarcação que Bruno e Dom usavam. 

Os dois desapareceram no Vale do Javari, na Amazônia, quando faziam o trajeto entre a comunidade Ribeirinha São Rafael até a cidade de Atalaia do Norte, distante 1.135km de Manaus, no domingo (5/6).

As buscas por eles continuam e a repercussão do caso vem ganhando força nas redes sociais, no Brasil e no exterior

Nesta quinta-feira, os agentes da Polícia Federal percorreram cerca de 100 quilômetros na região do Rio Itaquaí, local em que Bruno e Dom foram vistos pela última vez. Além disso, foi feito um reconhecimento aéreo entre o município de Atalaia do Norte e a base da Funai na entrada da terra indígena do Vale do Javari.

Em nota divulgada, o comitê de crise, coordenado pela Polícia Federal/AM informou que “os órgãos federais e estaduais reforçam o compromisso com a elucidação dos fatos e se empenham para que haja o retorno o quanto antes dos senhores Bruno Pereira e Dom Phillips para seus entes queridos”.

*Com informações da Agência Brasil

“En Nosotros”, Bola de Nieve, esplêndida e raro registro da preciosa  canção  -considerada “uma das pérolas mais valiosas do bolero cubano”, de arranjo cinematográfico, na interpretação única de Ignácio Villa, o notável músico Bola de Nieve, mundialmente consagrado. Pura maravilha!

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)   

jun
10

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

Apoio à pré-candidata do MDB para o Palácio do Planalto recebeu 31 votos favoráveis. Houve apenas um voto contrário, do deputado federal Aécio Neves, e uma abstenção. Parlamentar mineiro defende uma candidatura própria do partido

VD
Vinicius Doria

Bruno Araújo, presidente do PSDB, ao lado de Baleia Rossi (MDB) e Roberto Freire (Cidadania) - (crédito: Luiz Cervi)

Bruno Araújo, presidente do PSDB, ao lado de Baleia Rossi (MDB) e Roberto Freire (Cidadania) – (crédito: Luiz Cervi)

A Executiva do PSDB aprovou a coligação com o MDB para a candidatura da senadora Simone Tebet (MS) à Presidência da República. A decisão foi anunciada por volta das 16h desta quinta-feira. O apoio a Tebet recebeu 31 votos favoráveis. Houve ainda um voto contrário e uma abstenção. 

Apesar do anúncio de que o senador Tasso Jereissati (CE) seria o vice na chapa com Tebet, os tucanos preferem aguardar mais antes de bater o martelo. Segundo integrantes da Executiva, as três legendas (PSDB/Cidadania/MDB) pretendem se dedicar à elaboração de um programa de governo comum.

Único voto contrário à coligação com o MDB, o deputado federal Aécio Neves (MG) alertou para as dificuldades da aliança nas candidaturas estaduais. Neves ressaltou que tem “o maior respeito” por Simone Tebet, mas que o PSDB deveria insistir em uma candidatura própria. O parlamentar salientou, no entanto, que não pretende causar um tensionamento com o partido.

jun
10
Posted on 10-06-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 10-06-2022
Gilmar Fraga / Agencia RBSGilmar Fraga no rnal Zero Hora (RS)

jun
10
Pai de autista, o apresentador se engajou na campanha contra a lista, aprovada ontem, que restringe a cobertura dos planos de saúde
Mion se diz “desolado” com decisão do STJ e aponta ministros
Reprodução

Segundo Mion, pai de três, incluindo Romeu, que é autista, a decisão vai prejudicar “milhões de famílias de autistas, de pessoas com deficiência, de pessoas que enfrentam câncer, que pagam planos de saúde”.

 

“Não consigo pensar numa única justificativa digna e honrada para se votar a favor disso.”

No Instagram, ele também escreveu que “a negativa de um exame, uma cirurgia, um tratamento, mata”. O apresentador também citou os ministros que votaram contra e a favor.

“A luta não termina por aqui e não podemos esquecer aqueles que estiveram do nosso lado. Muito obrigado ministra Nancy Andrighi e ministros Tarso Sanseverino e Mauro Ribeiro! Ao mesmo tempo, não vamos esquecer os que votaram a favor do rol taxativo: Luis Felipe Salomão, Villas Bôas Cuevas, Raul Araújo, Isabel Gallotti, Marco Buzzi e Marco Aurélio Bellizze.”

Assista:

  • Arquivos