jun
06

DO CORREIO BRAZILIENSE

O show do cantor estava previsto para este domingo (5/6) na cidade de Teolândia. Segundo a decisão, gastos com a festa seriam elevados demais

VC
Victor Correia
 

O evento estava previsto para ocorrer entre 4 e 13 de junho, e foi inicialmente suspenso na última sexta-feira (3/6) - (crédito: Instagram/Reprodução)

O evento estava previsto para ocorrer entre 4 e 13 de junho, e foi inicialmente suspenso na última sexta-feira (3/6) – (crédito: Instagram/Reprodução)

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu, neste domingo (5/6), uma decisão judicial autorizando a realização da Festa da Banana, na cidade de Teolândia, Bahia — que teria um show do cantor Gusttavo Lima ainda neste domingo (5/6).

Segundo o presidente do STJ, ministro Humberto Martins, que assina a suspensão, os gastos com o evento seriam altos demais para um município de 20 mil habitantes que está em estado de emergência desde o ano passado, após fortes chuvas que atingiram a região. Apenas o cachê de Gusttavo Lima ultrapassaria R$ 700 mil.

“Cuida-se de gasto deveras alto para um município pequeno, com baixa receita, no qual, como apontado pelo Ministério Público da Bahia, o valor despendido com a organização do evento chega a equivaler a meses de serviços públicos essenciais”, diz a decisão de Martins.

O evento estava previsto para ocorrer entre 4 e 13 de junho, e foi inicialmente suspenso na última sexta-feira (3/6) pela juíza Luana Paladino, da Vara Cível de Wenceslau Guimarães, a pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA). O município de Teolândia recorreu da decisão e o evento tinha sido autorizado no sábado (4/6) pelo juiz plantonista do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Alberto Raimundo Gomes dos Santos.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos