DO G1

Corpo de engenheira civil foi localizado em Jardim Monte Verde, no limite entre o Recife e Jaboatão dos Guararapes. Outro corpo foi retirado dos escombros pelos bombeiros em Camaragibe, na Região Metropolitana, também durante a tarde.

Por Priscilla Aguiar, g1 PE

Corpo de Thais Regina Ramos Feitosa foi encontrado por volta das 16h em Jardim Monte Verde — Foto: Priscilla Aguiar/g1

Corpo de Thais Regina Ramos Feitosa foi encontrado por volta das 16h em Jardim Monte Verde — Foto: Priscilla Aguiar/g1

O corpo de uma engenheira civil de 31 anos foi encontrado na tarde desta segunda-feira (30) em Jardim Monte Verde, que fica no limite entre o Recife e Jaboatão dos Guararapes. Outro corpo, identificado por vizinhos como sendo de uma dona de casa de 49 anos, também foi retirado dos escombros de uma barreira que deslizou em Camaragibe, na Região Metropolitana.

Com isso, subiu para 93 o número de mortes confirmadas desde a quarta-feira (25) por causa das chuvas. O balanço mais recente, divulgado pelo governo do estado no final da manhã desta segunda-feira, contabilizou 91 mortes e 26 desaparecidos. Os dois corpos encontrados nesta tarde não estavam incluídos no cálculo.

No Recife, sobre para 93 o número de mortes devido às chuvas; 26 pessoas continuam desaparecidas
 

No Recife, sobre para 93 o número de mortes devido às chuvas; 26 pessoas continuam desaparecidas

De acordo o secretário executivo de Defesa Civil de Pernambuco, tenente-coronel Leonardo Rodrigues, o número de desabrigados está em 6.170.

“Oficialmente temos o número de 6.170 pessoas na condição de desabrigados. [Essas pessoas] Estão em abrigos públicos, nos municípios que instalaram esses recursos. Temos aproximadamente 40 municípios afetados. Estamos diante de um evento que não é visto normalmente”, declarou.

Nesta segunda-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro (PL) sobrevoou algumas regiões afetadas pelas chuvas no Grande Recife. Depois, lamentou a tragédia e anunciou medidas para ajudar as vítimas, em uma entrevista coletiva com os ministros Anderson Torres (Justiça), Carlos Brito (Turismo), Daniel Ferreira (Desenvolvimento Regional), Marcelo Queiroga (Saúde) e Ronaldo Bento (Cidadania).

A solidariedade de moradores de Jardim Monte Verde marcou o 3º dia de buscas por desaparecidos. Vizinhos das vítimas distribuíram comidas e água às pessoas que fazem as buscas, além de montarem pontos de arrecadação de roupas e alimentos para os desabrigados e desalojados.

Sob forte comoção, 11 pessoas da mesma família que morreram devido ao deslizamento em Jardim Monte Verde foram sepultadas no Cemitério de Santo Amaro, no Centro do Recife, na tarde desta segunda (30). Como não havia espaço suficiente para 11 caixões ao mesmo tempo, o velório e o enterro precisaram ser divididos em grupos e quatro túmulos foram utilizados.

Outras famílias que também perderam parentes na tragédia enfrentam dificuldades para liberar corpos na sede do Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, onde dezenas de pessoas recebem a desculpa de que “o sistema caiu”. A Secretaria de Defesa Social disse que mobilizou uma força-tarefa, com médicos legistas voluntários, para acelerar o processo.

Por causa do desastre, as festividades de São João foram suspensas no Recife. O prefeito João Campos (PSB) anunciou que a suspensão possibilita ao município redirecionar R$ 15 milhões em recursos para as ações de amparo às vítimas.

Segundo especialistas, essa tragédia é a maior ocorrida em Pernambuco no século 21 e se aproxima do número de óbitos na enchente histórica de 1975, quando 107 pessoas morreram no Recife.

“O sonho acabou”

Reginaldo disse que filha queria dar uma condição de vida melhor para a família
 

Reginaldo disse que filha queria dar uma condição de vida melhor para a família

O pai da engenheira civil Thais Regina Ramos Feitosa confirmou que o corpo achado em Jardim Monte Verde por volta das 16h era da filha (veja vídeo acima).

Reginaldo Ramos Feitosa, 55, que é motorista de ônibus, contou que estava em casa com ela e a esposa quando uma barreira deslizou, atingiu a casa da família e, em poucos instantes, destruiu muitos sonhos.

“Você que é um assalariado, que é um trabalhador, não tem condições de morar em um lugar melhor. A minha filha sempre dizia que quando se formasse e começasse a trabalhar ia dar uma condição de vida melhor para mim, para mãe dela e para a irmã. Mas o sonho acabou né. Agora é viver com a dor e as lembranças”, disse.

O local onde o corpo de Thais foi achado é o principal ponto de buscas de desaparecidos. No mesmo bairro, mais de 20 pessoas morreram soterradas e tiveram os corpos resgatados da lama. Segundo o Corpo de Bombeiros, ainda há vítimas desaparecidas entre os escombros.

Corpo de Thais Regina Ramos Feitosa foi resgatado nesta segunda em Jardim Monte Verde — Foto: Priscilla Aguiar/g1

Corpo de Thais Regina Ramos Feitosa foi resgatado nesta segunda em Jardim Monte Verde — Foto: Priscilla Aguiar/g1

 

Wilton Porfirio de Santana, 62, está no local acompanhando as buscas pela filha Widilane Maria Silva de Santana, 27, e pelo genro, Werllie Sebastião. Ele disse que tem muita esperança de encontrar os dois com vida (veja vídeo acima).

“A mãe dela disse: traga a minha filha para mim. Eu acredito que ela está viva. Eu tenho a minha esperança. Se nós chegarmos até lá, quem sabe? O pai que deu, ele devolve. O que nos salva é a fé”, afirmou.

O homem queria ajudar nas buscas, mas não foi permitido. Enquanto esperava e recebia o apoio de vizinhos, disse que sentia que estava com as mãos amarradas.

“Bate o desespero porque eu não posso ir, eles não deixam. Eu não tenho nada nos braços, mas parece que eu tenho uma corda. Eu não aguento mais estar esperando, sem acontecer nada e chegar em casa sem nada”, desabafou.

O capitão do Corpo de Bombeiros Carlos Oliveira comanda a operação em Jardim Monte Verde — Foto: Priscilla Aguiar/g1

O capitão do Corpo de Bombeiros Carlos Oliveira comanda a operação em Jardim Monte Verde — Foto: Priscilla Aguiar/g1

O capitão do Corpo de Bombeiros Carlos Oliveira comanda a operação no local. A equipe conta ainda com o apoio de bombeiros do Rio Grande do Norte e militares do Exército Brasileiro.

“A vítima estava em um local de difícil acesso e foi achada com um cão de busca. Ele identificou o possível local em que nós começamos o trabalho. Após a execução das buscas nós localizamos, com a ajuda da comunidade, que nos indicou o local também”, afirmou.

Segundo o capitão, as buscas vão continuar ininterruptamente até que as pessoas que estão desaparecidas sejam encontradas.

“Tínhamos três pontos de busca em um local divididos em três setores, de acordo com a distribuição das casas. Já foram encontradas onze vítimas em um determinado setor, três no centro do do cenário e mais duas neste neste local. Estamos em busca de mais duas para encerrar as atividades no local. E nós só iremos finalizar após encontrarmos todas as vítimas”, afirmou.

Mais um corpo encontrado em Camaragibe

Corpo da dona de casa Rute Soares Nascimento, de 49 anos, é encontrado na comunidade do Areeiro, em Camaragibe, no Grande Recife — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Corpo da dona de casa Rute Soares Nascimento, de 49 anos, é encontrado na comunidade do Areeiro, em Camaragibe, no Grande Recife — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Também na tarde desta segunda-feira (30), o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco encontrou o corpo de umas das vítimas desaparecidas após um deslizamento de barreira na comunidade do Areeiro, em Camaragibe, no Grande Recife.

Ela foi identificada, por vizinhos, como a dona de casa Rute Soares Nascimento, de 49 anos. Os bombeiros informaram que equipes continuam no local buscando outros desaparecidos por causa das fortes chuvas na Região Metropolitana.

Locais onde ocorreram mortes no Grande Recife devido às chuvas — Foto: Arte/g1

 

DO CRREIO BRAZILIENSE

O ator Milton Gonçalves vinha enfrentando problemas de saúde desde que sofreu um AVC em 2020

CS
Cecília Sóter
 

Crédito: Luís Nova/Esp.CB/D.A. Press. O 1º Encontro Nacional de Juízas e Juízes Negros - Enajun, no auditório do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios - TJDFT, com o tema "A identidade negra na magistratura brasileira" - (crédito: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)

Crédito: Luís Nova/Esp.CB/D.A. Press. O 1º Encontro Nacional de Juízas e Juízes Negros – Enajun, no auditório do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios – TJDFT, com o tema “A identidade negra na magistratura brasileira” – (crédito: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)

O ator Milton Gonçalves morreu nesta segunda-feira (30/5), aos 88 anos, no Rio de Janeiro, em decorrência de complicações na saúde que enfrentava desde que sofreu um AVC, em 2020.

A família de Milton Gonçalves confirmou que ator morreu por volta das 12h30, em casa. De acordo com familiares, ele vinha enfrentando problemas de saúde desde que teve um acidente vascular cerebral isquêmico, há dois anos.

Durante o processo de recuperação, Milton ficou com a voz mais baixa que o normal e andava apenas de cadeira de rodas, pois sentia dificuldades na perna esquerda.

Trajetória

Milton Gonçalves nasceu em 9 de dezembro de 1933, em Monte Santo, em Minas Gerais. O ator estreou na TV Globo antes mesmo da inauguração da emissora, em 1965. Lá, ele fez mais de 40 novelas, atuou em programas humorísticos e minisséries de sucesso, como as primeiras versões de Irmãos Coragem (1970), A grande família (1972) e Escrava Isaura (1976).

As séries Carga pesada (1979) e Caso verdade (1982-1986) foram outros trabalhos de destaque do ator.

O artista foi indicado ao prêmio de melhor ator no Emmy Internacional pelo atuação como Pai José na segunda versão da novela Sinhá Moça (2006). Ele foi o primeiro brasileiro a apresentar a premiação. Ao lado da atriz norte-americana Susan Sarandon, ele anunciou o prêmio de Melhor Programa Infanto-juvenil.

A última participação em novela de Milton Gonçalves foi em O Tempo Não Para (2018), interpretando o catador de material reciclável, Eliseu.

O ator mudou-se ainda criança para São Paulo com a família, onde trabalhou como aprendiz de sapateiro, de alfaiate e de gráfico. Ainda na capital paulista, fez teatro infantil e amador. Estreou como profissional 1957 na peça Ratos e Homens, de John Steinbeck.

Ele formou o primeiro elenco de atores da Globo, ao lado de Célia Biar e Milton Carneiro. Milton entrou para a emissora a convite do ator e diretor Otávio Graça Mello, de quem fora companheiro de set no filme Grande Sertão (1965), dos irmãos Geraldo e Renato Santos Pereira.

“Não tinha inaugurado nada ainda. Os três estúdios, aquele auditório, pareciam para mim os estúdios da Universal. O primeiro salário foi 500 cruzeiros. E eu fiquei feliz”, recordou o ator em um depoimento para a TV Globo.

“Olha Maria”, Tamba Trio: [

Tamba neles !!!

BOM DIA!!!

(Gilson Nogueira)

maio
31
Posted on 31-05-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 31-05-2022
TM
Thays Martins
 

 (crédito: Agência Brasil)

(crédito: Agência Brasil)

O pré-candidato a presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou a vantagem sobre o presidente Jair Bolsonaro (PL) na disputa pelo primeiro turno das eleições e alcançou seu melhor resultado até aqui, de acordo com a pesquisa do banco BTG Pactual feita pelo Instituto FSB e divulgada nesta segunda-feira (30/5).

Com a desistência de João Doria (PSDB) pela corrida ao Planalto, o petista passou de 41% para 46% das intenções de voto. Bolsonaro manteve os 32%.

Já em um eventual segundo turno entre os dois, Lula venceria com 54% da intenções de voto contra 35% de Bolsonaro. Resultado também é melhor do que o da última pesquisa, quando o ex-presidente venceria com 52%.

Os impactos da saída de Doria também refletiram no encolhimento da chamada 3º via, que passou de 17% para 13% das intenções de voto. Com isso, de acordo com a pesquisa, oito em cada 10 eleitores irão votar em Bolsonaro ou em Lula. 

Ciro Gomes (PDT) ocupa a terceira posição nas intenções de voto com 9%, seguido por Simone Tebet (MDB) com 2%. 

Ao todo, 72% dos eleitores afirmaram que já estão com a decisão tomada de quem irão votar em outubro, 27% afirmam que ainda podem mudar de candidato. 

Avaliação do governo 

O levantamento também questionou como as pessoas avaliam a gestão de Bolsonaro. Para 50% da população, a gestão é ruim ou péssima e 60% desaprova o presidente, enquanto 35% aprovam o chefe do Executivo.

O instituto ouviu 2 mil pessoas entre 27 e 29 de maio.

maio
31
Posted on 31-05-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 31-05-2022
Gilmar Fraga / Agencia RBS
Gilmar Fraga no jornal Zero Hora (RBS)

maio
31
Posted on 31-05-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 31-05-2022
Parte da sigla afirma que uma candidatura própria da União Brasil no maior colégio eleitoral do país seria importante para aumentar a bancada em 2023
Ala do União Brasil quer Moro candidato ao governo de São Paulo
 

Uma ala da União Brasil liderada pelo vice-presidente da sigla Junior Bozzella tenta convencer o ex-juiz Sergio Moro (foto, ao lado de Alexandre Frota) a lançar candidatura ao governo do estado de São Paulo.

Segundo Bozzella, uma candidatura própria da União Brasil no maior colégio eleitoral do país seria importante para aumentar a bancada da sigla a partir de 2023 e para dar palanque a Luciano Bivar, que será candidato à Presidência da República.

“É racional fazer essa discussão”, disse Bozzella para este site.

“Temos que pensar com inteligência. Uma candidatura de Moro em São Paulo pode dar um palanque muito bom. Você aumenta aí tranquilamente 7 ou 8 deputados federais. A Rosângela passa a herdar a candidatura do Moro, aumenta tempo de TV, fundo eleitoral e a bancada, a partir de 2023, para ter protagonismo no Congresso Nacional”, acrescentou.

“O Moro é soldado. Ele entende hoje o universo, o contexto partidário, as coisas se desenhando. Acho que ele não teria dificuldade alguma em encampar esse projeto”, acrescentou o vice-presidente da sigla.

Também há uma preocupação dessa ala que, ao se unir com o PSDB de Rodrigo Garcia, os tucanos possam ser os maiores beneficiados com o tempo de TV da União Brasil.

Moro, por sua vez, tem ficado animado com uma potencial candidatura ao Senado. E os números mostram que hoje o ex-juiz é o segundo nas intenções de voto, atrás apenas do apresentador Datena.

  • Arquivos