maio
29
Postado em 29-05-2022
Arquivado em (Artigos) por vitor em 29-05-2022 00:46

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

 TRANSFORMARAM-SE EM TRAGÉDIA AS CHUVAS TORRENCIAIS ANUNCIADAS PARA RECIFE, REGIÃO METROPOLITANA DA CAPITAL E LITORAL DE PERNAMBUCO PELO SERVIÇO NACIONAL DE METEOROLOGIA ATRAAVÉS DOS PRINCIPAIS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO DO PAÍS.

Somente este sábado, a Defesa Civil confirmou 25 mortes na região do Grande Recife. Previsão é que a chuva só diminua na segunda-feira

CB
Correio Braziliense
 

 (crédito: Nando Chiappetta/Arquivo DP)

(crédito: Nando Chiappetta/Arquivo DP)

As chuvas que castigam Pernambuco desde segunda-feira já deixaram mais de 30 mortos. Somente neste sábado (28/5), a Defesa Civil confirmou 25 mortes na região metropolitana de Recife. Segundo a previsão do tempo, ainda deve chover no estado no domingo, dando uma trégua a partir da próxima segunda-feira (30/5).

As equipes da Codecipe e do Corpo de Bombeiros foram reforçadas na Mata Sul com a instalação de uma base remota na cidade de Palmares. Na manhã deste sábado, 20 municípios da Grande Recife registraram precipitações acima de 100 mm, entre os quais o Recife (209mm), Jaboatão dos Guararapes (215mm) e São Lourenço da Mata (200,2mm). Itapissuma foi a cidade com maior notificação atingindo 318mm.

A Defesa Civil recomenda que a população que reside nas áreas de risco, deve se manter em alerta sobretudo no período da noite, onde há maior dificuldade de visibilidade e, ao menor sinal de perigo, sair da área e procurar abrigar-se em um local seguro, ou casa de parente levando principalmente seus documentos pessoais. O aeroporto da capital foi fechado na manhã deste sábado e um muro precisou ser construído para tentar conter a força das águas.

Em entrevista à GloboNews, o prefeito da capital Recife, João Campos (PSB), disse que o “nível de transtorno é muito alto” e lembrou de 2010, quando as chuvas deixaram mais de 80 mil desabrigados. Ele garantiu que a Defesa Civil fez mais de 30 mil visitas em pontos críticos para evitar mais enchentes, mas fez um apelo à população.

“As 32 famílias que estão em áreas de risco devem procurar abrigo em casa de familiares e amigos, nas 14 escolas municipais ou em abrigos da prefeitura. Vamos prover tudo que for necessário para garantir a segurança deles, o direito ao abrigamento e à alimentação”, afirmou o prefeito, que conta a colaboração do governo estadual. “Nossa prioridade é salvar vidas”, finalizou.

*Com agências e Diário de Pernambuco

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos