maio
24
Posted on 24-05-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 24-05-2022
 Pedro Cerize publicou no Twitter:

“Eu vou votar em Simone Tebet!

Disclaimer: toda vez que declaro voto em alguém, o sistema degola o candidato”.

Eu também passei por isso: com Mandetta, com Amoedo, com Leite, com Moro.

No caso de Tebet, ela só tem alguma chance de não ser degolada se continuar com 1% nas pesquisas até o comecinho da campanha eleitoral.

O sistema já mostrou o que quer: um candidato para ser derrotado.

“La piú bella del mondo”, Fred Bongusto: extraordinária canção do melhor repertório  romântico da música italiana, na refinada interpretação de Bongusto. Confira.

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

Ex-governador de São Paulo vinha sofrendo pressões internas dentro do partido para que saísse da disputa

CB
Correio Braziliense
 

 (crédito: Ana Rayssa/CB/D.A Press)

(crédito: Ana Rayssa/CB/D.A Press)

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou, nesta segunda-feira (23/5), que desistiu da pré-candidatura à Presidência da República. O anúncio foi feito em pronunciamento na Zona Sul de São Paulo. Doria enfrentava grande resistência do partido para que ele concorresse ao Planalto. “Me retiro da disputa com a alma leve”, afirmou. 

Ao lado do presidente do partido, Bruno Araújo, e muito emocionado, Doria não disse qual será o seu destino na política e nem no PSDB. Mas afirmou que acredita nas decisões do partido. “O PSDB saberá tomar a melhor decisão”, disse. 

A legenda deverá se reunir nesta terça-feira (24) para definir como se posicionará nas eleições presidenciais. Doria ganhou as eleições internas do partido para ser o candidato no fim do ano passado em disputa com o ex-governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

Porém, a Comissão Executiva da legenda já tinha decidido apoiar, ao lado do Cidadania, a candidata do MDB, senadora Simone Tebet (MS), em uma chapa única. 

maio
24
Posted on 24-05-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 24-05-2022
Duke no jornal O Tempo (MG)

maio
24

DO CORREIO BRAZILIENSA

O deputado federal David Miranda apresentou um projeto de lei para obrigar que candidatos à Presidência a participem de ao menos três debates promovidos pela imprensa durante a campanha eleitoral

AE
Agência Estado

 (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

O deputado federal David Miranda (PDT-RJ) protocolou um projeto de lei (PL) para obrigar que candidatos à Presidência e aos governos estaduais participem de ao menos três debates promovidos pela imprensa durante a campanha eleitoral.

A proposta de Miranda implica que a obrigatoriedade incida somente sobre candidatos com mais de 3% das intenções de voto em pesquisas registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Como punição pelo descumprimento, o projeto sugere multa de R$ 50 mil a R$ 150 mil e interdição dos recursos do fundo partidário por um ano.

Mas como as regras para a eleição deste ano já estão definidas no código eleitoral e em resoluções do TSE, o projeto, se aprovado, só teria efeito no pleito de 2026.

Em 2018, o então candidato à Presidência Jair Bolsonaro alegou que sua ausência nos debates foi motivada pela facada recebida em setembro daquele ano. Depois, admitiu que não iria debater com o candidato do PT, Fernando Haddad, por “estratégia”. Naquela campanha, ele participou de apenas dois debates.

  • Arquivos