maio
11
Posted on 11-05-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 11-05-2022

DO CORREIO BRAZILIENSE

Os candidatos polarizados são seguidos por Ciro Gomes (3,8%), João Doria (0,9%), André Janones (0,5%), Outros (1,2%), Branco/nulo (5,8%) e Indeciso (27,1%)

DH
Deborah Hana Cardoso
 

 (crédito: AFP)

(crédito: AFP)

Nova pesquisa do Instituto MDA Pesquisa, encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgada nesta terça-feira (10/5), mostra que, para o voto espontâneo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) continua à frente (33,4%) contra Bolsonaro (27,3%). Os candidatos polarizados são seguidos por Ciro Gomes (3,8%), João Doria (0,9%), André Janones (0,5%), Outros (1,2%), Branco/nulo (5,8%) e Indeciso (27,1%).

 Já no voto estimulado, o petista aparece com 40,6% das intenções de voto enquanto Bolsonaro fica com 32%. Ambos são seguidos por Ciro Gomes (7,1%), João Doria (3,1%), André Janones (2,5%), Simone Tebet (2,3%), Felipe D’Avila (0,3%), Branco/nulo (5,1%) e Indeciso (7,0%).

“É Preciso Dizer Adeus”, Gal Costa: Tom Gal !!! Bom Dia !!! Sempre !!!

BOM DIA!!!

(Gilson Nogueira)

maio
11
Posted on 11-05-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 11-05-2022

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

Ex-juiz participou de congresso nesta terça (10/5) que trata do combate à lavagem de dinheiro

VC
Victor Correia

 (crédito: Agência Brasil/ARQUIVO)

(crédito: Agência Brasil/ARQUIVO)

O ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) defendeu nesta terça-feira (10/5) o fim do foro privilegiado, criticou o retrocesso do país no combate à corrupção e classificou o Brasil como uma “República de privilégios”. Ele participou da abertura da 4ª edição do Congresso Internacional de Prevenção e Combate à Lavagem de Dinheiro e ao Financiamento do Terrorismo e Proliferação de Armas de Destruição em Massa (PLD-FTP).

“É uma vergonha institucional que essa pauta (combate à corrupção) tenha sido abandonada”, disse o ex-juiz. Segundo Moro, o país retrocedeu nessa área nos últimos anos.

Reformas

Por ser ano eleitoral, o ex-ministro da Justiça defende a construção de uma robusta agenda de reformas institucionais para enfrentamento dos crimes de lavagem de dinheiro e seus antecedentes. Entre as reformas sugeridas por Moro estão o fim do foro privilegiado e a volta da execução em segunda instância. “Precisamos acabar com o foro privilegiado. Nós ainda somos uma República de privilégios, sejam privilégios tributários, benefícios econômicos específicos. E temos o principal exemplo jurídico dele que é o foro privilegiado”, pontuou.

Sobre a volta da execução em segunda instância, o ex-juiz afirmou que o sistema de Justiça brasileiro é, na prática, manipulável. Para ele, o acusado que tem recursos para arcar com um bom advogado pode levar seu processo a diversas instâncias para evitar a execução da pena.

“De nada adianta nós termos sistemas excelentes para detecção de operações de lavagem de dinheiro, se essas detecções não gerarem depois consequências jurídicas para os infratores da lei. Ou se as consequências forem a identificação da operação, sem que isso gere consequências, a eficácia do sistema fica comprometida”, ressaltou Moro.

maio
11
Posted on 11-05-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 11-05-2022
Gilmar Fraga / Agencia RBS
Gilmar Fraga no jornal Zero Hora(RS) 

maio
11
Posted on 11-05-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 11-05-2022
 DO SITE O ANTAGONISTA
  • Redação O Antagonista
Presidente do Cidadania elogia nota do PSDB e defende unidade entre os dois partidos e o MDB, da pré-candidata Simone Tebet
Freire: “Candidatura única é uma necessidade”
 

Roberto Freire, presidente do Cidadania, ainda acredita em candidatura única ao Planalto com apoio do seu partido, PSDB e MDB.

“A candidatura única é uma necessidade e estamos trabalhando com todo o afinco para concretizá-la”, disse ele a O Antagonista.

A União Brasil, como noticiamos, pulou fora do chamado “centro democrático” e decidiu investir na pré-candidatura de Luciano Bivar e chapa pura.

Há pouco, o PSDB divulgou uma nota defendendo que, mesmo sem a União, o que sobrou do grupo deve continuar unido.

“Eu entendo como sendo mais uma confirmação de que o partido [o PSDB] deseja a unidade entre os três partidos e, para tanto, estão dando total apoio ao seu presidente, Bruno Araújo”, acrescentou Feire a este site.

  • Arquivos