maio
06

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

Em coletiva nesta quinta-feira (5/5), o encarregado de negócios da embaixada ucraniana disse ainda tentar contato com o PT para marcar uma reunião, mas que não obteve resposta

VC
Victor Correia
 

 (crédito: Victor Correia/CB/DA.PRESS)

(crédito: Victor Correia/CB/DA.PRESS)

O encarregado de negócios da Ucrânia no Brasil, Anatoliy Tkach, rebateu nesta quinta-feira (5/5) as declarações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre a guerra com Rússia, defendendo que elas “não correspondem à situação atual ao nível das relações estratégicas entre Ucrânia e Brasil”.

O porta-voz disse ainda que a embaixada ucraniana tenta contato com o Partido dos Trabalhadores, mas ainda não obteve resposta. De acordo com o partido, contudo, o contato ainda não foi recebido. 

“A guerra continua já há oito anos com a ocupação ilegal da península da Crimeia. Naquele momento, ninguém falava sobre a Otan [Organização do Tratado do Atlântico Norte]”, disse o encarregado, em coletiva a jornalistas na tarde de hoje. “Desde então, não recebemos nenhum sinal claro de aprovação, ou da instalação de bases militares. A Ucrânia sempre foi a favor da resolução política e diplomática.”

“Es tan dificil”, Bola de Nieve:magia da voz do piano e da música romântica de Cuba na interpretação de um de seus maiores artistas de todos os tempos e de sucesso mundial. Confira.

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

 

maio
06

do correio braziliense:

Líder da Igreja Católica tem 85 anos e afirmou ter rompido um ligamento no joelho; essa é a primeira vez que o pontífice aparece de cadeira de rodas

CG
Camilla Germano
 

Esta foto de folheto tirada e divulgada em 5 de maio de 2022 pela assessoria de imprensa do Vaticano, a Vatican Media, mostra o Papa Francisco em cadeira de rodas reunindo peregrinos em uma audiência aos participantes da Assembleia Plenária da União Internacional dos Superiores Gerais no salão Paulo VI no Vaticano. - (crédito: AFP PHOTO / VATICAN MEDIA)

Esta foto de folheto tirada e divulgada em 5 de maio de 2022 pela assessoria de imprensa do Vaticano, a Vatican Media, mostra o Papa Francisco em cadeira de rodas reunindo peregrinos em uma audiência aos participantes da Assembleia Plenária da União Internacional dos Superiores Gerais no salão Paulo VI no Vaticano. – (crédito: AFP PHOTO / VATICAN MEDIA)

Pela primeira vez, o papa Francisco apareceu em público usando uma cadeira de rodas nesta quinta-feira (5/5). O religioso precisou ser empurrado por um auxiliar na cadeira durante uma audiência com um grupo de freiras após sentir fortes dores no joelho.

Aos 85 anos, Francisco iniciou em março de 2022 o 10º ano de pontificado e nas últimas semanas participou de eventos e audiências sentado, pelas fortes dores que estava sentindo.

Na terça-feira (3/5), o religioso deu uma entrevista para o jornal italiano II Corriere della Sera e anunciou que precisará fazer um procedimento de “infiltrações no joelho” e que precisou cancelar compromissos agendados. “Estou assim há algum tempo, não posso caminhar”, relatou.

O procedimento consiste em injetar diretamente na articulação alguns medicamentos com efeito anti-inflamatório, analgésico ou regenerativo. Fontes no Vaticano indicam que Francisco não precisará passar por uma cirurgia após a infiltração.

Vale lembrar que o pontífice tem problemas crônicos de ciática e que também foi submetido, em julho de 2021, a uma operação de cólon.

 

*Com informações da Agence France-Presse

maio
06
Posted on 06-05-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 06-05-2022
Fraga no jornal Zero Hora (RS)F
Charge de Gilma Fraga sobre a terceira via, política. Para a edição de 02 de maio de 2022 de ZH.<!-- NICAID(15083224) -->
Fraga no jornal Zero Hora (RS)

maio
06
Posted on 06-05-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 06-05-2022
  • Redação O Antagonista
Filmado pela manifestante, incidente aconteceu num hotel em São Paulo, na semana passada, em evento com a presença do ex-presidente e da presidente do PT
Vídeo: Gleisi diz ter vontade de “dar um tapa” em manifestante contra Lula
 

Gleisi Hoffmann (foto) disse ter vontade de “dar um tapa” em uma mulher que se manifestou contra a presença de Lula num evento em um hotel de São Paulo, na semana passada.

No vídeo filmado pela própria manifestante, que circulou nesta quinta-feira (5) pelas redes sociais, ela grita “Lula nunca mais!” em direção à comitiva do PT durante a passagem do ex-presidente por um dos corredores do hotel.

“Por que você não vai embora? Saia”, responde Gleisi. “Você também nunca mais”, rebate a manifestante. A presidente do PT se vira para quem a está acompanhando e comenta: “Dá vontade de ir lá e dar um tapa”. Em seguida, Gleisi se afasta.

Clique no vídeo abaixo para assistir.

Notícias relacionadas:

  • Arquivos