abr
22

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

Roma é pré-candidato ao governo da Bahia e fez discurso voltado à reeleição do presidente Bolsonaro em Porto Seguro

IS
Ingrid Soares
 

 (crédito: Reprodução/TV Brasil)

(crédito: Reprodução/TV Brasil)

O ex-ministro da Cidadania João Roma afirmou, nesta sexta-feira (22/4), que o presidente Jair Bolsonaro (PL) “salvou da forca o novo Tiradentes do Brasil”, em referência ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), que recebeu indulto extinguindo a pena de prisão estipulada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na quarta-feira (20). A declaração ocorreu durante a cerimônia em homenagem aos 522 anos de chegada dos portugueses ao país, ocorrida em Porto Seguro (BA). Roma é pré-candidato ao governo da Bahia e fez discurso voltado à reeleição do presidente.

“No dia 21 de abril deste ano, mais um episódio na história da nossa República: Bolsonaro salvou da forca o novo Tiradentes do Brasil. Ele, com muita coragem, enfrentou estruturas para que nossa democracia seja cada vez mais fortalecida, para que as instituições estejam equilibradas. Mas que todos eles se lembrem que nós não temos pagadores de impostos para sustentar uma burocracia que olhe para o seu umbigo, mas precisa, sim, de gestores públicos que olhem para o seu povo sofrido. É esse Brasil que queremos. É esse Brasil que não abandonaremos. É com esse Brasil e com Bolsonaro que estaremos juntos em 2022 para que a Bahia esteja ao lado do Brasil”, apontou.

“Esse Brasil, neste ano de 222, precisa olhar agora o seu futuro, de forma certeira e manter de forma muito clara o que nós queremos em defesa de todos os nossos valores. Esse Brasil que sabe muito bem onde quer chegar, esse Brasil que sabe muito bem o jeito de caminhar, o jeito de retidão, da verdade, o jeito para defender a família, a liberdade com Deus acima de todos”, concluiu.

O prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal também comentou o caso Silveira. “Ontem, Vossa Excelência deu um presente a Porto Seguro e ao povo brasileiro que foi o indulto do nosso Daniel Silveira”, disse, com Bolsonaro sendo ovacionado ao som de “mito”.

Natal caracterizou os ministros da Suprema Corte como “covardes” e falou em “dar o troco” com a reeleição de Bolsonaro e a escolha de novos magistrados ao STF.

“Todo o povo brasileiro comemorou, sim, o seu ato contra aqueles covardes que dizem que representam o nosso Judiciário. É uma vergonha que nós temos em nosso país, mas, com a sua reeleição, nós vamos dar o troco a todos eles. O povo brasileiro se orgulha muito de Vossa Excelência, tem orgulho do presidente e não tem vergonha de dizer que o nosso presidente é Jair Messias Bolsonaro”, finalizou. A plateia ovacionou o discurso ao som de “Lula na prisão, Bolsonaro é capitão”.

Be Sociable, Share!

Comentários

Taciano Lemos de Carvalho on 22 Abril, 2022 at 23:50 #

Ô, Bahia dos absurdos: João Roma sobre Daniel Silveira: “Bolsonaro salvou da forca o novo Tiradentes”

Ô minha Bahia dos absurdos. Minha Bahia dos absurdos e, vejo agora, dos horrores.

Só podia ser gente do PL raiz, isto é, do centro do Centrão, para ter a cara de pau de tentar comparar o machão quebrador de placa da assassinada Marielle, com o Herói Nacional Tiradentes.

Alguém já disse alguma coisa mais ou menos assim:

Tem gente no Brasil que até hoje é seguidora do Joaquim Silvério dos Reis, o traidor. Outras pessoas preferem ser seguidores de outro Joaquim, o Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, o Herói Brasileiro que morreu por querer sua Pátria liberta dos colonizadores.

Friso que hoje ainda existem colonizadores “modernos”, alguns países e seus bancos controladores de nações e economias. Sempre ajudados —os colonizadores— pelos seguidores do traidor Joaquim Silvério dos Reis.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos