abr
19
Postado em 19-04-2022
Arquivado em (Artigos) por vitor em 19-04-2022 00:16

DO CORREIO BRAZILIENSE

“Apurar o quê? Os caras já morreram tudo, pô. Vai trazer os caras do túmulo de volta?”, debochou, na chegada ao Palácio do Planalto, nesta segunda-feira (18/4)

IS
Ingrid Soares
 

 (crédito: AFP / Sergio LIMA)

(crédito: AFP / Sergio LIMA)

O vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) ironizou, nesta segunda-feira (18/4), a possível investigação de casos de tortura na ditadura militar. Sessões do Superior Tribunal Militar entre 1975 e 1985 revelam denúncias no Brasil, de acordo com áudios inéditos analisados pelo historiador Carlos Fico, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O general riu ao dizer disse que “os caras já morreram tudo” e questionou: “Vai trazer os caras do túmulo de volta?”

“Apurar o quê? Os caras já morreram tudo, pô. Vai trazer os caras do túmulo de volta?”, debochou, na chegada ao Palácio do Planalto.

Mourão completou que o assunto é “passado”. “História, isso já passou, né? É a mesma coisa que a gente voltar para a ditadura do Getúlio (Vargas). São assuntos já escritos em livros, debatidos intensamente. É passado, faz parte da História do país.”

“É lógico, você tem que conhecer a História. A História, ela sempre tem dois lados ao ser contada. Então, vamos lembrar: aqui houve uma luta, dentro do país, contra o Estado brasileiro, por organizações que queriam implantar a ditadura do proletariado aqui. Era um regime que na época atraía, vamos dizer assim, uma quantidade grande da juventude brasileira e, também, parcela da sociedade, mas que perderam essa luta. Ah, houve excessos? Houve excesso de parte a parte.”

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos