abr
07
Postado em 07-04-2022
Arquivado em (Artigos) por vitor em 07-04-2022 00:44

DO CORREIO BRAZILIEN

Segundo nota, o público gritou “Fora Bolsonaro” em diversos momentos, e que em determinado momento um grupo decidiu se manifestar contra o ex-presidente petista

CB
Correio Braziliense
 

Imagem do show da banda Ira em Serra, no Espírito Santo - (crédito: Reprodução/Instagram/@oficialira/Rodrigo Kokkolakis)

Imagem do show da banda Ira em Serra, no Espírito Santo – (crédito: Reprodução/Instagram/@oficialira/Rodrigo Kokkolakis)

Após um vídeo em que fãs da banda Ira puxam gritos de “Lula ladrão seu lugar é na prisão” viralizar, a banda resolveu se pronunciar sobre o caso. As imagens foram feitas durante o show do grupo em Recife, no último sábado (2/4).

Em nota ao Correio, a assessoria da Ira informou que durante vários momentos da apresentação a própria plateia puxou gritos de “Fora Bolsonaro”, e que a banda se manifestou em refrões da música, mas que não houve propaganda política. “Não houve discurso pró candidato A, B ou C, não foram mencionadas as palavras Lula ou qualquer coisa do tipo, não fazemos campanha prá ninguém”, afirma o texto.

O que foi captado em vídeo é um momento em que fãs da banda entoam cantos contra Lula, mas segundo a nota, o vocalista da banda Ira, Nasi, nem percebe os cantos e no momento da gravação ele aparece falando sobre uma música da banda. “Não estava comentando nada de política”, diz a nota. 

O vídeo com gritos contra Lula foi gravado por um grupo que estava a quase 100 metros do palco, segundo a assessoria, como resposta a palavras de ordem contra Bolsonaro gritadas por outros fãs. De acordo com a assessoria, o vídeo foi editado e não é uma resposta ao posicionamento da banda. “Era um duelo interno de fãs, cada um pelo seu presidente e o IRA! e seu show nada tinha com isso”, diz nota. 

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos