abr
02
Postado em 02-04-2022
Arquivado em (Artigos) por vitor em 02-04-2022 00:39

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

Em pronunciamento na tarde desta sexta-feira (1º/4), Moro disse que não será candidato a deputado federal e afirmou que sua mudança para o União Brasil foi feita para articular a unificação da terceira via

VC
Victor Correia
 

 (crédito: Evaristo Sa/AFP )

(crédito: Evaristo Sa/AFP )

O ex-juiz Sergio Moro voltou atrás nesta sexta (1º/4) e rasgou a nota divulgada ontem em suas redes sociais, na qual anunciava a sua desistência de concorrer à Presidência da República. Ele anunciou também que não será candidato a deputado federal.

“Preciso esclarecer a todos que eu não desisti de nada”, disse Moro, em pronunciamento transmitido pelo seu perfil no Instagram. “Não tenho ambição por cargos. Se tivesse, teria permanecido juiz federal ou ministro da Justiça. Também não tenho necessidade de foro privilegiado ou outros privilégios que sempre repudiei e defendo a extinção. Aliás, não serei candidato a deputado federal”, continuou.

O ex-juiz se colocou como a primeira liderança a realizar tal gesto político para permitir a união da terceira via, e cobrou “atos de desprendimento” de Luiz Felipe D’Ávilla, João Doria, Eduardo Leite, Simone Tebet, André Janones, e lideranças partidárias.

 
 “Hoje, no Brasil, quem lidera a formação desse polo político é Luciano Bivar, presidente do União Brasil, dialogando com as demais forças políticas de centro”, disse. “Em meu novo partido, o União Brasil, serei um soldado da democracia”, ressaltou.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos