mar
21

DO CORREIO BRAZILIENSE

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes revogou, na tarde deste domingo (20), a decisão que determinava o bloqueio do aplicativo Telegram em todo o país. O ultimato ao aplicativo ocorreu na última sexta-feira (20).

MP
Michelle Portela
 

 (crédito: Rosinei Coutinho/SCO/STF)

(crédito: Rosinei Coutinho/SCO/STF)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes revogou, na tarde deste domingo (20/3), a decisão que determinava o bloqueio do aplicativo Telegram em todo o país. O ultimato ao aplicativo ocorreu na última sexta-feira (18/3). 

Segundo Moraes, a revogação foi definida porque o Telegram cumpriu as determinações judiciais que estavam pendentes, as mesmas que levaram o ministro a definir a suspensão do mensageiro.

“Diante do exposto, considerado o atendimento integral das decisões proferidas em 17/3/2022 e 19/3/2022, revogo a decisão de completa e integral suspensão do funcionamento do Telegram no Brasil, proferida em 17/3/2022, devendo ser intimado, inclusive por meios digitais – , o Presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Wilson Diniz Wellisch, para que adote imediatamente todas as providências necessárias para a revogação da medida, comunicando-se essa Corte, no máximo em 24 horas”, escreveu Moraes na nova decisão pela revogação da suspensão do uso do app no país.

Tags

“Uno”, Susana Rinaldo: de Discepolo e Mariano Mores, um dos maiores e mais queridos tangos de sempre pelos portenhos, para começar a primeira semana de de de abril no Bahia em Pauta.Viva

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

mar
21
Posted on 21-03-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 21-03-2022
Em discurso para apoiadores do MST, o petista atacou o ex-juiz e o chamou de “figura grotesca”
Moro rebate Lula: “Defenderei a propriedade pública contra os assaltos do PT”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

No Twitter, Sergio Moro (foto) respondeu neste domingo (20) às provocações de Lula feitas durante discurso para apoiadores do MST, no Paraná. O petista atacou o pré-candidato à Presidência pelo Podemos e chamou Moro, entre outras coisas, de “figura grotesca”.

“Lula sinaliza apoio à retomada das invasões de terra e aproveita a oportunidade para me ofender, omitindo o roubo à Petrobras. Defenderei não só a propriedade privada, mas também a pública contra os assaltos do PT e seus parceiros”, escreveu Moro.

“Ao invés de estimular a invasão de terras e conflitos entre brasileiros, precisamos discutir como melhorar a vida de milhões de pessoas, vítimas da inflação, da fome e do desemprego em nosso país.

mar
21
Posted on 21-03-2022
Filed Under (Artigos) by vitor on 21-03-2022

Amarildo na Gazeta (ES)

 

Arislan Santos Matos foi morto a tiros na zona rural de Itagi, cidade onde atuava como diretor de cultura — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Arislan Santos Matos foi morto a tiros na zona rural de Itagi, cidade onde atuava como diretor de cultura — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O diretor de cultura da prefeitura de Itagi, cidade do sudoeste baiano, foi encontrado morto na manhã deste domingo (20), na zona rural do mesmo município.

De acordo com a Coordenadoria de Polícia Civil de Jequié, que atende a região, Arislan Santos Matos, de 33 anos, foi achado com marcas de tiros pelo corpo, na estrada que dá acesso a Palmeira do Pau Brasil, zona rural de Itagi. Diante das circunstâncias, a linha de investigação policial é homicídio.

A autoria e motivação são investigadas. Guias foram expedidas e o corpo do diretor de cultura foi encaminhado para necropsia. Ainda não há detalhes sobre sepultamento. Ele era casado e deixa filhos.

Por meio de nota, a prfeitura de Itagi emitiu nota de pesar pelo falecimento de Arislan Matos. Destacou que além de um excelente profissional, ele era apaixonado pela cidade, pela arte e pela cultura.

Nota de pesar emitida pela prefitura de Itagi, na Bahia, após a morte de Arislan Santos Matos — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Nota de pesar emitida pela prefitura de Itagi, na Bahia, após a morte de Arislan Santos Matos — Foto: Reprodução/Redes Sociais

  • Arquivos