dez
10

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

Os pré-candidatos à Presidência participaram virtualmente do seminário Desafios 2022: Para onde vai o Brasil, promovido pelo Correio Braziliense e transmitido via redes sociais nesta quinta-feira (9/12)

GC
Gabriela Chabalgoity*
GB
Gabriela Bernardes*
ME
Maria Eduarda Angeli*
 

 (crédito: Reprodução/CorreioBraziliense)

(crédito: Reprodução/CorreioBraziliense)

O ex-ministro da Justiça e pré-candidato à Presidência pelo Podemos, Sergio Moro, frisou repetidamente nesta quinta-feira (9/12) a importância do combate à corrupção, deixando claro que essa será sua principal bandeira, caso se consolide como candidato ao Executivo. Ele e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), deram depoimento em vídeo para o seminário Desafios 2022: Para onde vai o Brasil, promovido pelo Correio Braziliense e transmitido via redes sociais. O evento levanta o questionamento sobre os rumos do país, que ecoa nos espaços de debate político e econômico dada a proximidade das eleições de 2022.

Para Moro, a corrupção também afeta a produtividade do setor privado, “gera aquilo que nós chamamos de capitalismo de compadrio”, justificou. O termo citado pelo ex-juiz descreve uma economia em que o sucesso nos negócios depende da proximidade das relações entre os empresários e a classe política. “Não tem como você ser um governo eficiente e competente se você for um governo altamente corrupto”, completou.

O pré-candidato disse ser necessário pensar os reveses sofridos no país atualmente. Segundo ele, há “leis sendo alteradas para dificultar o combate à corrupção, tribunais anulando condenações de criminosos por motivos meramente formais”.

“Claro que emprego, renda, combate à desigualdade, tudo isso é fundamental. Mas a gente não pode deixar essa bandeira de combate à impunidade e à corrupção para trás. Podemos, sim, seguir adiante, fazendo mais de uma coisa ao mesmo tempo, e vocês podem ter certeza de que trabalhar por uma boa causa vai favorecer o trabalho para as demais”, finalizou.

Doria

Também em depoimento ao Correio Debate, nesta quinta-feira, o pré-candidato à Presidência João Doria (PSDB) alertou para a necessidade de mudanças no Brasil, que resgatem a esperança e a fé da população. “Um Brasil que precisa reduzir a dimensão da pobreza, precisa gerar empregos, precisa proteger a saúde da sua população, respeitar o meio ambiente e se recuperar economicamente”, destacou em vídeo.

Aposta do PSDB, Doria elogiou a vanguarda do Correio em promover um debate tão relevante. “Parabéns ao Correio Braziliense, que está sempre à frente das causas e dos temas que podem mover o Brasil”, concluiu.

Moro e Doria se encontraram na semana passada, na casa da presidente do Podemos, Renata Abreu, e estabeleceram uma espécie de acordo de paz: não atacarão um ao outro. Uma nova reunião está agendada entre o governador e o ex-ministro para o fim do mês de janeiro. O período de convenções, quando serão definidos os candidatos à Presidência da República, ocorrerá entre 20 de julho e 5 de agosto de 2022.

*Estagiárias sob a supervisão de Andreia Castro

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2021
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031