nov
17
Postado em 17-11-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 17-11-2021 00:21

DO CORREIO BRAZILIENSE

Índice de vacinação brasileira vem crescendo e supera o dos americanos, mesmo com o Brasil enfrentando problemas na compra e escassez dos imunizantes

BL
Bernardo Lima*
 

 (crédito: Minervino Júnior/CB)

(crédito: Minervino Júnior/CB)

O Brasil superou os Estados Unidos na taxa de população totalmente vacinada contra o covid-19. De acordo com a plataforma Our World in Data, vinculada à Universidade de Oxford, atualmente 59,75% dos brasileiros receberam duas doses ou dose única, contra 57,62% dos americanos.

A vacinação começou mais cedo nos Estados Unidos. A primeira vacina aplicada foi em 14 de dezembro de 2020, quando uma enfermeira de um hospital do Queens, em Nova York, recebeu a aplicação da primeira dose da Pfizer. Enquanto isso, no Brasil, a primeira dose contra a covid-19 foi aplicada em 17 de janeiro, pouco mais de um mês após, quando a funcionária do Hospital Emílio Ribas Mônica Calazans foi vacinada com a CoronaVac, produzida no país pela farmacêutiva Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Em números absolutos o Brasil aplicou menos doses do que os EUA. A diferença na proporção acontece porque a população americana é maior.

O Brasil tem 127,9 milhões de pessoas que receberam as duas doses ou o imunizante de dose única. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população brasileira é de 213,2 milhões. Já nos Estados Unidos , 195.275.904 de cidadãos foram imunizados completamente, com uma população de 331,8 milhões, segundo o censo americano US Census Bureau.

*Estagiário sob a supervisão de Andreia Castro

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2021
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    2930