out
09
Postado em 09-10-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 09-10-2021 00:47

 

ACM Neto atua para impedir candidatura de João Roma ao governo da Bahia, diz jornal | Política | BNews
João Roma x ACM Neto: de amigos inseparáveis a grandes inimigo na Bahia.

ARTIGO DA SEMANA

Roma: Troia de Bolsonaro no reino de ACM Neto
 

Vitor Hugo Soares

Espécie simbólica e atual do “cavalo de
Troia”, dos tempos temerários da Covid 19 e do bolsonarismo, o deputado João Roma, eleito com empenho a ferro e fogo de ACM Neto, então prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, aportou na Bahia,  semana passada, como o diabo gosta. E, a exemplo do que tem feito, de forma cada vez mais audaciosa e desafiadora, vestido na pele de todo poderoso ministro da Cidadania, partiu para cima do ex “padrinho e irmão” (como ele chamava Neto, ­em passado recente, antes de virar novo ponta de lança do mandatário sem partido, Jair Bolsonaro). O novo  adversário figadal do neto de ACM  (“o original” no dizer de Mario Kertész) confirmou, em polêmica entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, sua candidatura a governador do estado, já anunciando a prioridade de seu programa de campanha: “A Bahia precisa de um governo que tenha um olhar especial para a segurança”, em manchete do diário baiano.

Sacudiu o sossegado, e até poucos dias previsível, terreiro do quarto maior colégio de votos do País: com o PT(do ex-presidente Lula e do governador Rui Costa), no palanque do senador e ex-ministro Jaques Wagner, que tenta voltar ao Palácio de Ondina, à esquerda, e ACM Neto, do DEM agora unido ao PSL (União Brasil), na centro direita. E eis que o inesperado faz uma surpresa com o personagem que parece saído dos livros de história sobre a guerra dos gregos contra Tróia nos cordéis nordestinos. O ex-amigo “do peito, tido como aliado fiel”, de repente aparece em Salvador para bagunçar o coreto.

Mas, diga-se desde já: o chefe do Palácio do Planalto, em campanha permanente para seguir onde está por mais quatro anos,  e seu “cavalo de tróia” (ou “traíra”, como aliados de ACM Neto qualificam Roma atualmente), não enfrentarão amadores nesta guerra política e de poder já em curso. O ministro da Cidadania adianta que dará palanque a Bolsonaro, em 2022 na Bahia (porta de entrada ao cobiçado filão de votos na região). O pernambucano Roma, eleito um dos deputados federais mais votados pelos baianos, graças a Neto, provoca: “Na Bahia, o presidente Bolsonaro precisa ser difundido e defendido. Eu trabalho sempre para carregar essa bandeira… nosso estado é, infelizmente, líder por longos anos, do ranking de homicídios no País, à frente de estados mais populosos, a exemplo de São Paulo e Minas Gerais”. Precisa desenhar? 

Ainda no posto de presidente do DEM, às vésperas de viajar a Brasília para fundação da nova legenda, União Brasil ( a maior da Câma), Neto – sem citar Roma e sua entrevista na TB – fez declarações, publicadas na imprensa local e nacional, que apontam para um grande embate na Bahia, ano que vem, não só contra o PT, adversário tradicional e previsível, mas também contra Roma, “o presente de grego” de Bolsonaro.

Melhor avaliado, nas pesquisas para governador, até aqui, ACM Neto garante: o União Brasil terá projeto político independente e não ficará sob as asas do bolsonarismo. “Nosso caminho é ter candidato próprio à presidência:  Esse partido não nasce debaixo das asas do governo e não há nenhum interesse de estar fazendo jogo com perspectiva de negociar o que quer que seja com o governo”, disse Neto, dia 5, em live promovida pelo UOL. O ex-prefeito de Salvador diz que o novo partido tem tempo para amadurecer um nome para presidente, sinaliza que será um candidato da terceira via e que a ele agrada o nome de Ciro Gomes. O resto a conferir.
 
Vitor Hugo Soares é jornalista, editor do site blog Bafia em Pauta. E-mail: vitors.h@uol.com.br­

Be Sociable, Share!

Comentários

LUIZ GONZAGA on 9 outubro, 2021 at 11:44 #

se o Neto ti de oportunidade política como tinha o seu Avô ACM, a hora é esta: MORO presidenre, com Mandeta na vice. Na Bahia iria ganhar de lavara além de ganhar essa eleição contra o LULA E CONTRA O BOLSONARO. Tenho dito com 50 anos de política e muita luta e prisão e torturas. Tenho dito.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2021
    S T Q Q S S D
    « set    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031