O novo filme da aclamada diretora, teve estreia mundial nessa sexta-feira (10), fora de competição, na mostra Orizzonti do Festival de Veneza, que encerra neste sábado (11) à noite

Foto: Marilla Sicilia / Primeiro Plano
Credit…Foto: Marilla Sicilia / Primeiro Plano

Por MYRNA SILVEIRA BRANDÃO

“Ato”, novo filme da aclamada diretora, teve estreia mundial nessa sexta-feira (10), fora de competição, na mostra Orizzonti do Festival de Veneza, que encerra neste sábado (11) à noite. Estrelado por Alessandra Maestrini e Eduardo Moreira, conta a história de um casal que passa por um momento distinto. Ele está em processo de travessia e ela é uma profissional do afeto.

“Em um mundo onde a solidão foi a maior protagonista, com palcos vazios e o medo constante da morte, “Ato” é o afeto, a fuga, o desejo fundamental da sobrevivência”, disse a diretora quando o filme foi selecionado.

A premiada atriz, produtora e diretora já havia roubado a cena na abertura do festival, no último dia 1/9, com um protesto impactante, potente e consequente frente à crise climática que vivemos na atualidade.

Bárbara entrou na cerimônia usando uma mochila de oxigênio com uma planta nas costas para denunciar a crise climática e o desmatamento. A mochila transparente com a planta era ligada a uma máscara que remetia às usadas em kits de respiração com cilindros.

A foto correu o mundo e foi postada em seu Instagram: “A Amazônia é o pulmão do mundo e a humanidade tem o direito de respirar”.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2021
    S T Q Q S S D
    « ago    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930