ago
31
 

Mourão: “Todo mundo tem estratégia até levar um murro na cara”

Por Samanta Sallum

Em almoço-debate com um grupo de lideranças femininas do setor produtivo, em Brasília, o vice-presidente, general Hamilton Mourão, disse: “Todo mundo tem estratégia até levar um murro na cara“.

“Sabem quem foi o filósofo que disse isso? Mike Tyson. E a Covid-19 foi um grande murro na cara de todo o mundo“, completou Mourão, na palestra que deu a cerca de 60 empresárias do Distrito Federal, no Lago Sul. Os anfitriões do evento, no espaço La Porta, foram Livia de Moura Faria e Paulo Octavio. Ela é presidente do Lide Mulher e ele, do Lide DF.

“Mas quem acha que não estamos navegando em mares tranquilos deve olhar para trás na história“, apontou, lembrando da gripe espanhola.

Crítica ao grande número de partidos 

O vice-presidente contou ser difícil manter um “presidencialismo de coalizão” com o grande número de partidos que existem no país e com representação no Congresso. “É muita gente que o governo tem de negociar para aprovar medidas importantes”, apontou.

Estado de Direito 

Mourão defendeu a democracia como melhor sistema político e o capitalismo como sistema econômico. Ressaltou a importância do Estado de Direito. “Mas sem prisões arbitrárias, sem diferenciação entre os cidadãos. O que não pode é na base do eu posso, eu faço, eu quero e pronto. Não sem pode olhar nome e sobrenome. Que pague quem cometeu o erro e pronto”, afirmou Mourão. O que pode ser uma mensagem para o STF.

O general exaltou o bicentenário de Anita Garibaldi em homenagem às mulheres presentes no evento.

“O Brasil é muito maior que os obstáculos que existem. Com a união do povo brasileiro, é possível. O que queremos é a democracia e a paz social no Brasil”, encerrou.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos