ago
27
Postado em 27-08-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 27-08-2021 00:22

DO EL PAÍS

Pentágono confirma que 12 militares dos EUA morreram e 15 ficaram feridos nas explosões na capital afegã. São pelo menos 60 mortos e 140 feridos, de acordo com diversos meios de comunicação e agências. União Europeia insiste na criação de rotas seguras para o campo de aviação de Cabul após o ataque

Duas explosões nos arredores do aeroporto de Cabul, no Afeganistão, deixaram dezenas de mortos e feridos. Vídeo mostra o socorro às vítimas.Vídeo: Reuters

 

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, garantiu que o ataque em Cabul não ficará sem resposta e dirigiu-se aos terroristas durante pronuncimaneto: “Sentimo-nos indignados e com dor. Não vamos perdoar e não vamos esquecer isso. Vamos caçá-los e vamos fazê-los pagar por isso“. O Estado Islâmico (EI) assumiu a responsabilidade pelos ataques perto do aeroporto de Cabul por meio da conta do grupo no Telegram, relatam as agências Reuters e AFP. Em um comunicado divulgado por sua agência de propaganda Amaq, o EI manifesta orgulho por que um de seus combatentes “conseguiu ativar seu cinturão de explosivos” perto de um grupo de colaboradores norte-americanos. O porta-voz do Talibã, Suhail Shaheen, disse nesta quinta-feira que o grupo condena “veementemente” as duas explosões que ocorreram perto do campo de aviação na capital afegã e que causaram pelo menos 13 mortes, incluindo menores, e mais de 60 feridos. Alguns meios de comunicação, como o Wall Street Journal e a BBC, estimam os números em 140 feridos e mais de 60 afegãos mortos. O general William “Hank” Taylor, do Exército dos Estados Unidos, confirmou que 12 militares norte-americanos morreram e 15 ficaram feridos durante uma entrevista coletiva oferecida pelo Pentágono, onde advertiu que os Estados Unidos retaliarão se houver mais ataques. O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, reiterou o pedido da União Europeia (UE) para garantir vias de acesso seguras ao aeródromo. Pelo menos seis países europeus —Polônia, Hungria, Holanda, Dinamarca, Alemanha e Bélgica— já haviam encerrado a evacuação de pessoas do Afeganistão, devido ao agravamento da situação de segurança e à ameaça de um ataque suicida. A Espanha planeja concluir a missão de evacuação nesta sexta-feira.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos