ago
25
Postado em 25-08-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 25-08-2021 00:03

Obituário

DO CORREIO BRAZILIENSE

A notícia da morte de Charlie Watts foi confirmada por Bernard Doherty, agente do baterista. O músico morreu em um hospital de Londres, cercado pela família

CB
Correio Braziliense
 

 (crédito: SUZANNE CORDEIRO/AFP)

(crédito: SUZANNE CORDEIRO/AFP)

O músico Charlie Watts, baterista da banda Rolling Stones, morreu nesta terça-feira (24/8), aos 80 anos. A informação foi confirmada por Bernard Doherty, agente do músico, em comunicado à imprensa britânica.

“É com imensa tristeza que anunciamos a morte de nosso amado Charlie Watts. Ele morreu pacificamente em um hospital de Londres, hoje cedo, rodeado pela família”, escreveu Doherty. A causa da morte não foi divulgada.

“Charlie foi um amado marido, pai e avô e, como membro do Rolling Stones, foi um dos melhores bateristas de sua geração”, afirmou. O comunicado também pediu respeito à privacidade da família, amigos próximos e integrantes da banda durante o momento.

No início de agosto, Watts já havia anunciado que ficaria de fora da próxima turnê do Rolling Stones devido a problemas de saúde. Na ocasião, o músico adiantou que havia passado por um procedimento cirúrgico que, apesar de bem-sucedido, levaria um tempo maior de recuperação.

“Depois de todo o sofrimento causado pela covid-19, eu realmente não quero desapontar os fãs do Stones que já estão com seus ingressos com mais um anúncio de adiamento ou cancelamento. Por isso, pedi ao meu grande amigo Steve Jordan para me substituir”, anunciou o baterista em comunicado publicado nas redes sociais.

Carreira

Charlie Watts iniciou a carreira como baterista na Blues Incorporated, primeira banda britânica formada exclusivamente por músicos brancos que tocavam blues. Foi se apresentando com o grupo na Ealing Club, casa de shows localizada em Londres (Inglaterra) que Watts conheceu Mick Jagger, Keith Richards e Brian Jones, co-fundadores do Rolling Stones.

Ao conhecer os futuros colegas de banda, em 1963, Charlie Watts decidiu abrir mão da carreira já estável da Blues Incorporated para entrar no Rolling Stones, que ainda não havia sido formado. Watts ocupou a posição de baterista do grupo até sua morte, sendo o único baterista da história da banda e, ao lado de Jagger e Richards, um dos três membros que permaneceram no Rolling Stones desde a primeira formação.

Entretanto, a turnê No filter, que tem retomada prevista para setembro deste ano, não seria a primeira série de shows do grupo sem a presença de Charlie Watts. Em 2004, o músico ficou de fora da turnê do Rolling Stones ao passar por um tratamento de câncer na garganta. Na ocasião, Steve Jordan também foi o escolhido para substituí-lo.

Fora do Rolling Stones, Watts trilhou uma extensa carreira solo. De 1986 a 2010, o músico lançou sete álbuns em paralelo ao trabalho do grupo. Entre os discos, ao vivo e em estúdio, encontram-se Warm & tender e The magic of boogie-woogie.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos