ago
06
Postado em 06-08-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 06-08-2021 00:23

STF

Presidente criticou nesta quinta-feira (5/8) o ministro, após ele ter incluído Bolsonaro no inquérito que apura fake news e ataques contra a Corte. Mandatário afirmou que o ministro “é a mentira em pessoa” e que “sua hora vai chegar”

IS
Ingrid Soares
postado em 05/08/2021 16:28 / atualizado em 05/08/2021 16:28
 

 (crédito: rosineiCoutinho/SCO/STF)

(crédito: rosineiCoutinho/SCO/STF)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes respondeu aos ataques do presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (5/8). Por meio das redes sociais, o magistrado citou indiretamente o mandatário apontando que “ameaças vazias e agressões covardes não afastarão o Supremo Tribunal Federal de exercer, com respeito e serenidade, sua missão constitucional de defesa e manutenção da Democracia e do Estado de Direito.”

Horas antes, Bolsonaro criticou o ministro após ele ter incluído o mandatário no inquérito que apura fake news e ataques contra a Corte. No despacho, Moraes enviou à Polícia Federal link da live do presidente em que ele alega que as eleições foram fraudadas, sem apresentar provas. O mandatário afirmou que o ministro “é a mentira em pessoa” e que “sua hora vai chegar”.

Bolsonaro reforçou a ameaça avisando que “o momento de sair das quatro linhas da Constituição está chegando” e chamou Moraes de ditatorial. “Eu não pretendo sair das 4 linhas para questionar essas autoridades, mas acredito que o momento está chegando. Não dá para continuarmos com um ministro arbitrário, ditatorial, que não respeita a democracia, que não leu a Constituição. Se leu, aplica de acordo com o seu entendimento para cada vez mais agredir não só a democracia, bem como atingir os seus objetivos dessa forma. Isso é inadmissível numa democracia”, acrescentou.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos