jul
26

Entidades seguem divididas sobre adesão à greve; motoristas prometem parar o país a partir da meia-noite deste domingo

A paralisação não é unanimidade entre os transportadores rodoviários. Algumas entidades apoiam a interrupção, outras são contrárias, e uma terceira parte ainda avalia se vai participar ou não dos atos que tendem a se estender ao longo desta semana

Reprodução de TV, Agência Estado e AFP
Credit…Reprodução de TV, Agência Estado e AFP

Por Jornal do Brasil

 

Entidades e associações que representam caminhoneiros seguem divididas quanto à adesão à paralisação prevista para ocorrer a partir da meia-noite deste domingo, 25, Dia do Motorista. A realização da greve não é unanimidade entre os transportadores rodoviários. Algumas entidades apoiam a interrupção das atividades e já estão organizando a paralisação, enquanto outras são contrárias e uma terceira parte ainda avalia se vai participar ou não dos atos que tendem a se estender ao longo desta semana, segundo representantes ouvidos pelo Broadcast.

Vídeos de transportadores organizando o movimento circulam pelas redes sociais na manhã deste domingo. Em Barra Mansa (RJ), caminhoneiros estendem faixas dos atos próximos à rodovia Presidente Dutra e se reúnem em postos de combustível. Nas faixas contam dizeres como “Estamos no limite”, pedidos de preço “justo” do diesel e lembretes ao cumprimento da lei 13.703/2018, que institui a Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas. Em Natal (RN) também há mobilização de alguns transportadores.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos