jul
21
Postado em 21-07-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 21-07-2021 00:12
O vice-presidente brasileiro, Hamilton Mourão, se reuniu com o presidente de Angola, João Manuel Lourenço, na semana passada
Angola rejeita receber delegação de parlamentares brasileiros pró-Universal

O presidente de Angola, João Manuel Lourenço, não quis receber uma delegação parlamentar brasileira para defender os interesses da Igreja Universal no país, diz a Folha. O pedido foi feito pelo vice-presidente Hamilton Mourão.

A missão seria liderada pelo presidente do Republicanos, Marcos Pereira. A bancada evangélica tem cobrado o governo de Jair Bolsonaro para se engajar na defesa da Universal na Angola, onde a igreja enfrenta uma crise. Missionários brasileiros foram acusados de crimes financeiros e perderam o controle de templos no país africano.

 Mourão viajou a Luanda para a cúpula da CPLP (Comunidades dos Países de Língua Portuguesa) e teve uma reunião bilateral com Lourenço.

O vice-presidente também pediu que o governo angolano garantisse um “tratamento justo” à igreja em processos judiciais. Mourão, no entanto, não encontrou qualquer disposição de Lourenço de atender os pleitos da ala brasileira da igreja.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos