jun
19
Postado em 19-06-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 19-06-2021 00:05

DO CORREIO BRAZILIENSE

Ex-presidente da República assistiu a vídeo com exaltação a perfil democrático e homenagens de Doria, Temer e Huck

JV
João Vitor Tavarez*
 

 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, completa 90 anos nesta sexta-feira (18/6). Para celebrar a data, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) promoveu, hoje, a live “FHC: o estadista e seus 90 anos”.

A série de vídeos retrata três momentos importantes da trajetória de FHC: sua militância política, o Plano Real e as duas passagens pela Presidência da República. Amigos, admiradores, lideranças políticas, artistas e intelectuais prestaram homenagem ao estadista. Os governadores João Doria (SP), Eduardo Leite (RS), Flávio Dino (MA) estão entre os políticos que prestigiaram o ex-presidente.

“Se não for capaz de entender o outro, você não entende nada. Às vezes, eu penso que 90 anos é muita idade. Mas estar vivo ainda é a melhor solução, sentindo o momento. Muito obrigado a todos pela generosidade em homenagear o velho que está em casa e, quado pode, lê”, disse FHC ao final do encontro.

FHC

Fernando Henrique Cardoso é professor, escritor, sociólogo e presidente de honra do PSDB. Formou-se em Ciências Sociais na Universidade de São Paulo (USP) em 1952, tornando-se doutor na mesma área em 1961. Entre 1993 e 1994 recebeu o convite para ser ministro da Fazenda no governo de Itamar Franco. Nesse período, FHC coordenou a implantação do Plano Real no Brasil, cujo principal objetivo foi estabilizar a economia brasileira. Foi presidente da República por dois mandados consecutivos: de 1995 a 2002.

Confira a íntegra das homenagens:

*Estagiário sob a supervisão de Andreia Castro

Be Sociable, Share!

Comentários

Carlos Volney on 20 junho, 2021 at 15:48 #

Eu não aguento deixar passar em branco uma notícia como essa do Correio Brasiliense.
Pindorama é realmente singular.
Homenageia, enaltece, exalta uma figura como FHC sem fazer a mais leve referência a seu comportamento inegavelmente farsante.
Posa como mentor do Plano Real, quando seu verdadeiro criador foi Itamar Franco que inclusive resistiu a pressões – as quais eram até apoiadas por ele – para não efetivar a implantação da mudança.
Itamar colocou-o como Ministro da Fazenda para neutralizá-lo – ele entende de economia o que eu entendo de Física Quântica -, isolá-lo em uma função sobre a qual nada entendia.
Como Presidente da República comandou a mais deslavada corrupção de que se tem notícia, ao comprar literalmente o Congresso para instituir a reeleição.
Aliou-se aos maiores e mais notórios corruptos do país, começando por Maluf.
A privatização do sistema de telefonia foi efetuada com a prática de corrupção escancarada.
Enfim, falta memória para listar aqui todas as imoralidades praticadas em seus governos.
E aí, vemos a postagem de uma matéria que não faz sequer referência às vergonhosas atitudes, ações por ele praticadas, pelo contrário, é uma exaltação quase de endeusamento.
Há jeito para nós?????


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos