PM troca de comando em Pernambuco dias após ação violenta que reprimiu protesto anti-Governo no Recife

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), anunciou na noite desta terça-feira que “aceitou o pedido de exoneração” do comandante da Polícia Militar, Vanildo Maranhão. A troca no comando vem dias após a repressão violenta ao protesto “Fora, Bolsonaro” em Recife. Ao menos duas pessoas perderam parcialmente a visão após serem atingidas por balas de borracha disparadas pela polícia. A ação reforçou o debate sobre a influência bolsonarista nas forças de segurança.

Em pronunciamento nas redes, Câmara disse que analisou “incessantemente imagens, relatos e videos de todo o ocorrido na manifestação do último sábado”. “Aquela ação não condiz com as tradições e valores da Polícia Militar de Pernambuco, uma instituição quase bicentenária e de tantos serviços prestados à nossa população”, discursou. O governador disse que, nesta terça-feira, foram afastadoss mais dois oficiais, somand-se aos cinco afastados ainda no sábado. “A investigação em torno do caso continua.”

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • junho 2021
    S T Q Q S S D
    « maio    
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930