maio
19
Postado em 19-05-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 19-05-2021 00:23

DO CORREIO BRAZILIENSW

A Marinha confirmou a legitimidade de vídeos feitos por caças que rastrearam objetos não identificados e reacendeu o interesse dos americanos pelo assunto

MC
Mariana Costa/ Estado de Minas*
 

 (crédito: Mandel Ngan/AFP - 7/6/15)

(crédito: Mandel Ngan/AFP – 7/6/15)

O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu uma declaração contundente, nessa segunda-feira (17/5), sobre vídeos de fenômenos aéreos não identificados, que continuam ganhando atenção dos norte-americanos.

“O que é verdade, e na verdade estou falando sério, é que há filmagens e registros de objetos nos céus que não sabemos exatamente o que são”, disse ele.

Segundo a NBC News, os comentários de Obama aumentam a legitimidade a respeito de relatos do fenômeno de objetos não identificados e o conhecimento do governo sobre eles.

Durante participação no programa “The Late Late Show with James Corden”, da rede CBS, Obama demonstrou uma certa leviandade para tratar da questão dos alienígenas, além de sua curiosidade pessoal antes de assumir um comportamento mais sério.

“Não podemos explicar como eles se movem, sua trajetória”, disse ele. “Eles não tinham um padrão facilmente explicável. E então acho que as pessoas ainda levam a sério, tentando investigar e descobrir o que é.”

A Marinha dos Estados Unidos demorou anos para confirmar a legitimidade de vídeos de caças que rastreavam objetos não identificados. Em alguns deles, os objetos se moviam de maneiras que os especialistas em aeronáutica ainda não conseguem explicar.

Um recente relatório do Pentágono, combinado com um vídeo recém vazado e um artigo na revista The New Yorker sobre o tema fizeram o interesse pelo assunto crescer nos Estados Unidos.

O vídeo, gravado por aeronaves da Marinha americana em julho de 2019, mostra um objeto esférico voando acima do oceano antes de mergulhar na água. O tema chamou a atenção de alguns senadores, entre eles Marco Rubio, que pedem uma investigação mais aprofundada sobre o fenômeno.

*Estagiária sob supervisão do editor Álvaro Duarte 

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos