abr
24
Postado em 24-04-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 24-04-2021 00:01

 

CORREIO BRAZILIENSE

No evento, o ex-ministro também foi elogiado pelo presidente Jair Bolsonaro. Pazuello é investigado por omissão no combate à pandemia e foi acionado pelo MPF por conta do colapso do sistema de saúde e a falta de oxigênio em Manaus

Jonatas Martins*
 

 (crédito: Evaristo Sá/AFP)

(crédito: Evaristo Sá/AFP)

O ex-ministro da saúde Eduardo Pazuello foi aclamado e recebido com aplausos em um evento em Manaus. No palco, o ministro do Turismo, Gilson Machado, anunciou o nome do general e ex-chefe da pasta como um homem que lutou “pela erradicação” da covid-19 no país. A cerimônia, que inaugurou um novo espaço do Centro de Convenções do Amazonas, ainda contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro e de apoiadores.

Durante o seu discurso, Bolsonaro afirmou: “Conseguimos com a equipe que temos em Brasília colaborar e muito para que os danos dessa pandemia fossem diminuídos. Em especial, pelo Ministro da Saúde que tive até pouco tempo, o senhor Pazuello”. O presidente reforçou que o atual ministro Marcelo Queiroga dá prosseguimento ao trabalho do seu antecessor.

Eduardo Pazuello deixou o Ministério da Saúde em março e é investigado por omissão no combate ao novo coronavírus. O Ministério Público Federal (MPF) acionou o militar por conta do colapso do sistema de saúde e a falta de oxigênio em Manaus.

Além disso, o plano de trabalho preliminar da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 inclui a convocação do ex-ministro, que deverá prestar esclarecimentos sobre sua gestão frente à pandemia.

* Estagiário sob supervisão de Mariana Niederauer

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos