abr
19
Postado em 19-04-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 19-04-2021 00:23
Pedro Bial: “Lula sabe muito bem que já mentiu a meu respeito”
Foto: Divulgação/ Tv Globo

 

Não, o caso é pessoal. Lula sabe muito bem que já mentiu a meu respeito. A verdade está registrada, há provas e testemunhas.

O jornalista relata que, no fim de 2005, Lula o recebeu no Palácio do Planalto para uma entrevista sobre o escândalo do mensalão.

Fiz perguntas incômodas, sempre de forma educada. Foi nessa entrevista que Lula disse que as denúncias tinham sido ‘uma facada nas costas’, que o PT errou e que para recuperar a credibilidade diante da sociedade, teria ainda que ‘sangrar muito’. Concluída a gravação, Lula nos convidou, afável, para conversar na sala de reuniões ao lado de seu gabinete. Num papo amigável, de mais de uma hora, pediu opiniões, e as ouviu como se fossem conselhos (…).

Oito anos depois, diante de uma claque de blogueiros governistas, Lula inventou uma versão daquele encontro no Planalto. ‘Vocês estão lembrados da agressividade do Bial quando ele foi me entrevistar no Palácio? Eu poderia ter levantado e falado: ‘Cai fora do meu gabinete!’. Não. Eu falei: ‘Vou mostrar para esse cidadão que educação a gente não aprende na escola, a gente aprende no berço’”, disse o ex-presidente.”

Be Sociable, Share!

Comentários

Carlos Volney on 19 Abril, 2021 at 11:29 #

Eu peço desculpa a quem esteja incomodado com tantos comentários meus, aconselho ignorá-los.
Mas é que há temas a que não resisto comentar.
Antes de tudo quero deixar claro que não apoiei e não apoiaria o inqualificável Bolsonaro nem na hora da morte pra salvar a vida – se fosse o caso.
Quanto ao PT e Lula, já os apoiei em muitas jornadas, acreditando inocentemente em suas propagadas seriedades. Deixei-os, como o fizeram Marina Silva, Hélio Bicudo, Heloísa Helena, Fernando Gabeira, Soninha e tantos outros que não aceitam desculpa pra apoiar a farsa e a corrupção.
Quanto ao que diz Bial aí, nenhuma surpresa. Lula, como bem diz Ciro Gomes, não é capaz de sustentar de pé o que acabara de afirmar sentado se seu interesse pessoal assim determinar.
Relembremos o mensalão, ocasião em que ele afirmou que tinha sido apunhalado pelas costas e anos depois disse que ia provar que não existiu.
Será que ele aínda assinaria um cheque em branco pra Roberto Jéferson?? Penso cá que dependeria só de conveniência pra fazê-lo.
Prometo me conter mais, vou diminuir sensivelmente minha participação.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos