Delegado que prendeu hackers de Araraquara é convidado para assumir o combate à corrupção na PF
BRASILIA, DF, BRASIL 10-08-2012, 16h40: Escândalo do “Mensalão”: O delegado da polícia federal que investigou o mensalão, Luiz Flávio Zampronha, fala durante entevista sobre o processo de investigação do mensalão, feito pela polícia federal. (Foto: Sergio Lima/Folhapress PODER)

O novo diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Gustavo Maiurino, convidou o delegado Luiz Flávio Zampronha para assumir o comando da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado, que investiga autoridades com foro privilegiado.

Da mesma turma de Maiurino, Zampronha atuou na investigação do mensalão, desbaratou o esquema do INSS envolvendo Francisco Dornelles e, recentemente, conduziu o inquérito da Operação Spoofing, que investiga a invasão de celulares de ex-integrantes da Lava Jato pelos hackers de Araraquara.

Para diretor-executivo, segundo na hierarquia da PF, Maiurino convidou o atual superintendente da PF em Minas Gerais, o delegado Cairo Costa Duarte. Outras mudanças importantes na estrutura do órgão estão previstas para os próximos dias.

“Palavras no Corpo”, Gal Costa: a Gracinha da Bahia em plena forma, como em seus melhores dias do Tropicalismo, sempre um passo adiante. Beleza de canção. Maravilha de voz, sempre.

BOM DIA!!!S

(Vitor Hugo Soares)

abr
08
Posted on 08-04-2021
Filed Under (Artigos) by vitor on 08-04-2021

 

Do Correio Braziliense

Ministro informou ter passado por cirurgia para a retirada de um carcinoma, tipo de câncer menos agressivo

RS
Renato Souza
 

 (crédito: reprodução)

(crédito: reprodução)

O ministro Marco Aurélio Mello, de 74 anos, decano do Supremo Tribunal Federal (STF), apareceu com a cabeça enfaixada na sessão desta terça-feira (6/4) da Segunda Turma. De acordo com informações do magistrado, ele passou por cirurgia para retirar do couro cabeludo “um carcinoma inofensivo”.

O decano passou por uma cirurgia no ombro em fevereiro deste ano, após um acidente doméstico. De acordo com o ministro, ele tem se mantido em casa, em razão da pandemia da covid-19, orientado pela filha, que é médica.

No mês passado, o ministro tomou a primeira dose da vacina contra a doença, e aguarda o período para aplicação do reforço, para garantir imunidade contra as formas graves e mortais do novo coronavírus.

abr
08
Posted on 08-04-2021
Filed Under (Artigos) by vitor on 08-04-2021


 

Eder, NO PORTAL

 

abr
08
Posted on 08-04-2021
Filed Under (Artigos) by vitor on 08-04-2021

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

A próxima remessa do IFA, necessário para a produção da vacina contra a covid-19, deveria chegar ao Brasil na próxima sexta-feira (9), mas a data sofreu alteração

Israel Medeiros
 

 (crédito: AFP / NELSON ALMEIDA)

(crédito: AFP / NELSON ALMEIDA)

O Instituto Butantan paralisou, nesta quarta-feira (7/4), a produção da vacina contra a covid-19 produzida junto à chinesa Sinovac Biotech, a Coronavac. Foi o que informou a CNN Brasil. De acordo com a TV, três fontes diferentes ligadas ao Instituto confirmaram a informação.

O novo prazo para a chegada do IFA é o dia 15 de abril, mas o Butantan tenta adiantar a entrega. Serão 6 mil litros – o suficiente para produzir cerca de 10 milhões de doses. A pausa na fabricação não deve impedir as entregas da próxima semana.

Butantan nega

Em nota oficial, o Butantan negou que tenha suspendido a produção da Coronavac e afirmou que todas as doses provenientes do IFA recebidas da China já foram envasadas. O Instituto ressaltou que tem cerca de 2,5 milhões de doses prontas que aguardam o prazo do controle de qualidade antes de serem entregues ao PNI.

O Butantan garante que conseguirá entregar as 46 milhões de doses prometidas até o fim deste mês ao Ministério da Saúde. Isso porque os insumos previstos para a próxima semana devem ser suficientes para atingir a meta. Quem fornece o insumo é a empresa chinesa Sinovac, que trabalhou junto ao Butantan para trazer a vacina ao Brasil. O país ainda não tem produção própria de IFA.

“O Instituto Butantan esclarece que não interrompeu a produção da vacina contra o novo coronavírus.<br>Todas as doses provenientes do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) recebido da China já foram envasadas.<br><br><br>Neste momento, cerca de 2,5 milhões de vacinas encontram-se em processo de inspeção de controle de qualidade – parte integrante do processo produtivo – para serem entregues na semana que vem ao Programa Nacional de Imunizações.<br><br><br>Desde janeiro o Butantan já entregou 38,2 milhões de doses da vacina ao país.<br><br><br>Com uma nova remessa de IFA, prevista para a próxima semana, será possível integralizar todas as 46 milhões de doses referentes ao primeiro contrato com o Ministério da Saúde até o dia 30 de abril.”

  • Arquivos

  • Abril 2021
    S T Q Q S S D
    « mar    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930