mar
29
Postado em 29-03-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 29-03-2021 00:09
Foto: Beto Barata/Agência Senado

 

O Brasil não pode mais continuar tendo, perante o mundo, a face de um marginal. Alguém que insiste em viver à margem da boa diplomacia, à margem da verdade dos fatos, à margem do equilíbrio e à margem do respeito às instituições.”, disse. 

O chanceler, no Twitter, disse que recebeu Kátia para um almoço no início do mês e insinuou que a senadora faria parte do suposto lobby para derrubá-lo. Segundo a parlamentar, ela defendeu no encontro que a questão do 5G não poderia “comportar vetos ou restrições políticas”.

“Ainda alertei esse senhor dos prejuízos que um veto à China na questão 5G poderia dar às nossas exportações, especialmente do Agro, que vem salvando o país há décadas. Defendi também que a questão do desmatamento na Amazônia deve ser profundamente explicada ao mundo no contexto da negociação para evitar mais danos comerciais ao Brasil. 

Se um Chanceler age dessa forma marginal com a presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado da República de seu próprio país, com explícita compulsão belicosa, isso prova definitivamente que ele está à margem de qualquer possibilidade de liderar a diplomacia brasileira. 

Temos de livrar a diplomacia do Brasil de seu desvio marginal.”

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos