Mestre Gildo Alfinete | MUNDO AFRO

 

 ARTIGO 
Gildo Alfinete, um imortal da Capoeira

Gilson Nogueira

                         

Dentro de mim toca um berimbau. Ele anuncia que dia 16, agora, Mestre Gildo Alfinete estaria completano 80 anos de nascimento. Desliza uma lágrima em minha face, como se fosse ele dando uma rasteira no tempo e um recado para o mundo: A Capoeira Angola é imortal, façam tudo para preservá-la, como eu fiz! E uma lágrima enverga minha alegria ao pensar que não tenho mais aquele amigo para conversar.

Em cada frase do grande Gildo, um hino de louvor ao Mestre Pastinha, com o qual Gildinho, Gildão, o irmão que me honrava com sua amizade, viajou para exibir-se na África. Foram-se os anos de total dedicação à arte que empolgava o mundo do soteropolitano querido por todos os habitantes do Universo da Capoeira e ficaram seus discípulos que lutaram e lutam tenazmente para manter viva a Capoeira. Em uma tarde sem poder ir à Avenida Joana Angélica, para encontrar Gildo no antigo Lanches Santa Cruz, hoje, casa de jogos da Loteria Federal, a fim de sacudir os dados de uma boa prosa, a saudade deu-me uma rasteira. Gildinho não está mais lá!

“Calma, Migué, ouça esta voz!”, ouvi meu santo falar. É ele, que maravilha, exulto, ao ouví-lo no sotão de minhas melhores lembranças! É Gildo! Vivo! Em vinte frases dele, dez delas   remetiam ao imortal Pastinha, nosso gurú em carne, osso e alma. Os dois, agora, na Eternidade, trocam idéias e perguntam: “Como vai nossa Arte na Capital do Berimbau?” Sentindo o ventinho frio do final de tarde, no Centro de Salvador, uma idéia ocorre-me, em nome de Gildo, para oferecer à gestão do novo prefeito da Cidade da Bahia, o jovem Bruno Reis. É a seguinte: A Porcaria não está permitindo aglomeração de pessoas na Piedade, onde conversei com Gildoca pela última vez, ao vivo. ” Prefeito, que tal, edificar, naquele aprazível espaço público, este ano, o Panteon dos Mestres da Capoeira Baiana? Já estou vendo Gildo Alfinete dando um Rabo de Arraia! E aquele abraço em Bruno.             

Gilson Nogueira  é jornalista , colaborador da primeira hora do Bahia em Pauta

“Roda da Paz”, Mestre Gildo Alfinete: “Ei maior é Deus, Ei, maior é Deus, pequeno sou eu”.Grande  Mestre Gildo Alfinete, honra e glória da capoeira de Angola na Bahia. Um Panteon para os grandes mestres em Salvador.

BOM DIA!!!

(Gilson Nogueira e Vitor Hugo Soares, pelo Bahia em Pauta).

jan
15
Posted on 15-01-2021
Filed Under (Artigos) by vitor on 15-01-2021

O pacote com alimentos para cinco dias, publicado na conta @RoadsideMum, no Reino Unido.
O pacote com alimentos para cinco dias, publicado na conta @RoadsideMum, n
 DO  EL  PAÍS

Ministro da Educação promete rever imediatamente os subsídios à alimentação escolar, enquanto a oposição trabalhista arremete contra Downing Street

Londres
O pacote com alimentos para cinco dias, publicado na conta @RoadsideMum, no Reino Unido.EL PAÍS

Um saco de pão de forma. Uma embalagem de queijo fatiado. Duas batatas. Duas cenouras. Duas bananas. Três maçãs. Uma lata de feijão branco. Um pacote de macarrão. Um tomate. Dois bolinhos industrializados. E três envelopinhos de iogurte líquido. Cinco dias de merenda escolar de uma criança britânica. A foto da vergonha. Foi publicada no Twitter por uma mãe que se assina @RoadsideMum e acabou na capa de vários jornais. “Essas imagens são escandalosas, vergonhosas e todo um insulto para as famílias que receberam esses pacotes”, admitiu o primeiro-ministro Boris Johnson nesta quarta-feira na Câmara dos Comuns. Ele respondia ao líder da oposição trabalhista, Keir Starmer, que lhe fazia a pergunta mais óbvia aos olhos de muitos cidadãos: “Você estaria feliz alimentando seus filhos desse jeito?”.

O problema de um Governo frequentemente desnorteado pela gravidade da crise e por sua própria ideologia liberal mal entendida é que reage às urgências com respostas ambíguas e corre o risco de parecer o sr. Scrooge de Charles Dickens. O Ministério da Educação ofereceu num dado momento duas opções às escolas: entregar pacotes semanais de alimentos diretamente aos alunos, ou encaminhá-los aos serviços sociais para que recebessem cupons que podem ser usados em grandes redes de supermercados. Cada escola receberia, segundo o estabelecido, o equivalente a aproximadamente 26 reais por semana e por criança. Já os vales seriam de 110 reais por semana. O Governo estimulou as escolas a priorizarem a distribuição de pacotes, que em muitos casos coube a um serviço terceirizado.

A Chartwells, empresa de catering escolar que acabou no olho do furacão, já pediu desculpas e se comprometeu a devolver o dinheiro recebido. Alega que a foto representava a merenda de cinco dias, e que o valor do conjunto era, somados os alimentos, embalagem e distribuição, de aproximadamente 77 reais. “Lamentamos muito que a quantidade tenha sido tão escassa neste caso concreto. Normalmente incluímos uma variedade ampla de alimentos nutritivos para os refeitórios escolares”, disse um porta-voz da empresa. O presidente do Compass Group, a matriz que abrange também serviços de distribuição de alimentos preparados, é um conhecido doador do Partido Conservador.

As redes se encheram de fotos de usuários com os pacotes que tinham recebido, cada um mais pobre que o outro. Mas esta nova crise que se abate sobre o Governo Johnson reflete algo mais do que um meme, porque a maioria dos produtos lançados ao debate público é, de fato, servida diariamente nos refeitórios escolares. A surpresa vem quando aparecem todos juntos, denunciando sua pouca qualidade e quantidade. Com os 77 reais que a Chartwells diz valer a polêmica cesta, muitos usuários demonstraram que poderiam comprar produtos muito mais nutritivos e em maior quantidade. Alguém, é a dedução geral, está levando um lucro extraordinário.

Em uma nova reviravolta, como muitas outras vezes na atual crise pandêmica, o Governo de Johnson anunciou que retirará a partir de segunda-feira sua recomendação de priorizar os pacotes de alimentos, estabelecendo em seu lugar uma norma geral de cupons que as famílias possam trocar no varejo.

jan
15
Posted on 15-01-2021
Filed Under (Artigos) by vitor on 15-01-2021


 h

 

 Bira, NO PORTAL

 

jan
15
Posted on 15-01-2021
Filed Under (Artigos) by vitor on 15-01-2021

 

DO ANTAGONISTA

 

No Jornal Nacional, William Bonner fez um desabafo antes de dar o boletim Covid com as ocorrências das últimas 24 horas. O vídeo da fala do apresentador viralizou e já entrou nos trending topics do Twitter.

“Neste momento, infelizmente, além de dar as notícias e trazer as informações corretas, estamos esgrimando com loucos, com irresponsáveis, com gente que é capaz de entrar num Whatsapp da vida e sair espalhando mentiras, as mais absurdas, crendices. Tem gente que faz isso investido de cargo público, que faz isso sistematicamente. Mas nós não vamos desistir.”

 

  • Arquivos