jan
10
Postado em 10-01-2021
Arquivado em (Artigos) por vitor em 10-01-2021 00:07
DO CORREIO BRAZILIENSE

- - (crédito: Saul LOEB / AFP)

– – (crédito: Saul LOEB / AFP)

Depois da invasão ao Capitólio dos Estados Unidos na última quarta-feira (6/1), a polícia norte-americana começou a realizar as prisões dos apoiadores de Trump que ocuparam o local. Neste sábado (9/1), um dos grandes símbolos da ação, Jake Angeli foi um dos encarcerados.

Chifres e teorias da conspiração

Em meio a um verdadeiro caos, a invasão do Capitólio norte-americano foi também marcada por uma figura um tanto quanto inusitada. Sem camisa, com várias tatuagens, o rosto pintado de vermelho e azul (em referência a bandeira dos Estados Unidos), calças largas e uma espécie de chapéu de pele com chifres, Jake Angeli, 32 anos, circulou pela casa da democracia do país com um megafone em mãos.

 A figura que logo virou um símbolo da invasão (assim como alvo de vários memes nas redes sociais) não é nenhum estreante no cenário de defesa do ex-presidente Donald Trump. Respondendo pelo apelido de Q Shaman, Angeli faz parte de um movimento conhecido como QAnon.

Segundo o jornal norte-americano Business Insider, o QAnon fez parte ativa nos protestos que questionam sobre possíveis fraudes na derrota de Trump contra Biden.

Em 5 de maio de 2020, a repórter do jornal local The Arizona Republic, BrieAnna J. Frank, entrevistou Angeli — durante um ato de campanha de Trump no Arizona. Durante a conversa, Angeli criticou a mídia e elogiou o líder do executivo do país: “O presidente precisa saber que seu povo o apoia”

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2021
    S T Q Q S S D
    « dez    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031