Por G1

 


Donald Trump, em vídeo gravado nesta quinta-feira (7), faz discurso em tom de despedida da presidência dos EUA horas depois de o Congresso certificar vitória de Joe Biden nas eleições — Foto: Twitter/via Reuters

Donald Trump, em vídeo gravado nesta quinta-feira (7), faz discurso em tom de despedida da presidência dos EUA horas depois de o Congresso certificar vitória de Joe Biden nas eleições — Foto: Twitter/via Reuters

 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou nesta quinta-feira (7) um vídeo em que reconhece que deixará o cargo em 20 de janeiro e condena a violência durante a invasão de apoiadores ao Capitólio. É a primeira aparição do presidente desde a certificação de Joe Biden pelo Congresso como presidente eleito.

Donald Trump divulga vídeo pedindo união nos EUA
 

Donald Trump divulga vídeo pedindo união nos EUA

Pela manhã, Trump já havia divulgado uma mensagem em que se comprometia com uma “transição ordeira”. Desta vez, em aparição em vídeo, ele condenou publicamente a invasão à sede do Congresso dos EUA.

“Gostaria de começar falando sobre esse ataque odioso ao Capitólio dos EUA. Como todos os americanos, eu estou revoltado com a violência, anarquia e desordem“, afirmou Trump na gravação, publicada na conta oficial do presidente no Twitter — rede social que havia bloqueado outras postagens do republicano.

 

Cinco pessoas, incluindo uma manifestante e um policial, morreram durante a invasão. Além disso, dezenas de pessoas foram presas, e o FBI pediu informações sobre os extremistas flagrados dentro do Capitólio.

“Aos que participaram de atos de violência e destruição: vocês não representam nosso país. E aos que desrespeitaram a lei: vocês vão pagar”, prometeu.

Trump também reconheceu que as “emoções estão em patamares altos” e que o país deve “retomar a calma”. O republicano ainda relembrou que sua equipe de campanha atuou para contestar o resultado das eleições para “lutar e defender a democracia americana”, embora não tenha conseguido provar fraude ou irregularidade para reverter a derrota.

Pedido de ‘cura’ e tom de despedida

Donald Trump, presidente dos EUA, na Casa Branca em foto de 12 de dezembro — Foto: Cheriss May/Arquivo/Reuters

Donald Trump, presidente dos EUA, na Casa Branca em foto de 12 de dezembro — Foto: Cheriss May/Arquivo/Reuters

Ao admitir que deixará o cargo em 20 de janeiro e que o Congresso certificou a eleição do novo presidente, Trump não mencionou o nome de Joe Biden em nenhum momento, mas voltou a prometer uma transição suave.

“O momento pede cura e reconciliação. 2020 foi um tempo desafiador para as pessoas”, disse, citando a pandemia.

“Derrotar a pandemia e reconstruir a maior economia da Terra vai exigir de nós que trabalhemos juntos”, afirmou Trump. “Precisamos revitalizar os laços sagrados de amor e lealdade que nos tornam uma grande família”, acrescentou.

 

Depois, em tom de despedida, Trump disse que “servir como presidente foi a maior honra” de sua vida. Ele, em seguida, fez um aceno à base trumpista:

“Aos meus apoiadores maravilhosos: sei que estão desapontados, mas quero que saibam que nossa jornada maravilhosa está apenas começando”.

“Me dê seu WI FI”, Genival Lacerda: Tudo de bom no jeito de cantar e prender o público ao seu incrível carisma de artista notável: ritmo, jogo de corpo, malícia e modernidade, tudo sintetizado numa figura só. Simples mas grandiosa a ponto de tomar o palco inteiro em qualquer apresentação: nos forrós, nas apresentações (gravadas ou ao vivo) nas emissoras de rádio e de televisão. Um senhor artista que a pandemia rouba ao Nordeste e ao País. Um nome da melhor estirpe da música nordestina , de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Dominguinhos…E Genival Lacerda. 

SAUDADES!!!

(Vitor Hugo Soares)

jan
08
Posted on 08-01-2021
Filed Under (Artigos) by vitor on 08-01-2021
DO JORNAL DO BRASIL 

Cotação: duas estrelas

Foto: divulgação
Credt…Foto: divulgação

Por TOM LEÃO

Nos últimos 20 anos, Liam Neeson firmou seu nome (e rosto confiável) como um dos mais assíduos atores maduros de filmes de ação (junto com Harrison Ford). Contudo, apesar de ter dito que ‘Vingança a sangue-frio’ (‘Cold pursuit’, 2019) seria seu último filme do gênero, cá está ele, de novo, em ‘Legado explosivo’ (‘The honest thief’), que estreia nesta quinta (7). É verdade que ele corre e pula menos neste. Mas, novamente, é um cara legal que tem de provar sua inocência.

Neste caso, Neeson faz Tom, o ‘ladrão honesto’ do título original, um cara que roubou diversos cofres de banco (sempre na calada da noite, sem uso de violência), que, ao conhecer aquela que seria a mulher de sua vida (a simpática Kate Walsh), resolve se entregar à polícia, esperando ter uma pena leve para recomeçar a vida. Contudo, agentes inescrupulosos do FBI, de olho na bolada que Tom tem guardada (nunca usou o dinheiro roubado), armam um esquema para incriminá-lo e ficar com o dinheiro. Assim, lá vai Neeson, mais uma vez, ter de provar a sua inocência num filme, que tem alguns bons momentos de suspense.

Apesar de ser rotineiro, o filme prende nossa atenção, muito por conta de Neeson, com sua voz firme e olhar de cão fiel, que nos faz torcer para que tudo dê certo para ele. Repetitivo, previsível, mas ‘Legado explosivo’ (o título em português refere-se às habilidades de Tom com bombas caseiras, com as quais abria os cofres) é honesto como o ladrão. Apenas uma boa diversão, que entrega o que vende.

jan
08
Posted on 08-01-2021
Filed Under (Artigos) by vitor on 08-01-2021


 

 Bruno Aziz, NO JORNAL

 

jan
08
Posted on 08-01-2021
Filed Under (Artigos) by vitor on 08-01-2021
TelevisãooInternautas se divertiram com a entonação dada pelo âncora do Jornal Nacional à fala do  presidente .
CB
Correio Braziliense
 

 (crédito: TV Globo/Reprodução)

(crédito: TV Globo/Reprodução)

O âncora e editor do Jornal Nacional William Bonner foi parar nos assuntos mais comentados da internet e acabou viralizando após o noticiário desta quarta-feira (6/1). O motivo não foi uma notícia, mas, sim, o modo com que Bonner teria lido uma fala do presidente Jair Bolsonaro.

EU TÔ MORRENDO COM O WILLIAM BONNER IMITANDO A VOZ GAGUEJADA DO BOLSONARO NO JORNAL NACIONAL
 https://twitter.com/i/status/1346961146247602176

  • Arquivos

  • Janeiro 2021
    S T Q Q S S D
    « dez    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031