nov
21
Postado em 21-11-2020
Arquivado em (Artigos) por vitor em 21-11-2020 00:38

A PF de Bolsonaro
Reprodução/Facebook/Jair Bolsonaro

 

Jair Bolsonaro levou para sua live ontem o delegado Alexandre Saraiva, superintendente da Polícia Federal no Amazonas. Saraiva era o nome que o presidente da República queria no Rio de Janeiro, pivô da crise que levou à saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça e da Segurança Pública.

Em maio, o delegado confirmou tudo em depoimento no inquérito que apura a ingerência de Bolsonaro na PF, e no qual fica claro que Alexandre Ramagem, da Abin, atuava como longa manus presidencial.

 “No início do segundo semestre de 2019, recebeu uma ligação do dr. Ramagem, perguntando ao depoente se ele aceitaria assumir a superintendência da Polícia Federal no RJ, ao que o depoente prontamente aceitou.”

No mesmo depoimento, Saraiva revelou ainda que chegou a ser sondado, ainda na transição, para assumir o Ministério do Meio Ambiente, mas as conversas não foram para frente.

Nos grupos de delegados da PF, a presença de Saraiva na live de Bolsonaro foi vista como um mau sinal para a instituição, pois o cargo de superintendente é eminentemente técnico

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2020
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30