out
31
Postado em 31-10-2020
Arquivado em (Artigos) por vitor em 31-10-2020 00:22

 

DO CB

A morte do jurista, um dos mais respeitados do país, foi lamentada nas redes sociais

RR
Renata Rios
 

 (crédito: Rose Brasil/Esp. CB/D.A Press)

(crédito: Rose Brasil/Esp. CB/D.A Press)

Morreu nesta sexta-feira (30/10), aos 95 anos, o constitucionalista Paulo Bonavides. O comunicado foi feito pelo reitor da Universidade Federal do Ceará, Cândido Albuquerque. “O mundo perdeu o seu maior constitucionalista! A Universidade Federal do Ceará está de luto! Com muito pesar cumpro o dever de comunicar o falecimento do Prof. Paulo Bonavides.”, disse o reitor, pelas redes sociais.

Bonavides foi um jurista brasileiro de destaque e um dos constitucionalistas mais respeitados do país. Ele lecionou por décadas na Universidade Federal do Ceará e é autor de várias obras voltadas para o direito. Nas redes sociais, a morte de Bonavides foi lamentada e o constitucionalista foi lembrado por grandes feitos.

“Tive a grande honra de conviver com o professor Paulo Bonavides. Um dos maiores estudiosos de Constitucional e Ciência Política do Brasil. Inteligente, humilde e extremamente dedicado a seus alunos. Um grande coração e exemplo para todos nós. Que descanse em paz ao lado de Deus”, disse o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Também ministro d Supremo, Luís Roberto Barroso escreveu: “Paulo Bonavides manteve a chama do constitucionalismo acesa durante a longa noite da ditadura militar. Liderou o movimento pós-positivista no Brasil e era uma pessoa adorável, generosa e de grande senso de humor. Um ser iluminado. A partir de agora, brilhará no firmamento”.

“O maior constitucionalista vivo do Brasil nos deixou hoje. Um dos maiores do mundo. Como pessoa, excedia o jurista. Nordestino da Paraíba, adotou o Ceará mas tinha terras no Rio Grande do Norte. A partir de hoje, Paulo Bonavides passa a viver no Céu. Suas lições não morrem!”, afirmou o ministro do Superior Tribunal de Justiça Marcelo Dantas.

Neta do jurista, Natália Bonavides lamentou a perda: “Morreu meu tio-avô, o constitucionalista Paulo Bonavides, que na família chamávamos carinhosamente de Tipaco. Força para minha tia-avó Ieda e seus filhos”.

O governador do Ceará, Camilo Santana também se manifestou. “Recebi com pesar a notícia da morte do jurista Paulo Bonavides, aos 94 anos. Membro da Academia Cearense de Letras e professor emérito da UFC, Bonavides foi um dos constitucionalistas mais respeitados do país, com reconhecimento internacional e teve participação importante na constituição do Ceará. Em 2015, tive a honra de convidá-lo para ser patrono do Pacto por um Ceará Pacífico. Meus sentimentos aos familiares e amigos do jurista Paulo Bonavides. Estou decretando luto oficial de três dias no estado”, declarou o governador.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos